Oklahoma!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Oklahoma! é um filme musical estadunidense de 1955, baseado na peça musical de 1943 Oklahoma!, escrito pelo compositor Richard Rodgers e o letrista/libretista Oscar Hammerstein II.

Considerado um clássico na história dos musicais de Hollywood, esta produção foi o primeiro musical dirigido por Fred Zinnemann e foi a estreia da actriz/atriz Shirley Jones no cinema.

Estreou em Portugal a 18 de Dezembro de 1956, para celebrar o Natal.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No território do Oklahoma nos inícios do século XX, numa visão idealizada dum tempo e duma vida mais simples, vive-se a história de um terno romance e de uma violenta paixão, vivida entre Curly, honrado trabalhador de rancho, alegre e de bom carácter/caráter, e Laurey Williams, a filha do dono do rancho, que ele elegeu como a dona do seu coração. No meio está o ameaçador Jud, que tenta separá-los de uma maneira implacável, chegando a pôr em risco o futuro do rancho.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades e Referências[editar | editar código-fonte]

  • O musical original de 1943 foi o primeiro musical escrito pelo compositor Richard Rodgers e o letrista/libretista Oscar Hammerstein II. Com o sucesso do filme, ambos formaram a mais mítica aliança da história do cinema musical de Hollywood.
  • Foi o primeiro e único filme musical da carreira do realizador Fred Zinnemann, cuja produção custou o preço histórico de 6:800.000 dólares.
  • Foi a primeira vez que se realizou um musical de faroeste na história do cinema mundial e em Portugal, o filme foi considerado pela IGAC como "Filme de Qualidade".
  • Este filme foi seleccionado/selecionado pela RTP para comemorar o Ano Novo com os telespectadores em 1981. Foi transmitido na RTP1 no dia 1 de Janeiro de 1981, às 15 e 25, e foi um grande sucesso na televisão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.