Ooooooh! Norma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ooooooh! Norma
Álbum de estúdio de Norma Benguell
Lançamento 1959
Gravação 1959 (Rio de Janeiro)
Gênero(s) Bossa Nova, MPB
Idioma(s) Português, Inglês, Francês, Espanhol
Formato(s) LP - CD
Gravadora(s) Odeon, EMI
Direção Aloysio de Oliveira
Produção Gaya
Cronologia de Norma Benguell
A Lua De Mel Na Lua - E Se Tens Coração
(195?)
Meia Noite Em Copacabana
(1965)

Ooooooh! Norma foi um disco-experimento lançado pela atriz brasileira Norma Benguell através da gravadora Odeon em 1959.

O Disco[editar | editar código-fonte]

César Villela utilizou uma foto da atriz Norma Benguell, sem o conhecimento ou autorização desta, para ilustrar a capa de um disco de orquestra lançado pela Odeon em 1959.

Norma então ameaçou processar a gravadora, e, como forma de acordo, foi consentido que a atriz gravasse um LP. A grande surpresa do público foi que, de fato, Norma tinha talento como cantora e conseguiu lançar um disco "sussurrante", ao estilo daqueles que Julie London vinha gravando nos EUA para o selo Liberty.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Sucedeu Assim (Marino Pinto)
  2. This Can't be Love (Richard Rodgers - Lorenz Hart)
  3. Eu Sei que Vou te Amar (Antonio Carlos Jobim)
  4. On The Sunny Side of the Street (Dorothy Fields - Jimmy McHugh)
  5. Eu Preciso de Você (Antonio Carlos Jobim - Aloysio de Oliveira)
  6. C'est Si Bon (H. Betti - A. Hornez)
  7. Sente (Chico Feitosa - Ronaldo Bôscoli)
  8. Fever (Jack Devenport - Eddie Cooley)
  9. Hô-Bá-Lá-Lá (João Gilberto)
  10. You Better Go Now (Reichner - Graham)
  11. That Old Black Magic (Arlen - Mercer)
  12. Drume Negrita (Ernesto Grenet)

Texto da Contra-Capa[editar | editar código-fonte]

Na produção normal de uma Fábrica Gravadora, ocasiões se apresentam que nos levam a provar que não existem fronteiras quando se trata de talento.

O disco pode e deve transmitir ao público qualquer tipo de personalidade.

E procura fazer isso somente com o sentido da audição, sem a ajuda de nossa visão e o que "ela" nos pode oferecer de cor e beleza.

Este LP foi providenciado com esta finalidade: procurar captar, unicamente, em som, o talento indiscutível de NORMA BENGUELL.

Confiamos na inteligência e imaginação do ouvinte deste disco, certos de que uma surpresa bastante agradável os espera.

luz de boate

música de boate

ritmos de boate

voz de veludo

voz de mulher

voz de Norma Benguell

...para você

oh! Norma...

- é uma voz sentada ao colo

cantando no seu ouvido -

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]