Olavo I da Noruega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olavo Tryggvason
Rei da Noruega
caption
Reinado 995 – 9 de Setembro de 1000
Consorte Geira
Gyda
Thyre
Antecessor(a) Haakon Sigurdsson
Sucessor(a) Sueno I da Dinamarca
Érico Hakonarson
Sveinn Hákonarson
Dinastia Cabelo Belo
Nascimento Década de 960, na Noruega
Morte 9 de setembro de 1000 (40 anos)
Pai Tryggve Olafsson
Mãe Astride Eiríksdóttir

Olavo Tryggvason (em norueguês antigo: Óláfr Tryggvason; em norueguês: Olav Tryggvason), (ca. 9609 de setembro? de 1000), foi rei da Noruega de 995 até sua morte. Olavo teve um papel importante na conversão dos viquingues ao cristianismo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Há dúvidas sobre a data e local de nascimento de Olavo: enquanto a História da Noruega diz que nasceu nas Órcades, aonde sua mãe Astrid Eiriksdatter fugira para esconder-se de seu pai Tryggve Olafsson, a Ágrip af Nóregskonungasögum diz que Astrid apenas fugiu para as Órcades quando Olavo tinha três anos de idade. Ambas concordam que enfim Olavo rumou para a Rússia de Kiev, servindo na corte de Vladimir I.[1] Após a morte de sua esposa Geira, Olavo deixou Wendland, onde se assentara, em 984, e em 998 teria ido às Ilhas Scilly, onde teria conhecido um profeta que haveria previsto que Olavo seria batizado após quase morrer em batalha. Alguns o identificam com Santo Elídio.[2] Outras fontes dizem que foi batizado por Santo Alfege da Cantuária em Andover.[3]

Viveu na Irlanda antes de tornar-se rei da Noruega e supostamente construir sua primeira igreja da Noruega, em 995, fundando as cidades de Trontêmio, em 997, e Sarpsborg.[carece de fontes?] Sendo rei, tentou expandir a fé cristã pelo seu reino, mas enfrentou a rivalidade da Dinamarca. Em uma dessas batalhas, faleceu no ano 1000, possivelmente ao cair de um barco.[carece de fontes?] Houve, contudo, rumores de sobrevivência e avistamentos até 1046.[4]

Referências

  1. Bagge, Sverre (2006). «The Making of a Missionary King: The Medieval Accounts of Olaf Tryggvason and the Conversion of Norway». The Journal of English and Germanic Philology. 105 (4). pp. 486–487 
  2. Farmer, David. The Oxford Dictionary of Saints 5 ed. [S.l.]: Oxford University Press. p. 272. ISBN 0-19-959660-3 
  3. Stenton, Frank (1943). Anglo-Saxon England. [S.l.]: Oxford University Press. p. 378 
  4. Snorrason, Oddr (1895). The Saga of King Olaf Tryggwason. Traduzido por Shepton, J. [S.l.: s.n.] pp. 449–465 
Precedido por
Haakon Sigurdsson
Rei da Noruega
995 - 1000
Sucedido por
Sueno I Barba-Bifurcada
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.