Olga Rypakova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olga Rypakova
campeã olímpica
Atletismo
Nome completo Olga Sergeevna Rypakova
Modalidade salto triplo, salto em distância
Nascimento 30 de novembro de 1984 (34 anos)
Öskemen, União Soviética
atual Cazaquistão
Nacionalidade Cazaquistão cazaque
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Salto triplo
Prata Pequim 2008 Salto triplo
Bronze Rio 2016 Salto triplo
Campeonatos Mundiais
Prata Daegu 2011 Salto triplo
Bronze Londres 2017 Salto triplo
Bronze Pequim 2015 Salto triplo
Campeonatos Mundiais – Indoor
Ouro Doha 2010 Salto triplo
Prata Istambul 2012 Salto triplo

Olga Sergeevna Rypakova (em russo: Ольга Сергеевна Рыпакова; nascida Alekseyeva; Öskemen, 30 de novembro de 1984) é uma atleta e campeã olímpica cazaque, especializada em saltos.

Originalmente uma heptatleta, mudou seu foco apenas para os saltos competindo inicialmente no salto em distância e finalmente passando a se dedicar ao salto triplo após 2007. Seus primeiros resultados vieram em modalidades de multieventos em competições asiáticas, quando conquistou o pentatlo feminino nos Jogos Asiáticos de Pista Coberta em 2005 e o heptatlo nos Jogos Asiáticos de 2006, em Doha, no Qatar.[1]

Em Pequim 2008, Rypakova competiu no salto em distância e no salto triplo, conseguindo o originalmente o quarto lugar no último, com um novo recorde asiático de 15,11 m.[1] Após a desclassificação de duas atletas, foi elevada para a segunda colocação na prova e, consequentemente herdou a medalha de prata.[2] Sem conseguir medalhar nos Mundiais de Osaka 2007 e Berlim 2009, seu primeiro grande título internacional nos saltos veio no Campeonato Mundial de Atletismo em Pista Coberta de 2010, no Qatar, quando venceu o salto triplo.[1] Disputando seu terceiro Campeonato Mundial de Atletismo, em Daegu 2011, ficou com a medalha de prata com um salto de 14,89 m.[3]

Seu maior momento na carreira ocorreu em Londres 2012, quando tornou-se campeã olímpica do salto triplo com a marca de 14,98 m.[4] Em Pequim 2015, ficou com o bronze. No início de 2016, voltou a Doha e foi campeã asiática indoor.[5] Quatro anos depois de sua vitória olímpica, na Rio 2016 ficou com a medalha de bronze.[6]

Conquistou sua terceira medalha em Mundiais, um bronze, em Londres 2017, com um salto de 14,77 m. [7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Rypakova Olga». IAAF. Consultado em 6 de agosto de 2012 
  2. «TRIPLE JUMP WOMEN – THE XXIX OLYMPIC GAMES» (em inglês). IAAF. 17 de agosto de 2008. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  3. «Beijing near-miss leads to London triumph for Rypakova». IAAF. Consultado em 6 de agosto de 2012 
  4. «Women's Triple Jump». london2012.com. Consultado em 6 de agosto de 2012. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2013 
  5. «Results». Asian Athletics Association. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  6. «TRIPLE JUMP WOMEN THE XXXI OLYMPIC GAMES». IAAF. Consultado em 29 de agosto de 2016 
  7. «WOMEN'S TRIPLE JUMP FINAL – IAAF WORLD CHAMPIONSHIPS LONDON 2017». IAAF. Consultado em 8 de agosto de 2017