Orfeu (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Orfeu
 Brasil
1999 •  cor •  111 min 
Direção Cacá Diegues
Produção Daniel Filho
Paula Lavigne
Roteiro João Emanuel Carneiro
Cacá Diegues
Paulo Lins
Hamilton Vaz Pereira
Hermano Vianna
História Vinícius de Moraes
Baseado em Orfeu da Conceição de Vinícius de Moraes
Elenco Patrícia França
Toni Garrido
Murilo Benício
Zezé Motta
Milton Gonçalves
Isabel Fillardis
Género drama musical
romance
Música Caetano Veloso
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Brasil 23 de abril de 1999[1]
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Orfeu é um filme brasileiro de 1999, do gênero drama musical e romance, dirigido por Cacá Diegues e estrelado por Toni Garrido e Patrícia França.

O roteiro é baseado na peça Orfeu da Conceição, do poeta Vinícius de Moraes, adaptada por João Emanuel Carneiro, Cacá Diegues, Paulo Lins, Hamilton Vaz Pereira e Hermano Vianna. A trilha sonora é de Caetano Veloso. O filme retrata a lenda grega de Orfeu e Eurídice, inserindo-a no contexto moderno do Rio de Janeiro durante o Carnaval.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O enredo é inspirado na mitologia grega, na história de Orfeu e Eurídice. A adaptação ambientou a obra no Brasil, em uma favela do Rio de Janeiro, na época do Carnaval e é uma história romântica sobre o amor impossível de Orfeu, um compositor de escola de samba, e a jovem e bela Eurídice. O amor entre eles é puro e verdadeiro, mas impedido de acontecer por Lucinho, chefe do tráfico local, obcecado pela jovem, que perseguirá o casal.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Toni Garrido Orfeu da Conceição
Patrícia França Eurídice
Murilo Benício Lucinho
Isabel Fillardis Mira
Milton Gonçalves Inácio
Zezé Motta Conceição
Cássio Gabus Mendes Rodrigo Silva
Castrinho Oswaldo
Maria Ceiça Carmem
Maurício Gonçalves Paulo César (PC)
Eliezer Motta Stallone
Regininha Poltergeist Renata
Sérgio Loroza Coice
Mary Sheila Be Happy
Patrícia Costa Lurdes
Lúcio Andrey Piaba
Ed Oliveira Paraíba
Ivan de Albuquerque He-Man
Sílvio Guindane Maicon
Léa Garcia Mãe do Maicon
Yuri Krushewsky Ruço
Nelson Sargento ele próprio
Caetano Veloso ele próprio

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia tem o

Associação Paulista de Críticos de Arte

  • Melhor fotografia - Affonso Beato (Venceu)

Festival Internacional de Cinema de San Sebastián

  • Golden Seashell - Carlos Diegues (Indicado)

Motion Picture Sound Editors

  • Melhor Edição de Som (Indicado)

Grande Prêmio Cinema Brasil

Festival Internacional de Cinema de Cartagena

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Filme confirma mito, diz Caetano Veloso». Folha de São Paulo. 23 de abril de 1999. Consultado em 21 de outubro de 2017 
  2. http://www.imdb.com/title/tt0183613/awards?ref_=tt_awd

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]