Oomph!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2016)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Disambig grey.svg Nota: Para o álbum de estréia do grupo, veja Oomph! (álbum).
Oomph!
Oomph vollständige band.jpg
Informação geral
Origem Wolfsburg
País  Alemanha
Gênero(s) Rock industrial
Metal industrial
Neue Deutsche Härte
EBM
Período em atividade 1989 - atualmente
Gravadora(s) Gun Records
Sony BMG
Integrantes Dero Goi
Robert Flux
Andreas Crap
Dero, vocalista e lider da banda.

Oomph! é uma banda alemã de metal industrial formada em 1989, que nunca teve troca de membros.

É uma banda de apenas três integrantes: Dero (vocal e bateria), Flux (guitarra e sampling) e Crap (guitarra e teclados). Eles se encontraram no ano de 1989 em Wolfsburg, cidade sem tradição musical, mais conhecida pela matriz da Volkswagen.

A música do trio não se presta facilmente a rótulos. É uma mistura de gótico, metal, hard-rock e outros gêneros mais ou menos "sombrios", que caracterizam toda uma vertente do rock mundial.

Influência sobre Rammstein e escândalos[editar | editar código-fonte]

Lançado em 1992, o primeiro álbum da banda (Oomph!) foi considerado a revelação do ano. A banda fez sucesso até nos Estados Unidos, onde o disco chegou ao terceiro posto na parada das rádios universitárias.

Com isto eles abriram o caminho para que outras bandas alemãs ficassem conhecidas internacionalmente, inclusive Rammstein, que não esconde ter sido influenciada pela música de Oomph!.

A trajetória artística de Oomph! está marcada por vários escândalos. O vídeo do single Sex! foi boicotado pela MTV por mostrar um casal de idosos fazendo sexo. O cartaz deste mesmo single, exibindo um pênis, foi considerado de mau gosto pelo Conselho Alemão de Publicidade.

Oito álbuns em doze anos[editar | editar código-fonte]

O ecletismo de Oomph! ficou evidente nos dois álbuns seguintes: Sperm (Esperma, 1993) e Defekt (Defeito, 1995). As músicas abordam diversos gêneros como metal eletrônico, industrial e metal dançante, mas não se limitam a nenhum deles.

A partir do álbum Wunschkind (Filho desejado, 1996) a banda intensificou suas turnês e participações em festivais na Europa. Em 1998, Oomph! lançou o álbum Unrein (Impuro) com a música Gekreuzigt (Crucificado), o primeiro hit a tocar nos clubes.

O sucesso chegou mesmo em 1999 com o álbum Plastik (Plástico), que contou inclusive com uma canja da musa esotérica alemã Nina Hagen na faixa Fieber (Febre). Com o sétimo álbum Ego (2001), a banda Oomph! chegou aos top 20 e percorreu toda a Europa em turnê com a banda gótica HIM.

Agressivo e irônico[editar | editar código-fonte]

No oitavo álbum Wahrheit oder Pflicht, os três músicos do Oomph! resolveram reciclar a influência dos discos anteriores, a fim de buscar novos caminhos.

"Os textos voltaram a ser agressivos e irônicos, o que nos fez bem depois dos dois últimos álbuns introvertidos", admite o vocalista Dero.

O single Augen auf, com o qual a banda se mantém há sete semanas no topo da parada de sucessos, atesta as marcas características do rock de Oomph!: melodias agressivas, ritmo pungente, arranjos bem cuidados e sons eletrônicos sombrios.

Do ponto de vista temático, Wahrheit oder Pflicht é um disco eclético. Os textos refletem emoções e experiências, como afirmou Dero. Desde o melodrama de relacionamento Wenn du weinst (Quando você chora), passando pela paródia de Nietzsche Tausend neue Lügen (Milhares de novas mentiras) até divagações filosóficas como na faixa Im Licht (Sob a luz).

Em 2012, lançaram seu décimo primeiro álbum intitulado Des Wahnsinns fette beute.

Em julho de 2015, lançaram seu décimo segundo álbum e em comemoração aos 25 anos da banda o álbum se chama XXV. Neste álbum a banda mudou seu estilo, uma temática mais sombria foi adicionada nas canções, algo que foi bem diferente em comparação com os álbuns anteriores.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Formação atual[editar | editar código-fonte]

Artistas de turnê[editar | editar código-fonte]

Ex-membros de turnê[editar | editar código-fonte]

  • Christian "Leo" Leonhardt - bateria, percussão (1994 - 2012)
  • Tobi - baixo, backing vocals (1994 - 2012)
  • Silvestri - bateria (2012 - 2014)
  • El Friede - teclado (2012 - 2016)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio


Álbum de compilação
Coletâneas

Videografia[editar | editar código-fonte]

Videoclipes
  • 1994 - "Sex"
  • 1995 - "Ice-Coffin"
  • 1998 - "Gekreuzigt"
  • 1998 - "Gekreuzigt (Remix)"
  • 1999 - "Das weisse Licht"
  • 1999 - "Fieber (feat. Nina Hagen)"
  • 2001 - "Supernova"
  • 2001 - "Swallow"
  • 2004 - "Niemand"
  • 2004 - "Augen Auf!"
  • 2004 - "Brennende Liebe (feat. L'Âme Immortalle)
  • 2005 - "Sex hat keine Macht"
  • 2006 - "Gott ist ein Popstar"
  • 2006 - "Das letzte Streichholz"
  • 2006 - "Die Schlinge (feat. Apocalyptica)
  • 2006 - "Gekreuzigt 2006"
  • 2006 - "The Power of Love"
  • 2006 - "Träumst Du? (feat. Marta Jandová)
  • 2008 - "Wach Auf!"
  • 2008 - "Beim ersten Mal tut's immer weh"
  • 2008 - "Labyrinth"
  • 2008 - "Auf Kurs"
  • 2009 - "Sandmann"
  • 2012 - "Ernten was wie säen"
  • 2012 - "Zwei schritte vor"
  • 2015 - "Alles aus liebe"


DVDs

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Oomph!
Flag of Germany.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Alemanha, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.