Operação Rösselsprung

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Operação Rösselsprung (Movimento do Cavalo) foi uma operação conjunta entre a força aérea e tropas terrestres alemãs pelo XV Corpo de Montanha, e seus aliados, contra o Supremo Quartel-general dos Partisans jugoslavos localizados na cidade de Drvar, na região Oeste do Estado Independente da Croácia (parte da actual Bósnia e Herzegovina), durante a Segunda Guerra Mundial. A operação foi lançada em 25 de Maio de 1944, e o objectivo era capturar, ou matar, o marechal Josip Broz Tito, e destruir o seu quartel-general, unidades de apoio e as missões militares dos Aliados. Na história da Jugoslávia ficou conhecida como a Sétima Ofensiva Inimiga (em servo-croata:Sedma neprijateljska ofenziva); o assalto aéreo é referido como Ataque a Drvar (Desant na Drvar).[1]

A operação Rösselsprung foi uma operação tipo coup de main, que envolveu acção directa por tropas aerotransportadas e planadores militares, com base no 500.º Batalhão de Páraquedistas SS em conjunto com o XV Corpo de Montanha. O assalto pelas tropas páraquedistas foi precedido por um forte bombardeamento da cidade de Drvar pela Luftwaffe. As forças terrestres incluíam a Guarda Nacional Croata do Estado Independente da Croácia.[2] [3]

O resultado da operação foi um fracasso,[4] pois Tito, o seu quartel-general e o peesoal militar aliado escaparam, apesar de se encontrarem em Drvar na altura do ataque aéreo. A operação falhou devido a diversos factores, incluíndo a resistência partisan na cidade e na vizinhança de Drvar. A falta de comunicação entre os diferentes serviços de informação alemães, impediu a correcta partilha de dados sobre a localização exacta de Tito, contribuíndo, assim, para o resultado negativo da operação, para além da falta de um plano de contigência por parte do comandante da força aerotransportada alemã.[5]

Referências

  1. Eyre 2006, p. 343.
  2. Eyre 2006, p. 348.
  3. Eyre 2006, pp. 371–376.
  4. Milazzo 1975, p. 170.
  5. Eyre 2006, pp. 366–368.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Jornais[editar | editar código-fonte]

  • Bennett, Ralph (April 1987). «Knight's Move at Drvar: Ultra and the Attempt on Tito's Life, 25 May 1944». Journal of Contemporary History Sage Publications, Ltd. [S.l.] 22 (2): 195–208. doi:10.1177/002200948702200201. 
  • Eyre, Wayne Lt.Col. (Canadian Army) (2006). «Operation RÖSSELSPRUNG and The Elimination of Tito, May 25, 1944: A Failure in Planning and Intelligence Support». The Journal of Slavic Military Studies Routledge, part of the Taylor & Francis Group [S.l.] 19 (2): 343–376. doi:10.1080/13518040600697969. 
  • McConville, Michael (1997). «Knight's move in Bosnia and the British rescue of Tito: 1944». The Royal United Services Institute Journal The Royal United Services Institute [S.l.] 142 (6): 61–69. doi:10.1080/03071849708446212. 
  • Melson, Charles D. (2000). «Red Sun: A German airborne Raid, May 1944». The Journal of Slavic Military Studies Routledge, part of the Taylor & Francis Group [S.l.] 13 (4): 101–126. doi:10.1080/13518040008430462. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]