Octar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Octar
cã huno
Reinado ? – 430
Antecessor(a) Caratão (?)
Sucessor(a) Ruga
Nascimento século IV
Morte 430
  Reno
Religião Paganismo huno

Octar ou Úptaro foi um governante huno. Governante junto de seu irmão Ruga segundo Jordanes em sua Gética, "Mundíuco, cujos irmãos eram Octar e Ruga, que supostamente foram reis antes de Átila, mas não completamente nos mesmos [territórios] que ele". O irmão deles Mundíuco foi pai de Átila, mas não foi o governante supremo dos hunos.[1] Segundo Prisco de Pânio, o quarto irmão deles Ebársio ainda estava vivo em 448. Seus ancestrais e sua relação com os governantes antecedentes Uldino e Caratão é incerta.[2]

Uma diarquia similar, possivelmente uma divisão geográfica onde Rugila governou sobre os hunos do leste e Octar sobre os hunos do oeste, foi aquela de Átila e Bleda.[3] Octar, identificado com Úptaro, segundo Sócrates de Constantinopla morreu em 430 perto do Reno por comer de mais:[4] "Para o rei dos hunos, Úptaro pelo nome, tendo arrebentado na noite de excesso, os burgúndios atacaram aquele povo [os hunos] então sem um líder; e embora poucos em número e seus oponentes muitos, eles obtiveram vitória".[5]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome é registrado em duas variante, Úptaro (em grego: Ούπταρος; transl.: Ouptaros) e Octar (em latim: Octar. A mudança de -ct- para -pt- é característica do latim balcânico.[6] Omeljan Pritsak derivou o nome da palavra turco-mongol *öktem (forte, bravo, imperioso; orgulhoso, fanfarrão; orgulho) e do verbo ökte- / oktä- (encorajar). O sufixo deverbal turco-mongol "m" é substituído em turco por "z" enquanto em mongol por "ri". A forma reconstruída é o apelativo *öktä-r.[7]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Maenchen-Helfen, Otto J. (1973). The World of the Huns: Studies in Their History and Culture. Berkeley, Los Angeles e Londres: University of California Press. ISBN 9780520015968 
  • Martindale, J. R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1980). «Octar». The prosopography of the later Roman Empire - Volume 2. A. D. 395 - 527. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press 
  • Pritsak, Omeljan (1982). The Hunnic Language of the Attila Clan (PDF) IV. Cambridge, Massachusetts: Harvard Ukrainian Research Institute. ISSN 0363-5570