Odio amarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Odio amarte"
Single de Ha*Ash
do álbum Ha*Ash
Lançamento 13 de abril de 2003 (2003-04-13)
Formato(s) Airplay
Gravação 2002-2003
Gênero(s)
Duração 4:01
Gravadora(s)
Composição
Produção Áureo Baqueiro
Cronologia de singles de Ha*Ash
"Estés en donde estés"
(2003)

"Odio amarte" é o primeiro single da dupla americana de música pop Ha*Ash, contido em seu álbum Ha*Ash , de 2003. Foi lançado pela Sony Music Latin em 13 de abril de 2003 como single. A canção foi escrita por Ashley Grace, Hanna Nicole e Áureo Baqueiro.

Composição e desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Foi lançado como o primeiro single de seu primeiro álbum auto-intitulado Ha*Ash em 13 de abril de 2003. "Odio amarte" foi escrito por Ashley Grace, Hanna Nicole e Áureo Baqueiro, enquanto Baqueiro produziu a música.[1][2][3] Foi originalmente escrito em inglês. A música conseguiu entrar no gosto do público adolescente no México e se tornou uma das músicas mais ouvidas nas rádios do país, com o single Ha*Ash começando sua carreira no México, reafirmando para fazer música em espanhol e fazer apresentações em importantes programas de televisão, bem como em festivais de rádio.[4] A canção atingiu a segunda posição da mais ouvida nas rádios do México.[5][6] Foi parte do primeiro álbum ao vivo das irmãs Primera fila: Hecho Realidad em 2014, desta vez produzido por George Noriega, Tim Mitchell e Pablo De La Loza.[7][8][9]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo oficial foi lançado em 2003 e enviado para plataformas do YouTube em 24 de abril de 2010.[10][11]

Em 11 de agosto de 2011 foi lançado o vídeo ao vivo da música incluída no DVD do álbum A Tiempo.[12] Em 2012, uma versão ao vivo foi regravada, desta vez em concerto e integrada na edição especial desse álbum.[13]

Versão Primera fila: Hecho Realidad[editar | editar código-fonte]

O terceiro videoclipe de "Odio amarte", gravado para o álbum ao vivo Primera Fila: Hecho Realidad, foi lançado em 08de maio de 2015.[2] Foi dirigido por Nahuel Lerena.[14] O vídeo foi filmado em Estudios Churubusco, Cidade do México.[15]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2003) Maior
posição
 México - (Monitor Latino)[6] 2

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadora Ref.
Mundialmente 22 de abril de 2003 (2003-04-22) Airplay Sony Music Latin [5]

Referências

  1. «Odio Amarte Lyrics». www.lyrics.com (em inglês). Consultado em 1 de agosto de 2019 
  2. a b Ha-Ash – Odio amarte (En vivo) (em inglês), consultado em 1 de agosto de 2019 
  3. Ha-Ash – Odio amarte (em inglês), consultado em 1 de agosto de 2019 
  4. «¿Recuerdas cómo fue el primer videoclip de Ha*Ash?». Ritmo Romántica (em espanhol). Consultado em 1 de agosto de 2019 
  5. a b Orozco, Gisela. «Ha*Ash alista su debut en Chicago». chicagotribune.com. Consultado em 31 de julho de 2019 
  6. a b «Ha-Ash». www.top10.com.mx (em espanhol). Consultado em 1 de agosto de 2019 
  7. Ha-Ash – Estés donde estés (En vivo) (em inglês), consultado em 31 de julho de 2019 
  8. «Ha*Ash se convierte en el grupo más joven en grabar un álbum bajo el concepto "Primera Fila" – Seitrack US» (em espanhol). Consultado em 31 de julho de 2019 
  9. «Ha*Ash, más que hermanas». Excélsior (em espanhol). 29 de janeiro de 2015. Consultado em 31 de julho de 2019 
  10. ‎Odio Amarte de Ha-Ash (em espanhol), consultado em 1 de agosto de 2019 
  11. «¿Recuerdas cómo fue el primer videoclip de Ha*Ash?». Ritmo Romántica (em espanhol). Consultado em 1 de agosto de 2019 
  12. ‎A Tiempo de Ha-Ash en iTunes (em espanhol), consultado em 1 de agosto de 2019 
  13. ‎Odio Amarte (Primera Llamada) [En Vivo] by Ha-Ash (em inglês), consultado em 1 de agosto de 2019 
  14. LAS 2, PATRICIA COSTA/ABIERTO HASTA (28 de março de 2016). «Ha*Ash: "Nos ha tocado conocer el mundo juntas"». RTVE.es (em espanhol). Consultado em 21 de julho de 2019 
  15. «Ha*Ash graba primera producción en vivo | La República EC». La RepúblicaEC (em espanhol). 9 de julho de 2014. Consultado em 21 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]