Olimpíada Brasileira de Informática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portal A Wikipédia tem o portal:

A Olimpíada Brasileira de Informática (também conhecida somente por OBI) é uma competição de programação realizada anualmente desde 1999 pela Sociedade Brasileira de Computação. Tem por objetivo despertar nos alunos o interesse por ciência da computação.

Modalidades[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a OBI é realizada nas modalidades Iniciação e Programação.

Iniciação[editar | editar código-fonte]

As provas da modalidade Iniciação são provas convencionais, feitas com papel e caneta, pelos alunos participantes. As questões da prova são questões que exigem dos alunos raciocínio lógico para serem resolvidas. Essa modalidade se divide em três níveis:

  • Nível 1, para alunos até o sétimo ano (sexta série) do Ensino Fundamental (ou equivalente);
  • Nível 2, para alunos até o nono ano (oitava série) do Ensino Fundamental (ou equivalente).

Os melhores alunos da modalidade iniciação são convidados a participar de um curso de introdução à programação, ministrado no Instituto de Computação da Unicamp. Um aluno não pode participar mais de uma vez do curso de introdução à programação.

Programação[editar | editar código-fonte]

As provas da modalidade Programação são provas que usam o computador, e por isso os colégios participantes devem disponibilizar um laboratório para a realização da prova. Os alunos devem desenvolver programas para resolver os problemas propostos durante a prova. Os problemas devem ser resolvidos usando uma linguagem de programação, que pode ser C, C++ ,Pascal ou Java. A correção desses problemas é totalmente automatizada. Essa modalidade se divide em três níveis:

  • Nível Júnior, para alunos até o nono ano (oitava série) do ensino fundamental, as provas do nível júnior exigem conhecimento muito básico de programação e estrutura de dados simples;
  • Nível 1, para alunos até o segundo ano do ensino médio, as provas do nível 1 exigem conhecimento básico de programação e de estrutura de dados;
  • Nível 2, para alunos que estão cursando o ensino médio ou que o concluíram há menos de um ano, as provas do nível 2 exigem conhecimento de técnicas de programação e algoritmos.

Os melhores alunos da modalidade programação são convidados para participar de um curso de programação oferecido pela organização da OBI. Os melhores alunos do nível 2 participam também do processo seletivo para a Olimpíada Internacional de Informática, onde quatro alunos brasileiros são selecionados para representar o país nesta competição.

Fases[editar | editar código-fonte]

A OBI é realizada em três fases.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase é realizada em escolas cadastradas no Brasil inteiro.

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase é realizada, também, nas escolas que tenham uma grande concentração de competidores. Para a segunda fase são chamados os melhores colocados na primeira fase.

Terceira Fase[editar | editar código-fonte]

A terceira fase é realizada em universidades das cidades ou região. Para a terceira fase, são chamados os melhores da segunda fase.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]