Ordem do Mérito do Ministério da Justiça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
Descrição
País Brasil
Outorgante Presidente da República
Criação 24 de outubro de 2018
Motto Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
Elegibilidade Galardoar pessoas naturais ou jurídicas, corporações militares, instituições civis, nacionais ou estrangeiras que de forma objetiva, prestaram relevantes serviços, contribuindo para o crescimento e fortalecimento do Ministério da Justiça ou dos órgãos a ele vinculados[1]
Estado Ativa
Organização
Grão-Mestre Chefe de Estado
Chanceler Ministro da Justiça
Graus Grã-Cruz (GCOMMJ)
Grande-Oficial (GOOMMJ)
Comendador (COMMJ)
Cavalheiro (CAOMMJ)

A Ordem do Mérito do Ministério da Justiça é uma condecoração criada para homenagear (galardoar) aqueles que tenham prestado notáveis serviços ao Ministério da Justiça ou aos órgãos a ele vinculados, em âmbito nacional ou internacional.[2]

Graus[editar | editar código-fonte]

A Ordem consta dos seguintes graus[2]:

  • Grã-Cruz
  • Grande Oficial
  • Comendador
  • Cavaleiro

Membros dos quadros ordinário e suplementar[editar | editar código-fonte]

Membros desta Ordem na Wikipédia Para atualizar valores (clique aqui).
Categorias da Wikipédia Vagas
Grã-Cruzes da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
0
Grandes-Oficiais da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
0
Comendadores da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
0
Cavaleiros da Ordem do Mérito do Ministério da Justiça
0
Total de vagas
0

De acordo com a Portaria MJ nº 2315/2018, o quadro ordinário é composto por 420 vagas, sendo distribuídas em 80 Grã-Cruzes, 100 Grandes-Oficiais, 110 Comendadores, 130 cavaleiros.[3]

Entre os agraciados constam Michel Temer, Alexandre de Moraes, Torquato Jardim, Dias Toffoli e Raquel Dodge.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ministério da Justiça concede Ordem do Mérito». www.justica.gov.br. Ministério da Justiça. Consultado em 9 de julho de 2020 
  2. a b «Decreto Nº 9536, de 24 de outubro de 2018». www.planalto.gov.br. Palácio do Planalto. Consultado em 9 de julho de 2020 
  3. http://sintse.tse.jus.br/documentos/2018/Nov/27/destaques-museu-historia-educacao-cultura-e/portaria-no-2-315-de-26-de-novembro-de-2018-aprova-o-regulamento-da-ordem-do-merito-do-ministerio-da-justica. Consultado em 9 de julho de 2020  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «Ministério da Justiça concede Ordem do Mérito». www.justica.gov.br. Ministério da Justiça. Consultado em 9 de julho de 2020