Objeto de Hoag

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Objeto de Hoag é uma galáxia em anel descoberta em 1950 pelo astrônomo Art Hoag.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Hoag julgou que a estrutura anelar deste objeto se assemelhava a uma nebulosa planetária, os restos brilhantes de uma estrela como o nosso Sol. Mas essa hipótese foi por ele descartada rapidamente, tendo sugerido que este objeto misterioso deveria de ser uma galáxia. Conhecida hoje por Objeto de Hoag, veio a confirmar-se, na década de 1970, que se tratava, de fato, de uma galáxia.

Situando-se a 600 milhões de anos-luz de distância na constelação da Serpente, esta galáxia tem cerca de 120 000 anos-luz de diâmetro, sendo ligeiramente maior que a Via Láctea. O anel azul é constituído por estrelas jovens de elevada massa, e contrasta com o núcleo central de estrelas velhas e vermelhas.

As galáxias com forma anelar podem se formar a partir de diversos processos. Uma possibilidade é através da colisão com outra galáxia. No entanto, no caso do Objeto de Hoag não há sinais de uma segunda galáxia, pelo que a explicação para a sua forma peculiar é ainda desconhecida.

Ícone de esboço Este sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.