Octavio Cariello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Octavio Cariello (Recife, 1963) é um ilustrador, roteirista de história em quadrinhos brasileiro.[1] Foi um dos fundadores da escola de artes Quanta Academia, ao lado de Marcelo Campos. É irmão de outro quadrinista famoso, Sergio Cariello.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a desenhar histórias em quadrinhos profissionalmente em 1986. Colaborou com a revista Semanário, recriando o personagem O Amigo da Onça, do ilustrador Péricles, sob roteiro de Jal.[2]

Inferno, publicada na revista Metal Pesado, lhe rendeu o Troféu HQ Mix de melhor desenhista brasileiro de 1992[3]. Publicou também na revista Animal.

É autor de várias histórias em quadrinhos publicadas nos Estados Unidos, entre elas as da série The Queen of the Damned (Innovation), Lovecraft (Malibu e Caliber Press) e Bloodchilde (Millenium). Para a DC Comics, desenhou aventuras dos personagens Deathstroke, Lanterna Verde e Black Lightning. Pela Marvel, publicou Logan: Shadow Society (do personagem Wolverine).

No Brasil, desenhou ainda histórias em quadrinhos de publicação independente, como Quebra-Queixo, e o Capitão Cueca.

Escreveu um dos contos de terror que integram a coletânea O livro negro dos vampiros, publicada em 2007[4].

Entre seus trabalhos como ilustrador estão seus desenhos para álbuns de figurinhas, como os dos grupos Casseta e Planeta e Mamonas Assassinas[5].

Referências

  1. Curso de roteiro com Octavio Cariello
  2. Folha de S.Paulo. (18 de abril de 1989). "O cínico Amigo da Onça ressuscita em "Semanário"". Folha de S.Paulo: 3 (Ilustrada)
  3. Troféu HQ Mix
  4. Octavio Cariello escreve conto em O Livro Negro dos Vampiros. Universo HQ.
  5. Professores. Quanta Academia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Luiz Gê
Troféu HQ Mix - Melhor desenhista nacional
1992
Sucedido por
Lourenço Mutarelli
Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.