Odair Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Neném
Informações pessoais
Nome completo Odair Souza
Data de nasc. 4 de fevereiro de 1982 (38 anos)
Local de nasc. Urubici (SC), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,73 m
Canhoto
Apelido Neném
Informações profissionais
Período em atividade 1999–presente (19 anos)
Clube atual Sem clube
Posição Meia e Volante
Clubes de juventude
1994–2002
2000–2001
2001
2002
Guarani de Palhoça
Atlético Paranaense (emp.)
Figueirense (emp.)
Atlético Paranaense (emp.)
Clubes profissionais
Anos Clubes
2003–2005
2003
2004
2005–2008
2006
2008
2009–2018
2010
2020
Guarani de Palhoça
Goiás (emp.)
Londrina (emp.)
Criciúma
Caxias (emp.)
Veranópolis (emp.)
Chapecoense
Joinville (emp.)
Concórdia

Odair Souza, mais conhecido como Neném (Urubici, 4 de fevereiro de 1982), é um futebolista brasileiro que atua como meia e volante. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no time local Guarani Palhoça. Depois de passar sem sucesso pelo Atlético Paranaense, Figueirense, Goiás, Londrina, Criciúma, Caxias e Veranópolis, Neném se tornou meio campo da Chapecoense em 2009.[1] e foi renovando seu contrato com o time do oeste aonde joga atualmente com a camisa 10.

Um ano antes de o time de Santa Catarina subir para a série B. Era reserva e estreou no segundo tempo em uma partida perdida por 2–1 contra o Icasa.[2] Neném participou de 14 partidas durante a campanha bem sucedida, a qual levou a Chapecoense a série A pela primeira vez na história do time sulista. Neném fez sua melhor partida em 11 de maio de 2014 novamente como reserva em uma partida perdida por 2–1 contra o Grêmio.[3]Em 2018 Renovou seu contrato com a Chapecoense e voltou a vestir a camisa Numero 10.

No dia 21 de março em partida válida pelo Campenato Catarinense contra o Hercílio Luz chegou a marca de 300 jogos com a camisa da Chape[4].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chapecoense

Voo LaMia 2933[editar | editar código-fonte]

Neném não embarcou no Voo LaMia 2933, que caiu perto de Medellín, onde 71 pessoas faleceram.[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]