One in a Million (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
One in a Million
Álbum de estúdio de Aaliyah
Lançamento Estados Unidos 27 de Agosto de 1996
2004 (Edição especial)
Gravação Novembro de 1995 – Julho de 1996
Gênero(s) Contemporary R&B
Neo soul
Duração 73:19 (Versão Original)
76:58 (Relançamento de 2004)
Gravadora(s) Blackground/Atlantic
92715
Produção B-Jay, Carl-So-Lowe,
J. Dibbs, Jermaine Dupri, Missy Elliott, Kay Gee, Rodney Jerkins, Craig King, Darren Lighty, Darryl Simmons, Timbaland
Certificação 2× Platina (RIAA)
Cronologia de Aaliyah
Age Ain't Nothing but a Number
(1994)
Aaliyah
(2001)
Singles de One In A Million
  1. "If Your Girl Only Knew"
    Lançamento: Junho de 1996
  2. "One in a Million"
    Lançamento: Outubro de 1996
  3. "Got To Give It Up"
    Lançamento: Dezembro de 1996
  4. "4 Page Letter"
    Lançamento: Março de 1997
  5. "Hot Like Fire"
    Lançamento: Junho de 1997
  6. "The One I Gave My Heart To"
    Lançamento: Agosto de 1997
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas. [1]
Robert Christgau Rating-Christgau-choice-cut.png [2]
Los Angeles Times 3.5 de 4 estrelas. [3]
Q 3 de 5 estrelas. [4]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas. [5]
Slant Magazine 3.5 de 5 estrelas. [6]
Vibe (favorável) [7]

One in a Million é o segundo álbum de estúdio da cantora americana Aaliyah, lançado pela Blackground e Atlantic Records em 27 de Agosto de 1996, nos Etados Unidos. Foi notável por ser o primeiro bem sucedido e por ser a primeira principal referência nas carreiras de produtores/compositores de Missy Elliott e Timbaland, os quais produziram e escreveram a maioria do álbum. Outros produtores incluem Rodney "Darkchild" Jerkins, Jermaine Dupri, e Kay Gee, com Jomo e Barry Hankerson como produtores executivos.

O álbum trazia os singles "One in a Million", "Hot Like Fire," "The One I Gave My Heart To," "If Your Girl Only Knew" e "4 Page Letter." One in a Million vendeu mais de 12 milhões de cópias em todo o mundo. Em março de 2004 o álbum foi relançado na Alemanha com um bônus track, "Come Over". Apesar dessa versão do álbum ser lançada somente na Alemanha, fãs fora dela puderam ouvir esta música em todas as versões do Greatest Hits de Aaliyah, I Care 4 U.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Sucesso comercial[editar | editar código-fonte]

One in a Million não foi um sucesso comercial instantâneo; devido ao som sendo tão diferente do que era popular para o gênero na época. O álbum estreou no número 20 da parada Billboard 200. Em sua 22ª segunda semana na parada o álbum atingiu o número 18. O álbum foi certificado Ouro pela RIAA em 23 de Outubro de 1996; mais de 500.000 cópias enviadas às lojas. Em 5 de Fevereiro de 1997, foi certificado Platina com mais de 1.000.000 cópias enviadas; se tornando, na época, seu segundo álbum de platina. Em 16 de Junho de 1997, o álbum foi certificado 2x Platina, com mais de 2 milhões de cópias enviadas. Após a morte de Aaliyah, One in a Million retornou para a Billboard 200, e para a Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums americana. Durante esta época o álbum também chegou ao topo da Top Catalog Albums por 12 semanas. Até hoje, vendeu mais de 3.7 milhões de álbuns no país.[8][9][10][11][12][13][14][15] O álbum deu à Aaliyah mais dois hits número um na parada Billboard Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks americana. Foi um sucesso internacional para o gênero, com vendas mundiais de 8 milhões até 2008.[8]

