Original Vampires (The Vampire Diaries)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Logotipo do spin-off.

Os Vampiros Originais são os primeiros vampiros de todo o mundo a partir do qual, todos os vampiros atuais descendem no universo de ficção de The Vampire Diaries e de seu spin-off The Originals. Eles foram criados há mil anos atrás, por meio de um ritual de sangue oculto realizado por sua mãe Esther, uma das bruxas mais poderosas da época, devido a morte de Henrik, o filho mais novo de Esther morto por lobisomens da vila onde moravam. Ela transformou seu marido Mikael e seus filhos Finn, Elijah, Niklaus, Kol e Rebekah com intuito de torná-los mais fortes e mais rápidos que os lobisomens, mas muitos imprevistos da transformação ocorreram, a sede de sangue, por exemplo.

Membros[editar | editar código-fonte]

Mikael[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Sebastian Foi Mikael
    Sebastian Roché (The Vampire Diaries: Recorrente 3ª temporada / The Originals: Recorrente 1ª-2ª temporada)
  • Isaiah Stratton (Jovem) (The Originals: Participação 2ª temporada)

Mikael é o pai da Família Original.

Quando Mikael e Esther moravam na Europa, eles tinham apenas dois filhos que eram Freya e Finn. Mikael amava sua filha tanto, a ponto de nomear a sua espada com o nome de sua garotinha, para que ele sempre se lembrasse pelo que lutava toda vez que fosse à guerra.

Em um certo dia, Mikael retornou de uma longa guerra e soube que sua preciosa Freya havia supostamente morrido por uma doença. E por esse motivo, ele, Esther e Finn mudara-se para o Novo Mundo, para fugir da praga.

No Novo Mundo, eles instalaram-se em uma vila de lobisomens, onde viveram tranquilamente por anos. Mikael e Esther tiveram outros filhos: Elijah, Niklaus, Kol, Rebekah e Henrik. Mas após a perda de Freya, Mikael se tornou um homem frio e severo com os filhos. Principalmente com Niklaus.

Quando todos viraram vampiros, veio a sede de sangue e Niklaus matou pela primeira vez. Isso ativou sua maldição do lobisomem, revelando que Klaus na verdade era filho de um lobisomem com Esther. Isso deixou Mikael ainda mais furioso. obrigando Esther a fazer um ritual que iria suprimir a parte lobisomem de Klaus.

Após a morte de Esther, a família Original se espalhou pelo mundo, tendo o próprio pai caçando-os para matar. Klaus principalmente, pelo fato deste último ter matado a mãe.

Mikael foi preso em um caixão pela mãe de Bonnie, Abby Bennett, quando ele veio para Mystic Falls à procura de Elena quando ela ainda era uma criança. Ele queria matar a Doppelgänger/Duplicata Petrova, a fim de evitar que Klaus quebrasse a maldição e criasse um exército de híbridos. Katherine o despertou para obter informações sobre como matar Klaus.

Klaus acabou matando Mikael em uma série bizarra de eventos que deveriam ter resultado na morte do próprio Klaus. Quando os originais realizaram uma comemoração, a fim de apresentar-se à comunidade de Mystic Falls, eles usam o sobrenome "Mikaelson", como uma homenagem a Mikael.

Ironicamente, Klaus também se refere a si mesmo como Mikaelson, apesar de seu profundo ódio a Mikael.

Mais tarde, com o Outro Lado (purgatório sobrenatural) em colapso, Mikael é ressuscitado por Davina, ainda com o desejo de matar Klaus. Na 2ª temporada de The Originals, Mikael aparece para Elijah e posteriormente confronta e quase mata Klaus. Ele alia-se com sua esposa Esther e seu filho Finn e prometeu não parar até matar Klaus e seus aliados.

Mikael e Esther são então desidratados para serem usados em uma mágica sacrificial feita por Finn, para que este pudesse canalizar o poder dos pais. Mais tarde, Mikael é reavivado por Freya e forma uma aliança com Klaus para matar Dahlia, uma grande ameaça para ambos. Depois de falhar no objetivo, Mikael é executado por Klaus na frente de Freya.

