Oktoberfest de Igrejinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pórtico do Parque da Oktoberfest de Igrejinha

A Oktoberfest de Igrejinha (RS) é um festival das tradições germânicas celebrada originalmente em Munique (München), no estado da Baviera (Bayern), no sul da Alemanha, e disseminada por vários lugares do mundo. Em Munique, a Oktoberfest se inicia em meados de setembro e termina duas semanas mais tarde, no primeiro domingo de outubro - daí o nome Oktoberfest (Em alemão, "Oktober" significa outubro, e "Fest", festa ou festival). No Brasil o festival é realizado em Igrejinha, Santa Cruz do Sul, Blumenau em Santa Catarina, Rolândia no Paraná, entre outras cidades.

História[editar | editar código-fonte]

Parque da Oktoberfest de Igrejinha

Criada em 1988 pelo então prefeito Lauri Auri Krause, a Oktoberfest de Igrejinha é hoje o principal atrativo turístico de Igrejinha. Concebida para ser uma festa local, superou todas as expectativas já na sua primeira edição, atraindo cerca de 34 milhares pessoas em três dias de evento.

Desde a criação da festa, a comunidade local uniu suas forças, através de diversos segmentos e o resultado foi uma parceria que está sempre procurando crescer, para que a própria população participe de seu desenvolvimento social. Esta parceria permite que todo o lucro da festa seja destinado para entidades filantrópicas de todo o estado, sendo que nas últimas edições foram distribuídos mais de 1 milhão de Reais por ano[1][2][3]. Por tudo isso a Oktoberfest de Igrejinha é considerada a maior festa comunitária do Brasil[4].

Os pequenos espaços ocupados inicialmente foram gradativamente sendo ampliados, e hoje o Parque da Oktoberfest possui quase 5 hectares, com três pavilhões para a realização dos bailes, dois pavilhões para gastronomia típica, inúmeros quiosques de alimentação e o prédio onde funciona a administração da Oktoberfest. Para a festa ainda são instalados diversos lonões e um parque de diversões[5].

As principais atrações da festa são os bailes, shows nacionais, jogos germânicos, desfiles, concurso de Chopp em Metro, danças folclóricas, bierwagen, parque de diversões e a Vila Germânica[6].

Público[editar | editar código-fonte]

Desfile da Oktoberfest de Igrejinha

A Oktoberfest de Igrejinha é considerada hoje, um dos maiores eventos populares do estado, com repercussão nacional e internacional, tendo conquistado o seu espaço no cenário turístico-cultural. O público visitante, no início predominantemente regional, foi ampliando e diversificando e hoje, conta com a presença cada vez maior de visitantes de diversas regiões do Estado, do País e até do exterior[7].

O mais impressionante, quanto aos números da festa, é que a Oktoberfest de Igrejinha sempre registrou um público muito maior do que a própria população da cidade de Igrejinha e um grande consumo de chope. Desde a sua criação, quando Igrejinha tinha cerca de 20000 habitantes e a festa registrou 34000 pessoas e 25000 litros de chope, até o ano de 2004, quando o público da festa foi cerca de sete (7) vezes a população da cidade e, na média, foi consumido mais de um (1) litro de chope por pessoa, sendo considerada a Oktoberfest com maior consumo per-capita de chope[8].

