Ocupação da França pela Alemanha nazista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Militärverwaltung in Frankreich
Administração Militar na França

Administração militar da Alemanha nazista

Flag of France.svg
1940 – 1944 Flag of France.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de França ocupada pelos nazistas
Continente Europa
Capital Paris
Governo Não especificado
Comandante militar
 • 1940-1942 Otto von Stülpnagel
 • 1942-1944 Carl-Heinrich von Stülpnagel
 • 1944 Karl Kitzinger
Período histórico Segunda Guerra Mundial
 • 1940 Ocupação militar
 • 1944 Dissolução
Hitler em Paris, 30 de Julho de 1940

Administração Militar na França (em alemão: Militärverwaltung in Frankreich) foi uma autoridade de ocupação provisória estabelecida pela Alemanha Nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Manteve-se existente de maio de 1940 a dezembro de 1944. Como resultado da derrota da França e seus aliados na batalha da França, o gabinete francês procurou um cessar das hostilidades. Um armistício foi assinado em 22 de junho de 1940 em Compiègne. Nos termos do acordo, uma área designada no norte e no oeste da França, a zone occupée, foi ocupada pelo exército alemão, nesta região, o governo francês localizado em Vichy, liderado pelo idoso Marechal Philippe Pétain, era um subordinado aos alemães. A maior parte do terço restante do país foi posto de lado como a zone libre, como sendo totalmente controlada pelo governo de Vichy. A Alsácia e Lorena foram reincorporadas à Alemanha propriamente dita (assim sujeitando a sua população masculina ao recrutamento militar alemão.) Vários departamentos ao longo da fronteira italiana foram ocupados por tropas italianas, enquanto que as áreas ao longo da fronteira belga foram administradas pelas autoridades de ocupação alemãs em Bruxelas. Toda a costa atlântica foi declarada uma zona militar, colocando-a fora dos limites para civis franceses (exceto para os habitantes locais, que necessitaram de um passe especial). Tanto as partes desocupadas e ocupadas da França permaneceram legalmente sob o controle do governo de Vichy.

Quando os aliados invadiram a África do Norte em 8 de novembro de 1942, os alemães e os italianos ocuparam imediatamente a parte restante livre da França. A libertação da França começou em 6 de junho de 1944 com o desembarque das forças aliadas no Dia D e a Batalha da Normandia e terminou em dezembro. A própria Paris foi libertada em 25 de agosto de 1944.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]