Onisaburo Deguchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Onisaburo Deguchi
Nascimento 上田喜三郎
21 de agosto de 1871
Província de Tanba
Morte 19 de janeiro de 1948
Cidadania Japão
Cônjuge Sumiko Deguchi
Filho(s) Naohi Deguchi, Hisae Deguchi
Alma mater
  • Kōten Kōkyūjo
Ocupação líder religioso, esperantista, oleiro, tanka poet, ceramista
Religião Oomoto

Onisaburo Deguchi (em japonês: 出口 王仁三郎, Deguchi Onisaburō), cujo nome dado ao nascer era Kisaburo Ueda (上田 喜三郎 Ueda Kisaburō?), foi um religioso japonês. Cofundador da Oomoto. Nasceu em 1871, em Anao, próximo a Kameoka, província de Quioto.

Casou-se com Sumiko Deguchi , filha de Nao Deguchi, entrando para família Deguchi.

Como grande médium clarividente, recebeu as revelações de Deus e estabeleceu a base da doutrina. Organizou o movimento oomotano. É reverenciado com o nome de “Santo Mestre”, em japonês Seishi (聖師).

São abundantes suas obras de pintura, caligrafia, cerâmica, construção de jardins e arquitetura. Autor dos Contos do Mundo Espiritual (81 volumes), Obras de Onisaburo (oito volumes), Poemas (principalmente tanka, em 10 volumes) etc.

Introduziu o Esperanto na Oomoto em 1923. Em 1925 fundou a organização Universala Homana Asocio – Associação Universal de Amor e Fraternidade.

Por duas vezes sofreu severa perseguição policial por ordem do governo japonês; principalmente por ocasião do Segundo Caso Oomoto (iniciado em 1935), esteve preso durante sete anos. Após esses fatos, reorganizou o movimento.

Faleceu em 1948.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Onisaburo Deguchi

Site da Oomoto da América do Sul

Site da Oomoto do Japão (em inglês)

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.