One Million Years B.C.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
One Million Years BC
Quando o mundo nasceu (PT)
Um milhão de anos antes de Cristo (BR)
 Reino Unido
1966 •  cor •  105 min 
Direção Don Chaffey
Produção Michael Carreras
Roteiro Brian Clemens
Elenco Raquel Welch
John Richardson
Percy Herbert
Música Mario Nascimbene
Cinematografia Wilkie Cooper
Edição Tom Simpson
Distribuição Hammer Film Productions
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

One Million Years B.C. (br: Um milhão de anos antes de Cristo) é um filme britânico de 1966, do gênero aventura, dirigido por Don Chaffey.

O filme foi produzido pelo estúdio inglês Hammer, e é um remake do original de 1940 One Million B.C.. Os efeitos especiais foram de Ray Harryhausen, um mestre da animação quadro-a-quadro (stop motion).

O filme é fantasioso na medida em que coloca na mesma época seres humanos e dinossauros. Os gigantescos animais desapareceram a pelo menos 64 milhões de anos antes da data indicada no título. Na data aludida, aliás, avalia-se ter existido o Homo erectus, uma das ramificações de onde se originou o homem moderno.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Tumak, um homem das cavernas caçador, é banido de sua tribo que vive na base de um vulcão, por causa de uma briga com seu pai, o animalesco líder Akoba. Vagando sem destino e correndo grandes perigos, ele acaba sendo socorrido por uma tribo com aparência nórdica, de cabelos loiros. Essa tribo vive diferente da de Tumak, pois respeita a opinião dos velhos e mulheres, além de pescar e plantar. Onde Tumak vivia, só os mais fortes contam.

Tumak conhece uma nova arma, uma lança mais eficaz, e resolve voltar com isto para a sua tribo e desafiar Akoba. A mulher Loana decide seguí-lo. Quando Tumak chega onde está sua tribo, ele percebe que seu irmão é quem se tornou o novo líder. E ele é tão brutal quanto seu pai.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Actor Role
Raquel Welch Loana
John Richardson Tumak
Percy Herbert Sakana
Robert Brown Akhoba
Martine Beswick Nupondi
Jean Wladon Ahot

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Quando o povo nórdico é atacado por uma tartaruga gigante, uma mulher grita "Archelon", que é o nome científico real do animal.
  • As locações foram em Lanzarote e Tenerife, nas Ilhas Canárias.
  • Esta foi tida como a centésima produção da Hammer, mas na verdade não era.
  • O filme usou duas criaturas vivas: um iguana e uma tarântula, que em cena parecem gigantescos.
  • Pôsteres com Raquel Welch como uma sensual mulher das cavernas fixaram essa imagem como uma das mais conhecidas internacionalmente nos anos 60. Foi o último cartaz na parede da cela do personagem Andy no filme The Shawshank Redemption.
  • O Título do filme foi satirizado em um episódio da série Total Drama Action. Foi sátirizado como Um Milhão de Doláres antes de Chris.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]