O Velho do Rio (Pantanal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de O Velho do Rio)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Na telenovela brasileira Pantanal, escrita pelo autor Benedito Ruy Barbosa, o Velho do Rio é a expressão usada pelos pantaneiros para designar um senhor de idade que cura as pessoas quando estas são mordidas pela cobra boca-de-sapo, ou até mesmo quando se perdem na imensidão do pantanal. O velho do rio é Joventino, pai de José Leôncio e avô de Jove (Joventino). Quando José Leôncio morre, no último capítulo da telenovela, ele e o velho Joventino têm uma conversa onde seu pai lhe fala que o pantanal precisa de um protetor mais jovem, e passa o manto para José Leôncio. A telenovela termina com ele, já como Velho do Rio, conversando com seus netos, a filha de Jove e Juma Marruá e o filho de Zé Lucas com Irma.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.