Octavarium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Octavarium
Álbum de estúdio de Dream Theater
Lançamento 7 de junho de 2005
Gravação Nov/2004 – Fev/2005
The Hit Factory
Nova Iorque, Estados Unidos
Gênero(s) Metal progressivo
Duração 75:45
Idioma(s) inglês
Gravadora(s) Atlantic
Produção John Petrucci
Mike Portnoy
Cronologia de Dream Theater
Live at Budokan
(2004)
Score: 20th Anniversary Concert
(2006)

Octavarium é o oitavo álbum de estúdio da banda Dream Theater, lançado em 2005. A música "The Root of All Evil" continua a saga dos Alcoólicos Anónimos do baterista Mike Portnoy.

Produção[editar | editar código-fonte]

Depois de concluir a turnê norte-americana de 2004, a banda tirou dois meses de folga e se reuniu em novembro no estúdio The Hit Factory para começar a trabalhar no oitavo álbum de estúdio. A The Hit Factory, um famoso estúdio em que artistas como Michael Jackson, Madonna, Stevie Wonder, U2 e John Lennon tinham gravado, estava prestes a ser fechado, sendo o Dream Theater a última banda a gravar no estúdio.[1]

Após produzirem o conceitual Metropolis Pt. 2: Scenes from a Memory, o duplo Six Degrees of Inner Turbulence e o pesado Train of Thought, a banda decidiu criar um "álbum clássico do Dream Theater".[1] O tecladista Jordan Rudess descreveu o álbum como "realmente voltando a criar esforço para uma banda de verdade, assim como baseando-se em todas as nossas diversas influências de estilo". Em Octavarium, a banda queria fazer a música menos complexa, com músicas que Jordan considera como "mais fácil para apreciar".[1]

Octavarium tem como tema central a Oitava Musical. Mike afirmou que por esse ser o oitavo álbum de estúdio e depois de ter lançado cinco álbuns ao vivo (até 2005), a banda decidiu explorar a temática da Escala Musical (Oito notas naturais e cinco notas acidentais). Assim, cada uma das oito faixas começa com uma nota chave diferente. "The Root of All Evil" começa em fá, "The Answer Lies Within" em sol, e assim sucessivamente até chegar em "Octavarium" (fá, uma oitava acima).[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloLetras Duração
1. "The Root of All Evil"
  • VI. "Ready"
  • VII. "Remove"  
Mike Portnoy 8:25
2. "The Answer Lies Within"  John Petrucci 5:33
3. "These Walls"  Petrucci 7:36
4. "I Walk Beside You"  Petrucci 4:29
5. "Panic Attack"  Petrucci 8:13
6. "Never Enough"  Portnoy 6:46
7. "Sacrificed Sons"  James LaBrie 10:42
8. "Octavarium"
  • I. "Someone Like Him"
  • II. "Medicate (Awakening)"
  • III. "Full Circle"
  • IV. "Intervals"
  • V. "Razor's Edge"  
Petrucci, LaBrie, Portnoy
  • Petrucci
  • LaBrie
  • Portnoy
  • Portnoy
  • Petrucci
  • 24:00

    Recepção[editar | editar código-fonte]

    Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

    Críticas profissionais
    Avaliações da crítica
    Fonte Avaliação
    AllMusic 3.5 de 5 estrelas.[3]
    Billboard Favorável[4]
    Blistering Favorável[5]
    Exclaim! Desfavorável[6]
    The Metal Forge 9 de 10 estrelas.[7]
    MetalReview.com 8 de 10 estrelas.[8]
    musicOMH Favorável[9]
    Sea of Tranquility 4 de 5 estrelas. [10]

    Recepção comercial[editar | editar código-fonte]

    Paradas[editar | editar código-fonte]

    Parada (2005) Posição
    mais alta
    Canadian Albums Chart[11] 15
    Dutch Albums Chart[12] 9
    Finnish Albums Chart[13] 2
    Italian Albums Chart[14] 2
    Japanese Albums Chart[15] 10
    Norwegian Albums Chart[16] 9
    Polish Albums Chart[17] 8
    Swedish Albums Chart[18] 4
    UK Albums Chart[11] 72
    US Billboard 200[19] 36

    Créditos[editar | editar código-fonte]

    Referências

    1. a b c Wilson 2009, p. 307
    2. Wilson 2009, pp. 313–4
    3. La Gorce, Tammy. «Octavarium». AllMusic. Consultado em 10 de julho de 2010 
    4. «Dream Theater - Octavarium». Billboardvo. 11 de junho de 2005. 50 páginas. Consultado em 26 de agosto de 2010 
    5. Donnelly, Justin. «Review: Dream Theater - Octavarium». Blistering. Consultado em 10 de julho de 2010. Arquivado do original em 22 de abril de 2012 
    6. Pratt, Greg (agosto de 2005). «Dream Theater - Octavarium». Exclaim!. Consultado em 26 de agosto de 2010 
    7. Donnelly, Justin. «Dream Theater - Octavarium review». The Metal Forge. Consultado em 13 de maio de 2011 
    8. Carlson, Harley. «Review of Dream Theater - Octavarium». MetalReview.com. Consultado em 10 de julho de 2010. Arquivado do original em 23 de abril de 2012 
    9. Bansal, Vik. «Dream Theater - Octavarium (Atlantic)». musicOMH. Consultado em 20 de março de 2018 
    10. Crítica no Sea of Tranquility
    11. a b «Dream Theater: 'Octavarium' First-Week Chart Positions Revealed». Blabbermouth.net. 19 de junho de 2005. Consultado em 9 de julho de 2010. Arquivado do original em 3 de abril de 2012 
    12. «Discography Dream Theater» (em neerlandês). Dutch charts. Consultado em 10 de julho de 2010 
    13. «Discography Dream Theater» (em finlandês). Finnish charts. Consultado em 9 de julho de 2010 
    14. «Dream Theater - Octavarium». Italian charts. Consultado em 10 de julho de 2010 
    15. «Oricon Ranking: Dream Theater - Octavarium» (em japonês). Oricon. Consultado em 14 de setembro de 2016. Arquivado do original em 1 de maio de 2013 
    16. «Discography Dream Theater» (em norueguês). Norwegian charts. Consultado em 10 de julho de 2010 
    17. «OLiS - Official Retail Sales Chart» (em polaco). OLiS. 20 de junho de 2005. Consultado em 10 de julho de 2010 
    18. «Discography Dream Theater» (em sueco). Swedish charts. Consultado em 10 de julho de 2010 
    19. Erro: A tabela não é suportada, não existe ou está sendo utilizado um ID antigo que não é mais suportado pela Billboard. «Dream Theater Album & Song Chart History» Verifique valor |url= (ajuda). Billboard. Consultado em 11 de julho de 2010 
    20. Wilson 2009, pp. 315–6
    • Wilson, Rich (2009). Lifting Shadows: The Authorized Biography of Dream Theater Classic ed. Londres: Essential Works. ISBN 978-1-906615-02-4