Of The Archaengel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Of The Archaengel
Of The Archaengel Band.JPG
Of The Archaengel em 2012
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Death/doom, dark metal, gothic metal
Período em atividade 1992 - 2013
Gravadora(s) Sleaszy Rider Records
Integrantes Alex Rodrigues
Paulo Moura
Kleber Fabianni
Daniel Rizzo
Pedro Alzaga
Página oficial Página no Facebook

Of The Archaengel foi um grupo musical do Brasil, cujo gênero musical variava entre doom/gothic metal, dark metal, música progressiva e uma dose de experimentalismo.

Formada em 1992 com o nome de “Lethal Curse”, a banda é considerada pioneira na execução do gênero doom metal no Brasil.[1] Em 2003 eles mudarem seu nome para Of The Archaengel, e dez anos depois encerraram as atividades.

História[editar | editar código-fonte]

Fundado originalmente na cidade de São Paulo em 1992 com um line-up de power-trio, a banda idealizada por Alex Rodrigues lançou a sua única Demo tape intitulada Return To Obscurity em 1993. O caráter de revelação em torno da banda lhe rendeu uma de suas primeiras apresentações ao vivo juntamente com a banda Inglesa Anathema em 1994.

Participam da primeira coletânea em CD lançada no pais com bandas de heavy metal intitulada The Winds Of A New Millennium I em 1995, e alcançam seu full lenght intitulado Rape The Innocence em 1998 quando a gravadora Cogumelo Records contrata a banda convencida de seu potencial.

Neste mesmo ano, uma turnê nacional juntamente com a banda de black metal Grega Rotting Christ é realizada para a promoção deste álbum, seguida de inúmeras apresentações que se estendem até o final de 1999, ano este onde o então Lethal Curse participa com uma faixa na coletânea Belga Sometimes Death is Better.

No ano 2000 integram um tributo dedicado ao Sarcófago (onde participam ainda bandas como Satyricon, Angelcorpse entre outros) e a partir de 2001 inicia-se o processo de experimentação para o novo álbum onde parte das gravações de pré-produção resultam em Second Coming um registro com fins estritamente promocionais.

Inicia-se em 2002 uma tomada de ações para numa visão expansiva eliminar as sombras das influencias diretas do grupo em prol do desejo de consolidar uma sonoridade particular e ampliada que culminam em uma significativa mudança de formação com postos ficando sem substitutos até meados do ano de 2003.

Neste período a banda investe toda a sua energia na composição e gravação de novo material que posteriormente tornou-se o promo CD The Dante´s Children Extravagance divulgada a partir de 2005, com a banda já rebatizada com o nome atual: Of The Archaengel sendo Archangel (em inglês Archangel) "uma patente hierárquica que pode ser atribuída igualmente a entidades superiores ou inferiores." [2]

A formação estabiliza se com: A.Laurence Funes (Vocais)/Alex Rodrigues: Guitarras/Paulo Moura: Guitarras-Sintetizadores/ Lucas Barone: Baixo/ Pedro Alzaga: bateria.

2006 chega juntamente com uma nova e inesperada mudança de formação: a saída do vocalista A.“Laurence” Funes. [3]

Para readquirir o status de banda de estrada Alex Rodrigues assumi o posto de vocalista e para seu lugar é recrutado Kleber Fabianni [4] (ex-Harppia) para as guitarras e com está formação o Of The Archaengel realizou shows de pré-lançamento de The Extraphysicallia em sua terra natal ao lado de importantes grupos como Paradise Lost [5] , Opeth [6] e Dark Tranquillity. [7]

The Extraphysicallia é lançado em Janeiro de 2011 pelo selo grego Sleaszy Rider [8] contando com ampla distribuição mundial. No mês seguinte a banda realiza show de lançamento oficial para o álbum juntamente com a banda Sueca Katatonia [9] em São Paulo.

