Ordem da Visitação de Santa Maria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ordem da Visitação de Santa Maria
 
Ordo Visitationis Beatissimae Mariae Virginis
Brasão Ordem da Visitação de Santa Maria
''Vive Jésus (Viva Jesus!)''
sigla
V.S.M.
Tipo: Ordem religiosa católica
Fundador (a): São Francisco de Sales
Santa Joana Francisca Frémyot de Chantal
Local e data da fundação: Annecy, 1610


Presença: 168 mosteiros em todo o mundo
Membros: Cerca de 3.000 monjas
Atividades: Oração contínua em regime de clausura monástica
Site oficial: www.ordemdavisitacao.com
Portal Catolicismo · uso desta caixa

A Ordem da Visitação de Santa Maria (Latim: Ordo Visitationis Beatissimae Mariae Virginis, sigla V.S.M.) é uma ordem religiosa católica de clausura monástica e de carisma contemplativo fundada por São Francisco de Sales e por Santa Joana Francisca Frémyot de Chantal em 1610.[1][2]

Actualmente, a Ordem da Visitação de Santa Maria possui, a nível mundial, cerca de 3000 religiosas em 168 mosteiros. Estas monjas são comummente chamadas de Monjas Visitandinas ou Salésias.

A Ordem da Visitação está presente em Portugal, desde 1784, mantendo três mos­teiros: em Braga, em Vila das Aves e na Batalha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. DIAS, Virgínia; Visitandinas. Dicionário Histórico das ordens, institutos religiosos e outras formas de vida consagrada católica em Portugal. Lisboa: Gradiva, 2010, pp. 545-547.
  2. Ficha de Ordem Religiosa: Ordem da Visitação de Santa Maria em Base de Dados do Projecto LXCONVENTOS

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Ordem da Visitação de Santa Maria
Ícone de esboço Este artigo sobre catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.