Esther Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Alice Evans (The Vampire Diaries: Recorrente 3ª temporada / The Originals: Participação 2ª temporada)
  • Sonja Sohn (Possuindo Lenore Shaw) (The Originals: Recorrente 2ª temporada)
  • Natalie Dreyfuss (Possuindo Cassie) (The Originals: Recorrente 2ª temporada)
  • Hayley McCarthy (Jovem) (The Originals: Participação 2ª temporada)
Alice Evans é a Bruxa Esther.

Esther é a Mãe da família original.

Ela não era uma vampira, mas sim uma bruxa poderosa. Era a aprendiz de uma das bruxas mais poderosas do mundo, Ayanna (ancestral das bruxas Bennett) durante seus primeiros anos na América. Esther foi responsável por transformar sua família em vampiros. Ela fez isso com a invocação da vida do sol e da imortalidade da árvore de Carvalho Branco, em seguida, fez seu marido e seus filhos beberem o sangue de Tatia Petrova. Por último, Mikael os matou. É chamada de "A Bruxa Original" em referência ao fato de que ela é a bruxa que faz parte da família Original.

Esther foi morta por Klaus no século X, porque ela usou seus poderes para suprimir as habilidades de lobisomem do filho, ligando-as a Pedra da Lua através do uso de uma maldição, e por virar as costas para seu filho quando ele mais precisava dela.

Esther volta à vida durante a 3ª temporada de The Vampire Diaries, quando foi despertada por Bonnie e Abby Bennett. Esther tenta matar todos os seus filhos vampiros, a quem ela agora acredita serem abominações depois de ver muitas brutalidades que eles causaramao longo de mil anos. Ela obtém a ajuda de seu filho Finn, que estava disposto a ser sacrificado, para poder acabar com a dor que os irmãos traziam para o mundo. Esther também busca a ajuda de Bonnie Bennett e sua mãe Abby (descendentes da bruxa poderosa Ayanna), canalizando seus poderes e sua linhagem, para obter mais poder para realizar o feitiço que vai matar seus filhos. No entanto, o filho de Esther, Elijah descobre sobre o plano, e junta-se com seus irmãos para forçar os irmãos Salvatore a evitar que sua mãe mate a família e sequestra Elena, ameaçando matá-la se os Salvatore não pararem Ester. Damon acaba transformando a mãe de Bonnie em uma vampira, que quebra a conexão de suas habilidades de bruxa e assim destrói o feitiço. Esther então foge de Mystic Falls para não ser morta por sua família.

Ainda na terceira temporada, no episódio "Heart of Darkness", Esther retorna à Mystic Falls. Ela diz a Rebekah que ela estava morrendo e queria ver a filha pela última vez. No entanto, ela não tinha segundas intenções. Ela pega as mãos de Rebekah, e realiza um feitiço para trocar de corpo com Rebekah, usando-a como uma cobertura para a segurança. Esther estava desesperada para ficar a salvo de Klaus e seus outros filhos originais que querem vê-la morta depois de saber de seus planos para matá-los e acabar com a raça dos vampiros. Depois de retornar ao seu próprio corpo, foi morta pelo estado normal de Alaric, mas não antes de ela realizar com sucesso o ritual de transformar Alaric em um Vampiro Original, porém maus poderoso do que os outros, assim sendo capaz de matá-los.

Seu corpo foi colocado de volta em seu caixão por Klaus.

Posteriormente ela aparece no final da 1ª temporada de The Originals, posuindo o corpo da jovem bruxa Cassie, junto com seus filhos Finn e Kol (ambos em corpos de bruxos), na tentativa de convencer Klaus, Elijah e Rebekah, de desistirem de suas vidas imortais e se tornarem mortais novamente. Ela representa indiretamente uma ameaça à filha de Klaus, Hope Mikaelson. Em um confronto com Klaus, ela é morta com sangue de vampiro no organismo, já no corpo da bruxa Lenore Shaw. Esther então completa a transição e conhece Freya Mikaelson, a filha que ela foi obrigada a deixar para trás em troca de fertilidade. Ela também descobre a existência de Hope e que sua irmã Dahlia está a caminho.