Em junho de 2011 a banda lança seu primeiro vídeo clipe intitulado "Black Raven"[10] e pouco depois uma nova mudança de formação ocorre com a saída do baixista Lucas Barone e a entrada de Daniel Rizzo para o posto. [11]

A Musicalidade[editar | editar código-fonte]

Sua musicalidade é fruto da fusão invulgar de sonoridades pesadas, elementos góticos, padrões de composição pouco previsíveis, grande diversidade de dinâmicas, andamentos e ambiências. Invariavelmente estas características são envoltas por um melodicismo sombrio e enigmático.

Freqüentemente sua musicalidade é acompanhada de citações como "difícil de catalogar"[12] e adjetivos como "original" [13] e "refinado" alem de comparada a bandas como Opeth, Paradise Lost [14] , Moonspell, Fields of the Nephilim e Rotting Christ. [15]

Em entrevista ao site Whiplash! Alex Rodrigues comentou sobre a diversidade musical e riqueza de detalhes contida na musica do Of The Archaengel . [16]

Os vocais variam freqüentemente entre linhas guturais [[1]], semi guturais e limpas, sendo estas ultimas carregados de considerável melancolia, também incluem diferentes entonações e narrações que criam uma aura misteriosa e introspectiva.

A Essência Temática[editar | editar código-fonte]

A essência temática do Of The Archaengel está fincada na mística do ocultismo e metafísica.

Em seu álbum "The Extraphysicallia" os temas imergem à realidade multidimensional [17] que o mundo e seus habitantes estão submetidos lançando um profundo olhar sobre os mecanismos extrafisicos atuantes sobre a vida e em especial a morte levando a mente do ouvinte à compor seus próprios cenários e concepções. O grupo tem em Alex Rodrigues o seu compositor lírico. [18]

Membros[editar | editar código-fonte]

  • Alex Rodrigues: Vocais (1992-2013)
  • Paulo Moura: Guitarra/Sintetizador (1997-2013)
  • Kleber Fabianni: Guitarra (2008-2013)
  • Daniel Rizzo: Baixo (2011-2013)
  • Pedro Alzaga: Bateria (1998-2013)

Ex-Membros[editar | editar código-fonte]

  • Lucas Barone: Baixo (2005-2010)
  • Timo Kaarkoski: Guitarras (2007-2008)
  • A. Laurence Funes: Vocal (2003-2006)

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Rape the Innocence (1997)
  • The Extraphysicallia (2011)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Encyclopedia Metallum». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  2. «The occult concept of the duality between light and shadows (Psycho zine – Em Inglês)». Consultado em 27 de Junho de 2012 
  3. «Of The Archaengel: A procura de novo Vocalista (Whiplash!)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  4. «Of The Archaengel anuncia novo integrante (Território da Musica)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  5. «Paradise Lost no Brasil 2008 (Whiplash!)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  6. «Opeth: 05/04/09 resenha de show (Whiplash!)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  7. «Banda Suéca DT toca pela 1º vez em Curitiba (Portal IG)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  8. «Of The Archaengel assina com Sleaszy Rider Recs(Blabbermouth-em Inglês)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  9. «Of The Archaengel :Katatonia comenta sobre a banda(Universo do Rock)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  10. «Of The Archaengel lança clipe de Black Raven (Metal Underground - em Inglês)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  11. «Of The Archaengel anuncia novo baixista(Rock Brigade.com)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  12. «Review: The Extraphysicallia (Metal Temple – Em Inglês)». Consultado em 27 de Junho de 2012 
  13. «Originalidade acima de tudo. (Entrevista Roadie Crew #171)». Consultado em 25 de Junho de 2012 
  14. «Resenha-The Extraphysicallia». Consultado em 27 de Junho de 2012 
  15. «QranQ (Em Holandês)». Consultado em 27 de Junho de 2012 
  16. «Of The Archaengel: Artisticamente desafiador». Consultado em 27 de Junho de 2012 
  17. Elegy Ibérica #9, “Of The Archaengel: Múltiplas Dimensões”,p.64 -Portugal -2008,ISSN:1646-7213.
  18. «The occult concept of the duality between light and shadows (Psycho zine – Em Inglês)». Consultado em 27 de Junho de 2012