Olho da Providência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Olho da Providência no frontão da Catedral de Salta.

O Olho da Providência é um símbolo exibindo um olho cercado por raios de luz ou em glória, muitas vezes dentro ou em cima de um triângulo ou de uma pirâmide. Costuma ser interpretado como a representação da divina providência, o olho de Deus observando a humanidade.

Originalmente um símbolo cristão, os primeiros exemplos conhecidos de seu uso podem ser encontrados na arte religiosa da Renascença para representar Deus[1].

Origem[editar | editar código-fonte]

Alquímica em entalhe de madeira, mostrando o Olho que Tudo Vê de Deus flutuando no céu.
O Olho de , a principal divindade dos egípcios, também chamado de Olho de Hórus.

Os primeiros exemplos conhecidos de seu uso como um símbolo cristão podem ser encontrados na arte religiosa da Renascença para representar Deus, conforme pode ser percebido na pintura "Ceia em Emaús", pintada pelo renascentista Pontormo, em 1525[1]. Uma outra mostra de seu uso cristão encontra-se no livro de emblemas chamado Iconologia, publicado pela primeira vez em 1593[1].

Na sua forma atual, o símbolo apareceu primeiro no oeste durante o século XVII e XVIII, porém, muitos artigos e pessoas confundem o "Olho que Tudo Vê" com as representações da Mitologia Egípcia, no Olho de Hórus. Em descrições do século XVII, o "Olho da Providência" algumas vezes aparece rodeado de nuvens.

Simbolismo e significados[editar | editar código-fonte]

Quando da sua criação, o criador usou símbolos religiosos previamente existentes para desenhar o Olho da Providência. Acredita-se que cada símbolo utilizado tenha os seguinte significados[1]:

  • O olho representa um sinal da vigilância compassiva de Deus sobre a humanidade.
  • O triângulo simboliza a Santíssima Trindade Cristã.
  • Os raios de luz são um sinal preexistente do brilho de Deus na iconografia cristã.

Cultura dos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Em 1782, o Olho da Providência foi adotado como parte do simbolismo no verso do Grande selo dos Estados Unidos da América. O Olho foi introduzido pelo comitê original do projeto em 1776, e foi desenvolvido de acordo com as sugestões do consultor artístico Pierre Eugene du Simitiere.

No selo, o Olho é cercado pelas palavras Annuit cœptis, querendo dizer "Ele [o Olho da Providência] é favorável aos nossos empreendimentos" (tradução livre). O Olho está posicionado acima de uma pirâmide inacabada com treze passos, representando as treze colônias. A combinação sugerida seria a de que o Olho favorece a prosperidade dos Estados Unidos.

O Grande Selo é usado para endossar documentos oficiais dos Estados Unidos. Como tal, é reproduzido, junto com o Olho da Providência, nas costas de cada nota de 1 dólar.

Maçonaria[editar | editar código-fonte]

O Olho que Tudo Vê também aparece como parte da iconografia da Maçonaria. O Olho que Tudo Vê é então um lembrete para os Maçons de que sempre são observados pelo Grande Arquiteto do Universo, ou GADU. Tipicamente o Olho Maçônico da Providência tem um semi-círculo de luz sob o olho — frequentemente com os raios incidindo para baixo. Às vezes, um triângulo é incluído ao Olho, mas isto é visto como uma referência à preferência do Maçom para o número três em numerologia. Outras variações do símbolo também podem ser achadas, com o olho sendo substituído pelas letras ‘G’, representando o Grande Arquiteto.

A primeira referência Maçônica oficial ao Olho está em O Monitoramento Maçônico por Thomas Smith Webb em 1797, alguns anos depois que o Grande Selo foi projetado. O uso Maçônico do Olho em geral não incorpora uma pirâmide, embora o triângulo seja incluído freqüentemente e é interpretado como sendo parte.

Cao Dai[editar | editar código-fonte]

Uma nova seita religiosa no Vietnam chamada Cao Dai, bem como outros tipos de seitas, usam o Olho (especificamente, o olho esquerdo) dentro de um triângulo para representar Deus.

Uso atual[editar | editar código-fonte]

O Olho da Providência na nota de um dólar
O Olho que Tudo Vê aparece na torre da Catedral de Aachen.
Uma versão do olho no frontão da Catedral de Nossa Senhora de Cazã.
  • No Brasil, o olho dentro de um triângulo é também um selo de marketing muito antigo e de propriedade das extintas Indústrias de Fósforos Fiat LUX.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal do Ocultismo
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Maçonaria.
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Olho da Providência

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d BBC News A verdadeira origem do triângulo com um olho que aparece nas notas de dólar (e as teorias que alimenta)