Mais tarde, depois de Freya ser aceita pelas bruxas fora do French Quarter, ela destrói o corpo de Lenore, o qual sua mãe habitava, em vingança devido a Esther ter dado Freya para Dahlia quando ela era uma criança. No fim da 2ª temporada de The Originals, Esther volta a vida em seu corpo original e é forçada a participar do plano de seus filhos para matar sua irmã, Dahlia. Depois de implorar para Dahlia acabar com seus crimes, Esther permite ser morta junto a ela, por Klaus. Após a morte, Esther ganha o perdão de Dahlia e presumindo encontra a paz.

Freya Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Riley Voelkel (The Originals: Recorrente 2ª temporada, Regular 3ª temporada - presente)
  • Elle Graham (Criança)

Freya é a primeira filha de Esther e Mikael. Ela não é uma vampira, mas sim uma bruxa extremamente poderosa. Freya foi levada pela sua própria tia, Dahlia, irmã mais velha de Esther, devido sua mãe ter feito um pacto para engravidar, para isso era necessário dar um de seus filhos, porém Esther inventou que Freya foi morta por uma praga que tinha atingido sua terra natal. A suposta morte de Freya foi a razão dos Mikaelson de se mudarem para o novo mundo (América).

Ela passou boa parte da vida com sua tia, que a ensinou como ser uma bruxa poderosa, mas depois de um tempo, Freya conseguiu escapar de Dahlia.

Freya ainda está viva graças ao feitiço realizado por Dahlia, que coloca as duas em um sono de cem anos, onde acordam por apenas um ano de envelhecimento e com sua magia renovada e mais forte.

Freya foi mencionada pela primeira vez na 3ª temporada de The Vampire Diaries, além de ser vista pela primeira vez na 2ª temporada de The Originals, atrávez de flashbacks de quando era criança. Mais tarde, ela apareceu novamente em um asilo de bruxas, onde havia sido presa junto com outras no ano de 1914, por terem ajudado Kol em seus planos. Foi revelado então que além de viva, Freya sabia da existência de seus irmãos em Nova Orleans e queria conhecê-los. Ela cria um laço com Rebekah mostrando-se muito poderosa, salvando a irmã e em seguida removendo o feitiço que as aprisionavam no asilo.

Mais tarde, Freya procura seu irmão Finn com o objetivo de ambos matarem a filha de Klaus, Hope Mikaelson, para então impedir a volta da tia Dahlia. Em um confronto, depois de conhecer Klaus pela primeira vez, Freya remove o espírito de seu irmão Finn do corpo do bruxo Vincent, isso através do poder de seu talismã. Ela afirma então que não fará mal à Hope e se reúne com os irmãos Klaus e Elijah, explicando toda sua trajetória e convivência com sua tia Dahlia.

Posteriormente, Freya ajuda os irmãos a acabar com o espírito de Eva Sinclair, uma bruxa cujo corpo estava sendo habitado por Rebekah. Logo após, Freya encontra Esther pela primeira vez em séculos e a mata, em vingança devido a Esther ter dado Freya para Dahlia quando ela era uma criança. Mais tarde, Freya reúne-se depois de muito tempo com sua tia Dahlia, que ironiza os esforços de Freya de reconectar-se com sua família e ameaça acabar com todos. Freya se junta com Klaus, Elijah e Mikael, em um plano de matar Dahlia, mas todos são derrotados. Após a falha na execução do plano, Klaus mata Mikael na frente de Freya, que lamenta a morte do pai.

Logo após, Freya e Hope são sequestradas por Dahlia, mas conseguem ser resgatadas por Elijah. Freya descobre que para matar sua tia seria necessário o sangue da bruxa que mais magoou Dahlia. Os Mikaelson então enganam Davina, que tentava ressuscitar Kol, e trazem Esther de volta a vida, em seu corpo original. Dahlia novamente sequestra Freya, mas na tentativa de matá-la é impedida por Klaus, Elijah, Rebekah e Esther. Esther salva seus filhos neutralizando a magia de sua irmã, permitindo Freya abrir o caminho para Klaus matar Esther e Dahlia. Finalmente livre, Freya é aceita por sua família, incluindo Klaus, que pede a ela ajuda para cuidar de Hope. Ela também cura o corpo de Eva Sinclair, permitindo que Rebekah pudesse voltar a ele e assim ter a chance de uma vida normal.

