Olene Walker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Olene Walker
Olene Walker
'
Nascimento 15 de novembro de 1930
Ogden, Utah
Morte 28 de novembro de 2015 (85 anos)
Ogden, Utah
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação política,
Religião A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Causa da morte acidente vascular cerebral

Olene Walker (nascida Smith; 15 de novembro de 193028 de novembro de 2015) foi uma política americana e a 15ª governadora do Utah. Foi empossada no dia 5 de novembro de 2004, pouco antes de seu aniversário de 74 anos, sendo a primeira governadora mulher do Utah. Era um membro do Partido Republicano.

Infância e formação[editar | editar código-fonte]

Walker foi registrada Olene Smith em Ogden, Utah em 1930, filha de Thomas Ole e Nina (nascida Hadley) Smith. Fez seu Ensino Médio na Weber High School. Walker formou-se bacharel, mestre e doutora na Brigham Young University, Stanford University, e a Universidade de Utah, respectivamente [1]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

A bagagem política de Walker inclui oito anos na legislatura estadual, também como articuladora (Majority Whip). Foi a quarta suplente do governo de Utah por dez anos antes de tornar-se governadora. Fundou e dirigiu a Salt Lake Education Foundation. Foi diretora da Utah Division of Community Development. Presidiu a Commission on Criminal and Juvenile Justice, o Utah State Housing Coordinating Committee, o Governor's Commission on Child Care, e a National Conference of Lieutenant Governors.

Ela assumiu o governo de Utah após o governador anterior, Mike Leavitt, ser indicado pelo presidente George W. Bush para liderar a Agência de Proteção Ambiental em 2003. Walker exerceu o cargo até o fim do mandato de Leavitt em 3 de janeiro de 2005.

Pouco depois de se tornar governadora, ela selecionou o deputado Gayle McKeachnie para ser seu vice-governador. Olene Walker foi a primeira governadora mulher americana a ser empossada por uma Chefe de Justiça da Suprema Corte Estadual que também era mulher, Christine M. Durham.

Com uma manobra que causou controvérsia no estado, o Partido Republicano do Utah, em sua convenção de 8 de maio de 2004, decidiu excluir Walker da votação para as primárias do partido, que aconteceu em 22 de junho de 2004. Em seu lugar, escolheu Jon Huntsman, Jr. e Nolan Karras como os dois candidatos do Partido Republicano para o governo do Estado de Utah.

Huntsman venceu as primárias com mais de 66% dos votos, eliminando qualquer possibilidade de Olene Walker ser candidata às eleições de 2004. Os delegados da convenção defenderam sua escolha afirmando que já haviam prometido seu voto a outros candidatos, porque Walker havia exercido o cargo de governadora apenas por seis meses antes da convenção.[2]

O Instituto Olene S. Walker de Política e Serviço Público[editar | editar código-fonte]

Em 2012,[3] Walker criou o Instituto Olene S. Walker de Política e Serviço Público para cultivar entre alunos da Weber State University, além da comunidade local, os ideais de serviço público e engajamento político que a motivaram ao longo de sua carreira de décadas na política do Utah. A instituição coordena estágios para alunos da Weber State University, organiza fóruns e debates em questões de políticas públicas, além de oferecer workshops de liderança e engajamento cidadão para a comunidade. 

Vida pessoal e morte[editar | editar código-fonte]

Ela foi casada com Myron Walker, com quem teve sete filhos e vinte e cinco netos. Walker era mórmon. Ela e seu marido foram missionários de assuntos internacionais da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Nova York. Na primavera de 2010, ela presidiu a conferência de Bloomington da igreja, no sul de St. George, Utah.[4]

Olene Walker morreu de causas naturais no dia 28 de novembro de 2015 aos 85 anos.[5]

Legado[editar | editar código-fonte]

O estado de Utah controla o Fundo de Crédito Imobiliário Olene Walker, que procura fornecer moradia acessível, proteger inquilinos de senhorios exploradores e buscar outras formas de apresentar boas opções de moradias para a população de baixa renda do estado.[6]

Em maio de 2010, o Utah County Democratic Party deu a Walker seu primeiro prêmio por serviços eminentes.[7]

Referências

  1. «Current Biography Yearbook». google.ca. Consultado em 30 de novembro de 2015 
  2. «GOP selects Huntsman, Karras». Deseret News. 9 de maio de 2004 
  3. «Walker Institute | Weber State University». www.weber.edu. Consultado em 29 de novembro de 2015 
  4. Jamshid Askar.
  5. Dan Harrie (28 de novembro de 2015). «Olene Walker: A Utah original and pioneer is gone». The Salt Lake Tribune 
  6. «Olene Walker Housing Loan Fund». utah.gov 
  7. Marc Haddock (17 de maio de 2010). «Utah County Democrats to honor former GOP Gov. Olene Walker». DeseretNews.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]