Olavo I da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Olavo I
Rei da Dinamarca
Jarl da Jutlândia
Oluf hunger.jpg
Reinado 10 de julho de 10868 de agosto de 1095
Consorte Ingegerda Haraldsdotter
Antecessor(a) Canuto IV
Sucessor(a) Nicolau I
Nascimento 1058
Morte 8 de agosto de 1095 (37 anos)
Casa Estridsen
Pai Sueno II
Filha(s) Uvhilda Olofsdatter

Olavo I da Dinamarca (10588 de agosto de 1095), também conhecido como Olavo, o Faminto (em dinamarquês: Oluf de Sultne), foi rei da Dinamarca de 10 de julho de 1086 até sua morte, em 8 de agosto de 1095.[1]

Ele era filho ilegítimo de Sueno II.[1] Em 1080, tornou-se jarl da Jutlândia e fez uma guerra civil contra seu irmão, Canuto IV. Em 1085 ou 1086 ele foi aprisionado.

Após a morte de seu irmão, em 10 de julho de 1086 na Igreja de Santo Albânio em Odense, sucedeu Olavo a seu irmão no trono dinamarquês.

Era casado com Ingegerda, filha do rei Haroldo III da Noruega.

Referências

  1. a b Jezierski, Wojtek; Esmark, Kim; Orning, Hans Jacob; Sigurðsson, Jón Viðar (2020). Nordic Elites in Transformation, c. 1050–1250: Legitimacy and Glory (em inglês). III. Abingdon-on-Thames: Routledge. p. 68. ISBN 9781000200119 

Precedido por
Canuto IV
Rei da Dinamarca
1086 - 1095
Sucedido por
Érico I
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.