Oliver Heaviside

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oliver Heaviside
Conhecido(a) por Função de Heaviside
Nascimento 18 de maio de 1850
Camden Town, Londres
Morte 3 de fevereiro de 1925 (74 anos)
Torquay
Nacionalidade Britânico
Prêmios Medalha Faraday (1922)
Campo(s) Matemática, Engenharia elétrica

Oliver Heaviside (Londres, 18 de maio de 1850Torquay, 3 de fevereiro de 1925) foi um matemático e engenheiro eletricista inglês.[1]

Aos 16 anos abandonou a escola para seguir o sonho de ser telegrafista. Nos tempos livres estudava electricidade, chegando a publicar alguns artigos inspirados pelo Tratado de Electricidade e Magnetismo de Maxwell.[carece de fontes?]

Apesar dos vários contributos para o electromagnetismo, é mais conhecido pelo estudo da análise vectorial; introduziu o cálculo operacional para resolver equações diferenciais dos circuitos, tornando-as equações algébricas facilmente resolvíveis.[carece de fontes?]

No entanto, o seu trabalho foi alvo de fortes críticas por falta de rigor matemático; Heaviside achava que não se devia perder tempo em demonstrações de algo que intuitivamente parecia estar certo.[carece de fontes?]

Resolveu equações diferenciais usando métodos cuja demonstração rigorosa iria manter ocupadas futuras gerações de matemáticos. Em 1902 postulou a existência da ionosfera, que permitia que ondas de rádio fossem transmitidas entre continentes. Uma doença infantil deixou-o surdo anos mais tarde, tendo passado os últimos 25 anos da sua vida isolado e solitário.[carece de fontes?]

Foi eleito membro da Royal Society em 1891.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Carlson, W. Bernard (14 de setembro de 2017). «Engineering: Reclusive genius who connected the world». Nature (em inglês). 549 (7671): 156–157. ISSN 0028-0836. doi:10.1038/549156a 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.