O Xangô de Baker Street (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
O Xangô de Baker Street
 Brasil/ Portugal
2001 •  cor •  124 min 
Direção Miguel Faria Jr.
Roteiro Patrícia Mello e Miguel Faria Jr.
Baseado em O Xangô de Baker Street de Jô Soares
Elenco Joaquim de Almeida
Anthony O'Donnell
Maria de Medeiros
Marco Nanini
Cláudia Abreu
Thalma de Freitas
Jô Soares
Maria Ribeiro
Género comédia
Idioma português / francês / inglês
Página no IMDb (em inglês)

O Xangô de Baker Street é um filme luso-brasileiro de 2001, do gênero comédia, dirigido por Miguel Faria Jr. e com roteiro baseado em livro homônimo de Jô Soares.[1].

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme mostra a vinda de Sherlock Holmes e seu inseparável companheiro Dr. Watson ao Rio de Janeiro no século 19. No Brasil, Holmes e Watson investigam uma série de assassinatos associados àquele que é considerado o primeiro serial killer da história.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio BR de Cinema 2002 (Brasil)

  • Venceu nas categorias de Melhor Som, Melhor Edição de Som e Melhor Direção de Arte.
  • Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator (Joaquim de Almeida), Melhor Ator Coadjuvante (Marco Nanini), Melhor Atriz Coadjuvante (Cláudia Abreu), Melhor Roteiro, Melhor Trilha Sonora, Melhor Montagem e Melhor Fotografia.

Prêmio ABC de Cinematografia 2002 (Brasil)

  • Venceu na categoria de Melhor Direção de Arte.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]