Dados da Oktoberfest de Igrejinha
Ano Edição Presidente Público Cervejaria Consumo de chope
1988 1.ª Osvaldo Jungblut 34.000 pessoas Skol 25.000 litros
1989 2.ª Arnio A. Scherer 60.000 pessoas Skol 48.000 litros
1990 3.ª Almiro Grings 85.000 pessoas Skol 68.000 litros
1991 4.ª Éden E. Schmidt 82.000 pessoas Skol 68.000 litros
1992 5.ª Duarte S. Matzenbacher 100.000 pessoas Brahma 100.000 litros
1993 6.ª Arno Krupp 110.000 pessoas Brahma 100.000 litros
1994 7.ª Arnio A. Scherer 120.000 pessoas Brahma 105.000 litros
1995 8.ª Paulo E. Grings 130.000 pessoas Kaiser 110.000 litros
1996 9.ª Darci S. Schmitt 135.000 pessoas Kaiser 120.000 litros
1997 10.ª Renato Argenta 130.000 pessoas Kaiser 112.000 litros
1998 11.ª Gilvan O. Krummenauer 135.000 pessoas Brahma 132.000 litros
1999 12.ª Remi N. Lanz 135.000 pessoas Kaiser 120.000 litros
2000 13.ª Servero Kunst 135.000 pessoas Brahma 143.000 litros
2001 14.ª Cézar R. Wilbert 143.000 pessoas Schincariol 160.000 litros
2002 15.ª João C. Schmitt 150.000 pessoas Schincariol 162.000 litros
2003 16.ª César L. Kerschner 171.000 pessoas Schincariol 186.000 litros
2004 17.ª Delmar W. Scheuermann 188.000 pessoas Schincariol 207.000 litros
2005 18.ª Tibúrcio A. Grings 186.000 pessoas Schincariol 209.000 litros
2006 19.ª Aurélio D. Braun 176.000 pessoas Schincariol 170.000 litros
2007 20.ª Amauri A. Heidrich 182.000 pessoas Schincariol 189.000 litros
2008 21.ª Waldir José Zimmer 165.000 pessoas Schincariol 156.000 litros
2009 22.ª Leandro Krummenauer 160.000 pessoas Schincariol 150.000 litros
2010 23.ª Rosangela Regina Kehl 162.000 pessoas Schincariol 160.000 litros
2011 24.ª Luiz Fernando Sohne 175.000 pessoas Schincariol 167.000 litros
2012 25.ª Sérgio Lampert 185.000 pessoas Brasil Kirin 181.000 litros
2013 26.ª Clóvis Werb 151.000 pessoas Brasil Kirin 153.000 litros
2014 27.ª Leandro Roberto Kunst 163.000 pessoas Brahma 162.000 litros
2015 28.ª Márcio Fernando Morbach 169.000 pessoas Brahma 170.000 litros
2016 29.ª Fabiano Beck Brahma
(*)Dados do Site Oficial da Oktoberfest de Igrejinha: www.oktoberfest.org.br
Vista panorâmica do Parque da Oktoberfest durante o show da Ivete Sangalo em 2005

Rainhas e princesas[editar | editar código-fonte]

