Orígenes (pagão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Orígenes, o pagão)
Ir para: navegação, pesquisa
Para ver o artigo sobre o filósofo e teólogo cristão, ver Orígenes de Alexandria.

Orígenes, o pagão (séc. III) foi um dos companheiros de Plotino que junto com e Herênio, decidiu manter em segredo as doutrinas de Amônio Sacas, em Alexandria, embora deles somente Plotino - acrescenta Porfírio - tenha mantido o acordo.[1]

Orígenes é mencionado três vezes por Porfírio em A vida de Plotino,[2] onde é tratado muito mais gentilmente do que o cristão Orígenes de Alexandria, a quem Porfírio não simpatizava.[3]Ele também é mencionado várias vezes por Proclo, e é claro que os colegas de Orígenes e Plotino Longino o tratavam respeitosamente.[3]

Orígenes escreveu um tratado Sobre os demônios e outro intitulado Por que somente o rei é poeta, este último de forma parecida com o desenvolvimento de um tema estoico e tendo como problema fundamental o da identidade entre o plasmador e do mundo e o supremo Deus. Parece ter-se ocupado igualmente — se é justo o testemunho de Proclo — de comentários ao Timeu, mas sem tê-los publicado.[4]

Referências

  1. Porfírio A vida de Plotino, iii
  2. Porfírio , A vida de Plotino, iii, xiv e xx.
  3. a b A. H. Armstrong (1 de abril de 1967). The Cambridge History of Later Greek and Early Medieval Philosophy. [S.l.]: Cambridge University Press. pp. 198 – 199. ISBN 978-0-521-04054-9. Consultado em 11 de maio de 2013 
  4. José Ferrater Mora (1994). Diccionario de filosofía. 3. (K - P). [S.l.]: Editorial Ariel, S.A. p. 1799. ISBN 978-84-344-0503-5