Olumide Makanjuola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Olumide Makanjuola
Nome completo Olumide Femi Makanjuola
Nascimento 7 de junho
Lagos
Nacionalidade Nigeriano
Alma mater Ogun State Institute of Technology, City, University of London
Ocupação ativista dos direitos humanos, escritor, produtor cinematográfico, militante LGBTQI e empreendedor social

Olumide Makanjuola (Lagos, 7 de junho) é um ativista dos direitos humanos,[1] escritor,[2] produtor cinematográfico,[3] militante LGBTQI[4] e empreendedor social nigeriano.[5]

Makanjuola foi diretor executivo da instituição The Initiative for Equal rights (TIERS)[6][4] e atualmente é diretor da Initiative Sankofa d’Afrique de l’Ouest (ISDAO),[7] organização que visa uma sociedade inclusiva e livre de violência e de injustiça.[5]

Em 2016, Makanjuola recebeu da Rainha Elizabeth II o Queen’s Young Leaders Award, pelo trabalho desenvolvido com a comunidade LGBTQI.[8] Em 2012, foi indicado ao Future Awards Africa na categoria "melhor aplicação da militância".[9] O trabalho de Makanjuola tem contribuído para o avanço dos direitos e a transformação do discurso público em torno das questões LGBTQI na Nigéria.[10][1][6]

Educação[editar | editar código-fonte]

Makanjuola é graduado em administração de empresas pela Ogun state Institute of Technology e pela City, University of London.[11]

Ativismo[editar | editar código-fonte]

Makanjuola foi coprodutor de documentários com temática LGBTQI, mesmo após 2014, quando o então presidente Goodluck Jonathan sancionou uma lei que criminalizava o casamento entre pessoas do mesmo sexo.[12] Ingressou na instituição The Initiative for Equal rights (TIERs) em 2006 como voluntário e ascendeu hierarquicamente, alcançando o posto de diretor executivo em 2012, onde atuou até 2018.[6] Atualmente, Makanjuola é diretor da Initiative Sankofa d’Afrique de l’Ouest (ISDAO),[7] um fundo filantrópico que visa a inclusão e o combate à violência e à discriminação no oeste africano.[5]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Ref.
2012 Future Awards Africa Melhor aplicação da militância Indicado [9]
2016 YNaija PowerList for Advocacy Venceu [13][14]
Queen’s Young Leaders Award Venceu [8]

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • Queer Men's Narrative (2019)[2]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Coproduções[editar | editar código-fonte]

  • Hell or High Water (2016)[14][13]
  • Untold Facts (2016)[13]
  • Walking with Shadows (2019)[3]

Referências

  1. a b «Olumide Makanjuola». The Guardian Nigeria News - Nigeria and World News (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2021. Cópia arquivada em 24 de junho de 2021 
  2. a b ArtsCommunityNews·January 24; 2019 (24 de janeiro de 2019). «Olumide Makanjuola and Jude Dibia team up on soon-to-be-released book; Queer Men's Narrative». The Rustin Times (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2021 
  3. a b News, The Next Edition (16 de novembro de 2019). «Funmi Iyanda, Olumide Makanjuola, Kunle Afolayan, Others, Witness 'Walking With Shadows' Premiere (See photos)». The Next Edition (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2021. Cópia arquivada em 27 de novembro de 2020 
  4. a b «Meet Olumide Makanjuola, a Nigerian activist fighting for women and LGBTI rights». Pulse Nigeria (em inglês). 10 de junho de 2019. Consultado em 16 de junho de 2021. Cópia arquivada em 24 de junho de 2021 
  5. a b c «'Business must think beyond profit and start to focus on people'». Businessday NG (em inglês). 2 de junho de 2019. Consultado em 16 de junho de 2021. Cópia arquivada em 24 de junho de 2021 
  6. a b c «'The exorcism was over in 15 minutes but nothing changed' - LGBT life in Nigeria». the Guardian (em inglês). 21 de fevereiro de 2017. Consultado em 26 de junho de 2021. Cópia arquivada em 29 de junho de 2021 
  7. a b «The Nigeria Prize for Difference and Diversity Announces Judges and Advisory Council». Brittle Paper (em inglês). 13 de julho de 2020. Consultado em 16 de junho de 2021. Cópia arquivada em 24 de junho de 2021 
  8. a b «Olumide Femi Makanjuola». The Queen's Young Leaders (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2021. Cópia arquivada em 27 de junho de 2020 
  9. a b Tolu (18 de julho de 2012). «The Future Awards 2012 Full Nominees List». Information Nigeria (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2021 
  10. BellaNaija.com (14 de dezembro de 2017). «The Initiative for Equal Rights held its Annual Symposium themed Human Rights, Sexuality & The Law». BellaNaija (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2021 
  11. Emeka, Mazi (30 de maio de 2016). «How Olumide Makanjuola is carrying the cross for LGBTs in Nigeria » YNaija». YNaija (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2021. Cópia arquivada em 26 de junho de 2021 
  12. Onuah, Felix (13 de janeiro de 2014). «Nigerian president signs anti-gay bill into law». Reuters (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2021. Cópia arquivada em 26 de junho de 2021 
  13. a b c Esene, Isime (3 de agosto de 2016). «Seun Onigbinde, Yasmin Belo-Osagie, Olumide Makanjuola… See the #YNaijaPowerList2016 for Advocacy » YNaija». YNaija (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2021. Cópia arquivada em 26 de junho de 2021 
  14. a b «Chimamanda Adichie, Banky W, Toke Ibru, others make YNaija inaugural #Woke100 List». YNaija (em inglês). 3 de janeiro de 2018. Consultado em 26 de junho de 2021. Cópia arquivada em 26 de junho de 2021