Olof Palme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Olof Palme
Primeiro-Ministro da Suécia Suécia
Período 8 de outubro de 1982
a 28 de fevereiro de 1986
Monarca Carlos XVI Gustavo
Antecessor(a) Thorbjörn Fälldin
Sucessor(a) Ingvar Carlsson
Período 14 de outubro de 1969
a 8 de outubro de 1976
Monarcas Gustavo VI Adolfo (1969–1973)
Carlos XVI Gustavo (1973–1976)
Antecessor(a) Tage Erlander
Sucessor(a) Thorbjörn Fälldin
Líder do Partido Social-Democrata
Período 14 de outubro de 1969
a 28 de fevereiro de 1986
Antecessor(a) Tage Erlander
Sucessor(a) Ingvar Carlsson
Dados pessoais
Nome completo Sven Olof Joachim Palme
Nascimento 30 de janeiro de 1927
Estocolmo, Estocolmo,
 Suécia
Morte 28 de fevereiro de 1986 (59 anos)
Estocolmo, Estocolmo,
 Suécia
Progenitores Mãe: Elisabeth von Knieriem
Pai: Gunnar Palme
Alma mater Universidade de Estocolmo
Esposas Jelena Rennerova (1948–1952)
Lisbet Beck-Friis (1956–1986)
Partido Social-Democrata
Assinatura Assinatura de Olof Palme
Serviço militar
Serviço/ramo Exército da Suécia
Anos de serviço 1945–1947
Graduação Capitão
Unidade Regimento de Artilharia de Svea

Sven Olof Joachim Palme (Estocolmo, 30 de janeiro de 1927 — Estocolmo, 28 de fevereiro de 1986) foi um político sueco. Membro do Partido Social-Democrata foi primeiro-ministro da Suécia entre 1969 e 1976 e de novo entre 1982 e 1986, ano em que foi assassinado à saída de um cinema em Estocolmo.[1][2][3][4]

Palme tornou-se conhecido como um dos maiores exemplos da Social-Democracia Escandinava, tendo levado mais longe que qualquer outro político a ideia de conciliar uma economia de mercado com um estado social. Durante o seu governo, a Suécia gozou de uma forte economia e dos níveis de assistência social mais altos no mundo. Ficou ainda conhecido como forte opositor do Apartheid e da Guerra do Vietnam, o que lhe causou graves conflitos com Washington.[2]

Assassinato[editar | editar código-fonte]

Olof Palme foi assassinado em 1986 na rua Sveavägen, em pleno centro de Estocolmo. Ainda hoje é desconhecida a identidade do seu homicida e as razões pelas quais o matou. Há várias teorias envolvendo os serviços secretos sul-africanos e o movimento curdo do PKK, um extremista de direita, e, acima de tudo, Christer Pettersson.[2][5]

Cerca de 130 pessoas confessaram o homicídio[6]. Há mais de 3600 dossiês sobre o caso, que ocupam 225 metros de prateleiras numa esquadra da polícia.

Christer Pettersson, um alcoólico e toxicodependente, foi identificado em 1986 por Lisbeth Palme como o autor dos disparos sobre Olof Palme e sobre ela própria, na esquina da rua Sveavägen com a rua Tunnelgatan na noite de 28 de janeiro de 1986, pelas 23 h 21 min.

Levado ao Tribunal de Primeira Instância de Estocolmo em 1989, Christer Petterrson foi condenado à prisão perpétua. Na sequência de recurso, Christer Pettersson foi julgado pelo Tribunal de Segunda Instância da Svealand em 1989, e ilibado do crime, por falta de provas suficientes e erros no processo policial, tendo sido posto em liberdade. O Supremo Tribunal da Suécia recusou em 1997 um novo julgamento, por falta de provas adicionais.

Referências

  1. Olof Ruin. «S Olof J Palme» (em sueco). Svenskt biografiskt lexikon (Riksarkivet) - Dicionário Biográfico Sueco (Arquivo Nacional Sueco). Consultado em 19 de novembro de 2016 
  2. a b c Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Olof Palme». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 732. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  3. «Biografi SVEN OLOF JOACHIM PALME» (em sueco). Olof Palmes minnesfond (Fundo Memorial de Olof Palme). Consultado em 19 de novembro de 2016 
  4. «Palme, S Olof J» (em sueco). Projekt Runeberg – Vem är det : Svensk biografisk handbok - Riksarkivet (Projeto Runeberg – Quem é quem: Manual Biográfico Sueco - Arquivo Nacional Sueco). Consultado em 19 de novembro de 2016 
  5. Anders Norén. «Mordet på statsminister Olof Palme» (em sueco). 2016 Anders Norén. Consultado em 24 de maio de 2016 
  6. «Olof Palme foi assassinado há 25 anos» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Olof Palme


Precedido por
Tage Erlander
Primeiro-ministro da Suécia
1969-1976
Sucedido por
Thorbjörn Fälldin
Precedido por
Thorbjörn Fälldin
Primeiro-ministro da Suécia
1982-1986
Sucedido por
Ingvar Carlsson
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.