Onaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Onaga
Onaga, em Mortal Kombat: Armageddon
Informações gerais
Série de jogos Mortal Kombat
Primeiro jogo MK: Deception (2004)
Designer John Tobias e Ed Boon
Informações pessoais
Terra natal Outworld
Arma Nenhuma
Outros Nomes Imperador Onaga
Rei Dragão
Aparições MK: Deadly Alliance(Cameo)
MK: Deception (Chefe)
MK: Armageddon (Jogável)
MK 9 (Não Jogável)
Mortal Kombat X (Kombat Kard)

Onaga é um personagem do universo de Mortal Kombat. Ele é o imperador por direito de Outworld. Introduzido em Mortal Kombat: Deception, como chefe.

Características[editar | editar código-fonte]

Onaga parece ser um dos seres mais fortes em toda a série Mortal Kombat, ( perdendo apenas para Shinok visto que seu poder e inferior ao poder do amuleto de Shinnok e claro Shinnok em posse do amuleto). Como o próprio Shao Kahn preferiu envenenar o dragão em oposição a lutar contra ele, presume-se que Onaga possua poder suficiente para que Shao Kahn tema uma batalha contra ele. Quando Onaga teve Kamidogu, tornou-se quase imparável e qualquer confronto direto com ele era quase impossível. Isso é exibido quando os dois feiticeiros mais fortes, Shang Tsung e Quan Chi, combinados com o poder de Deus do trovão da Terra, Raiden, tentaram impedi-lo. O poder de todos os três não deteve o dragão, ele avançava em direção a eles. Nem mesmo uma explosão de auto-destruição de Raiden foi suficiente para destruí-lo, só fazendo pouco, se qualquer dano visível. Sendo um dragão, Onaga é capaz de exalar chamas, semelhante a um lança-chamas. Em Deception, Onaga foi capaz de voar, mas essa habilidade não aparece no Armageddon. Ele também possui um grau de magia como ele foi capaz de espalhar sua influência na forma de um avatar espiritual chamado Damashi, que ele usou para manipular Shujinko por muitos anos para ganhar o que ele precisava, também exibindo sua astúcia e táticas.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Onaga apareceu em Mortal Kombat: Deception, como chefe e não jogável. Ele se tornou o primeiro chefe com aparência não humana do game, os chefes até o momento foram: Shang Tsung, Quan Chi, Shao Kahn e Shinnok. Ainda em Deception, Onaga, se torna o segunda chefe que não recebe danos de ataques especiais, o primeiro havia sido Motaro. Apesar de todos os ataques, o chefe se mostra extremamente vulnerável ao ataque "Bicycle Kick" de Liu Kang, a personagem também é vulnerável se um dos Kamidogu espalhados pela arena Dragon King's Temple, se isso ocorrer, o chefe ficará se agoniando de dor por um intervalo de tempo, dando a oportunidade de um ataque do adversário e este ataque fará mais dano do que o normal.

Em Mortal Kombat: Armageddon, Onaga não mostra muitas mudanças no seu estilo de luta.

Onaga é o único personagem que não possui um Fatality próprio, já que em Mortal Kombat: Deception, o chefe não possui uma finalização e em Mortal Kombat: Armageddon não havia uma finalização especifica para cada lutador.

Habilidades[editar | editar código-fonte]

  • Fogo do Dragão: Onaga cospe uma bola de fogo que sai da sua boca. (MKA,MKD)
  • Pulo das Pedras: Onaga dá um pulo alto que faz a terra tremer. (MKA,MKD)
  • Chute Deslizado: Onaga joga uma bola de energia que afasta o seu oponente. (MKA)
  • Abaixar,Pular e Encontrar: Onaga se abaixa, bate com os pés no chão e vai de encontro com seu oponente. (MKA)
  • Fogo Bucal: Onaga cospe fogo da sua boca, tirando energia de seu oponente. (MKA,MKD)
  • Voo duplo: Onaga segura o oponente e voa alguns metros acima do chão, e joga o oponente no chão. (MK:D,e no MK:A ele faz isso na abertura)

História[editar | editar código-fonte]

Mortal Kombat: Deception[editar | editar código-fonte]

Onaga é retratado na capa do Mortal Kombat: Deception.

Onaga, o Rei Dragão é um dragão que foi por direito o Imperador de Outworld há milhares de anos. Contudo, ele foi traído e assassinado pelo seu conselheiro, que viria a tomar o seu lugar, Shao Kahn . Após sua morte, os sacerdotes de Onaga profetizaram que o Rei Dragão retornaria quando seu ovo fosse chocado. Eles esconderam o ovo do Rei Dragão e escravizaram Blaze para chocá-lo até Onaga retornar. Milênios depois, o ovo já estava chocando, foi quando Reptile se aproximou dele e a alma do Rei Dragão foi transferida para o corpo de Reptile. O Rei Dragão estava de volta.

Onaga e Li Mei, cena final da personagem em Mortal Kombat: Deception.