Após alguns meses de paz na comunidade sobrenatural de Nova Orleans, Freya faz de tudo para proteger sua família diante do conflito entre os primeiros vampiros gerados pelo seus irmãos Klaus, Elijah e Rebekah, e a guerra entre as linhagens.[1]

Finn Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Caspar Zafer (The Vampire Diaries: Recorrente 3ª temporada / The Originals: Recorrente 3ª temporada)
  • Voltaire Colin Council (Jovem)
  • Cade Weeks (Criança)
  • Yusuf Gatewood (Possuindo Vincent Griffith) (The Originals: Participação 1ª temporada, Regular 2ª-3ª temporada)

Finn é o segundo filho mais velho da família original.

Ao contrário da maioria de seus irmãos, ele é aparentemente incomodado com a condição de vampiro. Ele deseja pôr fim o mal que seus irmãos criaram. Assim, Finn concorda com o ponto de vista de sua mãe, de que ele e todos os seus irmãos são abominações e sua mãe Esther lamenta ter criado todos e quer matá-los. Finn tenta ajudá-la a fazer isso, oferecendo para ser o ser sacrifício e deixando Esther matá-lo. Isto por sua vez resulta na morte de todos os seus irmãos, como todos foram ligados através de um feitiço que Esther fez.

Finn foi responsável por transformar a 900 anos atrás a vampira, Sage, seu verdadeiro amor. Sage volta a Mystic Falls a procura de Finn para convencê-lo a não se matar.

Finn é morto na 3ª temporada de The Vampire Diaries, no episódio "The Murder of One", quando Stefan, Elena e Matt armam um plano para matá-lo, pensando que assim vai matar todos os Originais, devido a todos estarem "ligados". No entanto, Klaus consegue forçar Bonnie em desfazer o feitiço antes de Finn ser morto. É revelado através da morte de Finn que quando um original morre, todos os vampiros de sua linhagem morrem também.

No final da 1ª de temporada de The Originals ele aparece no corpo do bruxo Vincent Griffith, junto de sua mãe Esther e seu irmão Kol, para trabalharem juntos na intenção de convencer Klaus, Elijah e Rebekah de serem mortais novamente. Mais tarde, Finn é capturado por Klaus e é acorrentado. Klaus tenta argumentar com ele e convencê-lo a trair Esther, mas ele se recusa e acaba sendo trancado vivo em seu caixão. Mas logo é libertado por Mikael e juntos tentam derrotar Klaus e seus aliados de uma vez por todas. Finn canaliza Mikael e Esther para se tornar mais poderoso e mais tarde, se reúne com sua irmã há muito perdida, Freya, e trabalha com ela para encontrar uma maneira de parar Dahlia. Em um confronto, Finn quase é morto por Klaus, mas é interrompido por Elijah. Freya aparece para ajudar Finn de seus irmãos, mas temendo pela vida do irmão, Freya diz para Finn que ela não vai deixar ninguém machucá-lo e prende seu espírito em seu talismã.

Na 3ª temporada da série, com o perigo iminentes da presença dos primeiros vampiros procriados por Klaus, Elijah e Rebekah, Freya usa sua magia para se comunicar com o espírito de Finn que continuava preso em seu talismã. Ele fica feliz em vê-la e ela lhe diz que acreditava que era hora que eles falam. Mais tarde, Freya tenta canalizar o espírito de Finn dentro de seu colar, na tentativa de obter conselhos sobre o que fazer para ajudar os irmãos. Enquanto ela tentava desesperadamente, o espírito de Finn se comunicava com ela, dizendo-lhe que não valia a pena passar por tanta dor para os monstros que eram seus outros irmãos. A magia colocar uma pressão sobre o corpo de Freya. Finn diz a ela para deixar todos os seus irmãos morrerem, para assim ser apenas os dois novamente. Freya afirma que se ela é tão importante para Finn ele tem que ajudá-la. Finn deseja boa sorte para a irmã antes de desaparecer. 

