Octávio Merlo Manteca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Octávio
Informações pessoais
Nome completo Octávio Melo Manteca
Data de nasc. 29 de dezembro de 1993 (26 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Nacionalidade  Brasileiro
Altura 1,84 m
Informações profissionais
Clube atual Beroe
Número 22
Posição Meia
Clubes de juventude
2001-2013
Botafogo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2013–2017
2014
2014–2015
2016
2017
2017–2018
2019
2020–
Botafogo
ABC (emp.)
Fiorentina (emp.)
Tupi (emp.)
Volta Redonda (emp.)
K Beerschot VA
Perilima
Beroe
0032 0000(1)
0006 0000(3)
0000 0000(0)
0012 0000(2)
0011 0000(3)
0006 0000(1)
0005 0000(1)
0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de fevereiro de 2019.

Octávio Melo Manteca, mais conhecido apenas como Octávio (Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente joga pelo Beroe.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Botafogo[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira pelas categorias de base do Botafogo ainda jovem, foi considerado por muitos um promessa do Glorioso por ser um dos destaques do time nos juniores. Realizou sua estreia utilizando a camisa 37 na vitória por 1 a 0 diante do Botafogo, em partida válida pelo Campeonato Carioca de 2013, em que o time se consagrou campeão pela 20ª vez em sua estreia.[1] Marcou seu primeiro gol pelo Botafogo na vitória de virada por 2 a 1 diante do Criciúma em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Começou sendo utilizado no início da temporada de 2014 no Campeonato Carioca, devido ao foco do Fogão com a Libertadores, em sua primeira partida no ano, Octávio entrou no lugar do meia Daniel no empate por 1 a 1 diante do Resende.[2] Mas o meia não conseguiu se firmar no time com o técnico Eduardo Hungaro.

ABC[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado no dia 10 de março de 2014 como novo reforço do ABC, Octávio foi emprestado até o fim do ano para o time de Natal.[3] Realizou sua estreia pelo Alvinegro na derrota por 1 a 0 para o Desportiva Ferroviária em partida válida pela Copa do Brasil.[4] Marcou dois gols na vitória por 3 a 0 diante do Baraúnas, jogo em que marcou um dos seus primeiros gols pelo Alvinegro, em partida válida pelo Campeonato Potiguar. Voltou a marcar na vitória por 3 a 1 diante do Santa Cruz-RN, em partida válida pelo Campeonato Potiguar.[5] Pouco aproveitado pelo técnico Zé Teodoro, Octávio foi devolvido para o Botafogo, que tinha uma proposta do exterior por ele.[6]

Fiorentina[editar | editar código-fonte]

Após ser devolvido pelo ABC, Octávio foi emprestado para a Fiorentina.[7] Deixou o time em 2015, sem disputar nenhuma partida.[8]

Retorno ao Botafogo[editar | editar código-fonte]

Retornando de empréstimo da Fiorentina em julho de 2015, o meia acertou a extensão de seu contrato até 2017.[9]

Tupi[editar | editar código-fonte]

Após polêmicas com os torcedores e desempenho inexpressivo durante a temporada 2016,[10] Octávio acertou empréstimo com o Tupi-MG para a disputa da Série B desse ano.[11]

Volta Redonda[editar | editar código-fonte]

Após retornar ao Botafogo, e não ter espaço, Octávio foi emprestado até o final do Carioca de 2017. para o Volta Redonda.[12]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Botafogo

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências