Onimusha 2: Samurai's Destiny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Onimusha 2: Samurai's Destiny
Produtora Capcom
Editora(s) Capcom
Plataforma(s) PlayStation 2
Data(s) de lançamento Estados Unidos agosto de 2002
Gênero(s) Ação, Aventura
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação ESRB: Mature
Média DVD
Controles Gamepad

Onimusha 2: Samurai's Destiny (em Língua japonesa|japonês:武者2 :サムライの運命) é um jogo exclusivo para PlayStation 2, produzido pela Capcom. Foi lançado em agosto de 2002 nos Estados Unidos.

O personagem principal, diferente do primeiro jogo, é Yagyuu Jubei. O contexto de Onimusha 2 ocorre 13 anos após o primeiro jogo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O líder do clã Yagyu, Jubei Yagyu, saiu em mais uma de suas viagens solitárias de treinamento. Tempo depois Jubei recebeu a noticia de que todo o seu vilarejo tinha sido queimado e todas as pessoas mortas. Jubei jura vingança a quem queimou o vilarejo. Quando chegou na porta de sua casa começou a ouvir uma voz chamando seu nome. Jubei seguiu a voz, aonde encontrou uma mulher chamada Takajo, Essa mulher lhe da uma marca na mão que é capaz de absorver as almas dos demônios . Para deter o homem que queimou o vilarejo, Nobunaga Oda, Jubei iria precisar coletar cinco esferas que protegem os humanos dos demônios. Também é revelado que Takajo e sua mãe.

Plataformas[editar | editar código-fonte]

Onimusha 2: Samurai's destiny, foi liberado exclusivamente para o console da Sony, Playstation 2. É possível emular o jogo em uma computador usando o emulador de Playstation 2.

Amizade[editar | editar código-fonte]

Para criar amizades com os personagens ajudantes de Jubei, o jogador terá que lhe dar presentes, dependendo da reação do personagem ao receber um presente, o jogador ganha um item bom ou um item ruim em troca do objeto trocado.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Jubei Yagyu: O protagonista do segundo jogo da série Onimusha, tem cabelos negros, usa a armadura de seu clã e inicialmente a espada Yagyu. Jubei tem sangue humano e oni, por isso, diferentemente de Samanosuke Akechi o protagonista do primeiro jogo, ele não absorve as almas dos demônios com um bracelete oni, e sim a marca que sua mãe lhe deu na palma de sua mão. No inicio Jubei acha quem quem incendiou o vilarejo foi Takajo, mas depois descobre que foi Nobunaga Oda.

Magoichi: Magoichi Saiga, um homem que diferente de Jubei, usa duas pistolas ou uma espécie de rifle. Magoichi, dependendo de seu nível de amizade com Jubei, libera novos capítulos de história, sendo nesses capítulos Magoichi ajudando ou conversando com Jubei.

Ekei: Ekei um homem gordo careca também pode se tornar ajudante de Jubei dependendo do nível de amizade, Ekei e Magoichi estão constantemente em conflito, e as cenas se alteram dependendo se o jogador der presentes a Ekei ou a Magoichi.

Kotaro: Kotaro Fuma, um jovem ninja que se tiver um nível de amizade alto com Jubei é o mais presente na história do jogo. Kotaro tira Jubei de algumas enrascadas e libera o jogador de lutar com alguns inimigos.

Kotaro está constantemente a suspeitar de Oyu, uma mulher com passado misterioso que se aproxima de Jubei durante a história do jogo.

Oyu: Oyu é uma mulher com um passado misterioso, se aproxima de Jubei após ser salva pelo mesmo. Dependendo do nível de amizade com o jogador, Oyu se apaixona por Jubei. Ao desenrolar da história se descobre que Oyu é irmã do rival de Jubei, Nobunaga Oda.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Onimusha 2 foi lançado originalmente no Japão em 7 de março de 2002, seguindo-se os lançamentos na América do Norte em 27 de agosto e na Europa em 4 de Outubro. O jogo também foi re-lançado junto com Onimusha: Warlords e Onimusha: Demon´s Siege em 2008 na compilação Onimusha Essentials.[1]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Onimusha 2 foi um sucesso comercial no Japão. Em abril de 2002, a Capcom anunciou que vendeu mais de um milhão de cópias no Japão com vendas mais rápidas do que o seu antecessor.[2] Durante esse ano, ele também foi o terceiro jogo mais vendido no país. Em maio de 2008, tem vendeu mais de 1,9 milhões de cópias em todo o mundo.[3] O vice-presidente de planejamento estratégico da Capcom, Christian Svensson referiu-se Onimusha 2 e seu antecessor como um dos seus títulos de maior sucesso. No entanto, a equipe observou que teve vendas fracas na Europa. Como resultado, eles tentaram apelar para os fãs europeus, acrescentando tons mais ocidentais para seu próximo trabalho, Onimusha 3:. Demon Siege.[4]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Antes de seu lançamento, a IGN premiou o game como o "Melhor Jogo de Aventura" da E3 2002 para o PlayStation 2.[5]

Onimusha 2 recebeu elogios por sua jogabilidade e apresentação e também tem sido elogiado por reter os elementos de ação de seu antecessor e agregando ao valor replay. No entanto, o uso do dpad em vez do analógico esquerdo do joystick para controlar Jubei tem sido alvo de críticas dos jogadores por terem dificuldades para se acostumar com a jogabilidade.

No que diz respeito à apresentação, a recepção foi bem mista. Os gráficos foram bem recebidos por suas atraentes cenas de CGI , bem como os modelos dos personagens. Apesar de achar o enredo muito semelhante ao de Warlords, Greg Kasavin do GameSpot elogiou a apresentação do jogo para equilibrar ação e as cutscenes. No entanto, ele criticou a falta de seu áudio original em japonês deixando os jogadores para ouvir uma dublagem inglêsa que foi considerada como "medíocre".

a IGN o listou como o 45 melhor jogo de PlayStation 2.[6] a GameSpot também listou como um candidato na categoria de "Melhor Jogo de Ação e Aventura" em 2002.[7] a GamesRadar listou Onimusha 2 como um dos títulos que mereciam ser relançados em uma coleção HD.[8] No Japan Game Awards de 2001 e 2002, Onimusha 2 recebeu o "Prêmio de Excelência".[9]

uma curiosidade o rosto de jubei foi caracterizado pelo ator japones Yûsaku Matsuda de chuva negra de 1989 que morreu apos as filmagens de cancer na bexiga

Referências

  1. Bailey, Kat (August 12, 2008). "Capcom Reveals Onimusha Essentials Collection". 1UP.com. Ziff Davis. Retrieved September 1, 2013
  2. "Onimusha 2 Ships 1,000,000". IGN. April 1, 2002. Retrieved August 29, 2013
  3. Reily, Jim (October 18, 2010). "Onimusha, Dino Crisis Franchises Not Dead". IGN. Retrieved August 29, 2013
  4. "ON THE CUTTING EDGE". 1UP.com. Retrieved August 28, 2013
  5. "IGNPS2's Best of E3 2002 Awards". IGN. May 29, 2002. Retrieved August 29, 2013.
  6. 45. IGN. Visitado em August 30, 2013.
  7. Best Action Adventure Game GameSpot. Visitado em August 31, 2013.
  8. Reparaz, Mikel (June 20, 2012). 15 HD collections we (still) want to happen GamesRadar. Visitado em August 31, 2013.
  9. GAME AWARDS 2001-2002 Awarded Games Japan Game Awards. Visitado em August 31, 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.