  • 1988 - Rainha: Andrea V. Dienstmann - Princesas: Luciane Jungblut, Giane Stein, Berenice Foscarini e Ana C.Müller
  • 1989 - Rainha: Raquel Brentano - Princesas: Andrea M. Goether, Silvana de Lima, Sandra Schoenardie e Angélica N. Konrath
  • 1990 - Rainha: Silvana A. Sparrenberger - Princesas: Andrea Henssler, Patricia Wingert, Cintia de Azeredo e Sirlene Sander
  • 1991 - Rainha: Magda E. Hess - Princesas: Marilda da Silva e Valdemira dos Santos
  • 1992 - Rainha: Adriana V. Klein - Princesas: Viviane Wolff e Rosimere Schneider
  • 1993 - Rainha: Marciane Ellwanger - Princesas: Loasi T. Kunst e Simone Ferreira
  • 1994 - Rainha: Ana Carolina Grings - Princesas: Magda Hoerle e Loraine Dutra Lima
  • 1995 - Rainha: Daiana P. Arnold - Princesas: Cassiana Hirt e Analu Lauffer
  • 1996 - Rainha: Mirela Ermel - Princesas: Izeltia Sabadin e Fabíola Scapini
  • 1997 - Rainha: Débora E. Haag - Princesas: Adriane L. dos Santos e Madalena Wolff
  • 1998 - Rainha: Cassia Renck - Princesas: Luciane F. Keller e Camila Luiza Petry
  • 1999 - Rainha: Priscila Reinheimer - Princesas: Dieise dos Passos e Aline D. Hess
  • 2000 - Rainha: Gilian Hencke - Princesas: Ana Cláudia Raymundo e Josiane Correa
  • 2001 - Rainha: Bárbara A. Arnecke - Princesas: Gislaine Schmitz e Débora Camargo
  • 2002 - Rainha: Letícia Krummenauer - Princesas: Caroline Motta e Gisele Venson
  • 2003 - Rainha: Paula Treviso - Princesas: Vanessa Sparremberger e Priscila Santos
  • 2004 - Rainha: Mirian E. Schmidt - Princesas: Fernanda Lanz e Ana K. Konrath
  • 2005 - Rainha: Ana Paula Petzinger - Princesas: Siana T. Petry e Ana L. Staudt
  • 2006 - Rainha: Sílvia J. Bischoff - Princesas: Carina Werb e Kátia R. Konrath
  • 2007 - Rainha: Pamela L. Ghesla - Princesas: Carolina Dier e Iria Tatiana Bickel
  • 2008 - Rainha: Luciane L. Linden - Princesas: Sabrina D. Rückert e Tamara S. Oliveira
  • 2009 - Rainha: Fernanda C. dos Santos - Princesas: Lidiani C. Lehnen e Claudionara S. Harff
  • 2010 - Rainha: Michele Schmidt - Princesas: Vivian Oliveira e Bruna Müller
  • 2011 - Rainha: Tassia Pricila Kehl - Princesas: Taila Brocker Schäfer e Bruna Danielle Martins Tavares
  • 2012 - Rainha: Amanda Vanessa dos Passos - Princesas: Patrícia Fernanda Harff Machado e Juliane de Moraes
  • 2013 - Rainha: Micaela Leticia Foscarini Hartz - Princesas: Tamiris Geanini de Lima Volkart e Taiana Cristina Hirt
  • 2014 - Rainha: Juliane Gabriela Mergener - Princesas: Nathália Baum Wilbert e Lidiane Eli Bischoff
  • 2015 - Rainha: Paola Schmitz Altenhofen - Princesas: Daiani Bellini e Fernanda Ruana Fetter Hoerlle
  • 2016 - Rainha: Endieli Roberta Rörig - Princesas: Isis Milena Koetz Reis e Vanessa Fernanda Hörnig

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Oktoberfest.org.br. «Doações da Oktoberfest em 2003». Consultado em 12 de abril de 2008 
  2. a b Oktoberfest.org.br. «Doações da Oktoberfest em 2005». Consultado em 12 de abril de 2008 
  3. a b Oktoberfest.org.br. «Doações da Oktoberfest em 2007» (DOC). Consultado em 12 de abril de 2008 
  4. Brasil-koeln.de. «Reportagem: Oktoberfest de Igrejinha». Consultado em 29 de abril de 2008 
  5. Oktoberfest.org.br. «História da Oktoberfest». Consultado em 29 de abril de 2008 
  6. Oktoberfest.org.br. «Atrações da Oktoberfest». Consultado em 29 de abril de 2008 
  7. Charutos e Bebidas. «Reportagem: Oktoberfest». Consultado em 11 de dezembro de 2007 
  8. Welt.de. «Reportagem: Oktoberfest no Brasil» (em alemão). Consultado em 29 de abril de 2008 
  9. Oktoberfest.org.br. «Jornal da Oktoberfest de Igrejinha» (PDF). Consultado em 20 de outubro de 2007 
  10. Oktoberfest.org.br. «Trabalho voluntário na Oktoberfest». Consultado em 12 de abril de 2008 
  11. PautaSocial.com.br. «Reportagem: Trabalho voluntário na Oktoberfest». Consultado em 12 de abril de 2008 
  12. Oktoberfest.org.br. «Reportagem: Oktoberfest é patrimônio cultural». Consultado em 13 de agosto de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]