Onaga aparece em Mortal Kombat: Deception como chefe, controlando os campeões de Earthrealm, os tarkatanos e também as forças edenianas. Apesar de tudo estar do jeito que ele queria, Shujinko, usando uma habilidade de absorver habilidades de luta que foi dada pelo próprio Onaga, não só derrota o Rei Dragão como destrói os kamidogu. Ele foi tolo de confiar essa importante tarefa a um mortal, pois não sabia que quando Shujinko soubesse que viveu em vão, tentaria vingança com tudo o que aprendeu em sua quest, já que Onaga usa Shujinko para reunir os kamidogu, esta tarefa dura vários anos da vida de Shujinko.

Mortal Kombat: Armageddon[editar | editar código-fonte]

E em Armageddon, Onaga estava em Netherrealm havia sido morto por Shujinko e o encantamento de Nightwolf o mantinha preso. Sem outra alternativa, Onaga aceita um acordo com Shinnok, o Deus Ancião o traria de volta à vida em troca de sua servidão. Embora Onaga não planejasse servir Shinnok, ele aceita e se alia às forças das Trevas, somente com o intuito de roubar o prêmio da missão dos irmãos Taven e Daegon e então reassumir o trono de exoterra mais uma vez.

Biografia em Mortal Kombat: Armageddon[editar | editar código-fonte]

A pouco havia recuperado meu trono como Imperador de exoterra quando meus planos foram frustrados. Meu fantoche Shujinko havia emergido mais poderoso do que pude imaginar. Reunindo guerreiros a sua causa, ele absorveu suas táticas de luta e destruiu os seis Kamidogu, deixando-me vulnerável. Somente o amuleto que eu havia tomado do feiticeiro Quan Chi me deu proteção. Mas no momento em que Shujinko desferiu seu golpe final, uma força de fora enlaçou simultaneamente minha alma e expeliu-me do meu corpo hospedeiro. Encontrei-me amarrado por uma runa em Netherealm. Permaneci la até que fui encontrado por Shinnok, um Deus destronado. Como eu, ele foi preso naquele lugar amaldiçoado, império excluido dos reinos por seres inferiores. Shinnok ofereceu-me uma chance de vingança: Eu recuperaria meu merecido posto como Imperador de exoterra em troca de minha inquestionavel servidão. Não me oprimo a ninguém,mas considerei sua oferta.

Shinnok estava próximo de sua ascensão de Netherealm, mas ele temia outra derrota - sendo por seus inimigos ou por seus aliados. Ele surgiria intocado se todos fossem eliminados. Para que isso acontecesse, ele precisava de um meio-Deus edeniano chamado Daegon para derrotar o elemental do fogo. A força celeste que Daegon receberia de sua vitória traria tal carnificina. Entretanto, muitos outros guerreiros também ostentavam aquele poder. Poderia Daegon falhar, poderia algum outro guerreiro derrotar Blaze,os planos de Shinnok seguiam-se incertos. Shinnok estava muito interessado em Shao Kahn, meu pior inimigo. Ele propos que eu fingisse não ligar pra isso, mas que me juntasse a nova aliança de Quan Chi para que pudesse estar perto do traidor. Eu o seguiria então até a guerrilha final e cuidaria pra que ele não alcançasse Blaze.Quando Daegon finalmente ganhasse tal poder,os lutadores seriam todos mortos e exoterra seria dado a mim pra que o governasse novamente. Como incentivo adicional, Shujinko penava no calabouço de Shao Kahn e seria meu para que fizesse o que desejar com ele. Eu não confiava neste Deus destronado. Eu sentia cheiro de vingança. Se tudo ocorresse como ele planejava, eu estaria em meio aos mortos. Mas aceitei sua oferta em propósito de libertar-me do amaldiçoado Netherealm. Satisfeito, Shinnok conjurou um portal e falou atraves dele. Ele então ergueu suas mãos e trincou seu punho. Com um grito demoníaco, minha alma foi liberada do símbolo que me atava e agora estava livre de Netherealm. Acordei em meu corpo original,coberto de sangue de Dragão. Antes de mim levantou Shang Tsung, Quan Chi, e meu pior inimigo, Shao Kahn.

Eu ficarei como fantoche de Shinnok e me juntei a aliança de Quan Chi. Shao Kahn nunca alcançará Blaze. Mas eu seria um tolo se permitisse a vitória de Daegon.Uma vez que tiver acabado com o elemental do fogo eu pegarei a poderosa recompença pra mim, eu terei a cabeça de Shinnok.

Outras Participações[editar | editar código-fonte]

Durante as mensagens de Raiden do futuro para o do passado, podemos ver Onaga em Mortal Kombat 9.

Onaga também aparece em alguns jogos, através de citações, cartas, etc.

A primeira participação da personagem na série foi em Mortal Kombat: Deadly Alliance como cameo no final de Raiden.

Em 2011, durante o modo história de Mortal Kombat 9. Raiden envia uma mensagem para ele mesmo no passado, durante essa mensagem, podemos ver vários acontecimentos da série, em alguns é possível ver o Rei Dragão.

Em Mortal Kombat X, Onaga ganhou uma Kard Kombat

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Onaga MK: A - BIO» (em inglês). mortalkombatwarehouse. Consultado em 1 de agosto de 2015 
  2. «Onaga» (em inglês). Wikia Mortal Kombat. Consultado em 1 de agosto de 2015