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Título Produtor(es) Escritor(es) Duração
1. "Beats 4 da Streets (Intro)" (featuring Missy Elliott) Timbaland 2:10
2. "Hot like Fire" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:23
3. "One in a Million" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:30
4. "A Girl Like You" (featuring Treach) Kay-Gee & Darren Lighty Kay Gee, Darren Lighty 4:23
5. "If Your Girl Only Knew" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:50
6. "Choosey Lover (Old School/New School)" Vincent "V.H." Herbert & Rashad Smith (produção adicional e remix) O'Kelly Isley, Jr., Rudolph Isley, Ronald Isley, Vernon Isley, Chris Jasper 7:07
7. "Got to Give It Up" (featuring Slick Rick) Vincent "V.H." Herbert & Craig King Marvin Gaye 4:41
8. "4 Page Letter" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:52
9. "Everything's Gonna Be Alright" Rodney "Darkchild" Jerkins Rodney "Darkchild" Jerkins, Japhe Tejeda 4:50
10. "Giving You More" J. Dibbs J. Dibbs 4:26
11. "I Gotcha' Back" Jermaine Dupri & Carl-So-Lowe Jermaine Dupri & Carl-So-Lowe 2:54
12. "Never Givin' Up" (featuring Tavarius Polk) Vincent "V.H." Herbert & Craig King Monica Bell, Craig King, Monica Payne 5:11
13. "Heartbroken" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:17
14. "Never Comin' Back" Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:06
15. "Ladies in da House" (featuring Missy Elliott and Timbaland) Timbaland Timbaland, Missy Elliott 4:20
16. "The One I Gave My Heart To" Daryl Simmons Diane Warren 4:30
17. "Came to Give Love (Outro)" (featuring Timbaland) Timbaland 1:40
18. "No Days Go By" [Japanese Bonus Track] Vincent "V.H." Herbert, Rheji Burrell, Craig King Craig King, Rheji Burrell, Aaliyah 4:41

Relançamento Alemão[editar | editar código-fonte]

  1. "Come Over "(com Tank) — 3:55

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabela (1996-2001) Melhor
posição
E.U.A. Billboard 200 18[14]
E.U.A. Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums 2[14]
E.U.A. Billboard Top Internet Albums 7[16]
UK Albums Chart 33[17]
Canadian Albums Chart 15
European Albums Chart 47[17]
Japanese Albums Chart 11[17]
Israel Albums Chart 38[17]
Sweden Albums Chart 41[17]
Netherlands Albums Chart 26[17]

Tabelas musicais de fim de ano[editar | editar código-fonte]

Tabela de fim de ano (1996/1997) Posição
E.U.A. Billboard 200 1996 175[18]
E.U.A. Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums 1996 60[18]
E.U.A. Billboard 200 1997 44[19]
E.U.A. Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums 1997 10[19]

Referências

  1. One in a Million (álbum) (em inglês) no Allmusic
  2. «Robert Christgau review». Robertchristgau.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  3. «Los Angeles Times review». Articles.latimes.com. 30 de agosto de 2001. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  4. «Q review». Cduniverse.com. 16 de outubro de 2007. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  5. «Rolling Stone review». Books.google.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  6. «Slant Magazine review». Slantmagazine.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  7. «Vibe review». Books.google.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  8. a b Simmonds 2008, p. 454
  9. «Recording Industry Association of America». RIAA. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  10. «Aaliyah a nueve años de su muerte - Univision Música». Musica.univision.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  11. «Cópia arquivada». Consultado em 6 de julho de 2010.. Arquivado do original em 6 de setembro de 2007 
  12. http://www.billboard.com/#/charts/catalog-albums?chartDate=2001-09-15
  13. http://www.billboard.com/#/charts/r-b-hip-hop-albums?chartDate=1997-02-01
  14. a b c «Music Albums, Top 200 Albums & Music Album Charts». Billboard. Consultado em 12 de outubro de 2010. 
  15. , . (6 de setembro de 2001). «Álbum de Aaliyah chega ao topo da "Billboard" (in portuguese)». O Estado de S. Paulo. Grupo Estado. Consultado em 14 de outubro de 2010. 
  16. «Aaliyah Album & Song Chart History». All Music. Consultado em 28 de setembro de 2010. 
  17. a b c d e f «Aaliyah». Chart Stats. Consultado em 15 de novembro de 2011.. Cópia arquivada em 25 de maio de 2012 
  18. a b «Billboard - Google Livros». Books.google.com. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
  19. a b «Billboard - Google Livros». Books.google.com. 3 de janeiro de 1998. Consultado em 15 de novembro de 2011. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Aaliyah é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.