Em seguida, o talismã de Freya é então roubado por Tristan, o primeiro vampiro gerado por Elijah. Depois que Vincent se tornou líder das bruxas Nova Orleans, Tristan ameaça colocar Finn de volta no corpo de Vincent caso o bruxo não fizesse exatamente o que ele mandar. Mais tarde, Finn é ressuscitado em seu corpo original por Freya, com objetivo de reunir a família destruída, porém Finn é mordido fatalmente por Lucien, inimigo dos Mikaelson, e consequentemente morre ao lado de seus irmãos.

Elijah Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Daniel Gillies (The Originals: Regular / The Vampire Diaries: Recorrente 2ª-4ª temporada, Participação 5ª temporada)
  • Perry Cox (Criança) (The Originals: Participação 2ª-3ª temporada)
    Daniel Gillies é Elijah

Elijah é o terceiro filho mais velho da família original.

Elijah aparece pela primeira vez no oitavo episódio da 2ª temporada de The Vampire Diaries, intitulado "Rose". Elijah é trazido para uma mansão próxima a Mystic Falls por dois vampiros, Rose e Trevor. Eles fazem um acordo para conseguir o perdão de Elijah e dos Originais, se entregarem Elena Gilbert, a nova duplicata Petrova. Mais tarde é revelado que Rose e Trevor foram os vampiros que não conseguiram manter Katerina Petrova (Katherine Pierce) viva para Klaus poder sacrificá-la no ritual para liberar suas habilidades de lobisomem. Em seguida, foram caçados por Klaus e Elijah durante séculos. Elijah estava apaixonado por Katerina em 1492 e tentou salvá-la de Klaus. No entanto, ela não confiava em Elijah e decidiu fugir, o que partiu seu coração. Por isso, ele decidiu puni-la, obrigando-a ficar na Tumba.

Elena é resgatada pelos irmãos Salvatore, não muito tempo depois de Elijah matar Trevor, que tinham traído Elijah no passado, ajudando Katerina a escapar. Os Salvatore atacam Elijah e o apunhalam uma estaca nele, no entanto, ele volta à vida no final do episódio. Elijah, então, trabalha com os bruxos Jonas e Luka Martin para localizar Elena. Jonas é capaz de localizá-la, então ele vai para Mystic Falls para confrontá-la, onde ele acaba salvando-a de um grupo de vampiros que também queriam entregar Elena para Klaus. Quando Elijah descobre isso, ele faz um acordo com Elena e seus amigos com a intenção de matar Klaus. No entanto, Klaus revela para Elijah que escondeu o corpo dos irmãos e que pode reunir sua família, fazendo ele desistir de ajudar Elena. Mais tarde Klaus o trai, apunhalando Elijah no final temporada. Ao longo da 3ª temporada de The Vampire Diaries, depois de ter o punhal retirado por Damon, Elijah desconfia das intenções de sua mãe Esther ao reunir toda a família. Ja na 4ª temporada, é revelado que Elijah estava em um relacionamento com Katherine. Mas depois de saber que ela tinha o objetivo de fazer ele negociar sua liberdade com Klaus em troca da Cura, Elijah deixa Katherine, levando consigo a Cura. Mais tarde, depois de descobrir que Klaus engravidou a lobisomem Hayley, Elijah deixa Mystic Falls e vai para Nova Orleans com o irmão.

Em The Originals, Elijah se mostra fiel a Klaus, ajudando o irmão e protegendo Hayley e Hope dos inimigos.

Niklaus Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Joseph Morgan (The Originals: Regular / The Vampire Diaries: Recorrente 2ª temporada, Regular 3ª-4ª temporada, Participação 5ª e 7ª temporada)
  • Aiden Flowers (Criança)

Klaus foi um dos principais antagonista em The Vampire Diaries e protagonista de The Originals.

Joseph Morgan interpreta o híbrido Klaus

Depois que Esther e Mikael mudaram-se para as Américas, a mãe de Klaus teve um caso com Ansel, membro lobisomem de uma tribo vizinha, Niklaus nasceu como resultado.

Quando Esther transformou a família em vampiros, a sede de sangue de Klaus tornou-se particularmente forte e quando ele matou sua primeira vítima, ativou seu gene lobisomem. No entanto, Mikael obrigou Esther a suprimir seus poderes de lobisomem para a pedra da lua, devido à sua crença de que um híbrido é uma "abominação". A fim de obter suas habilidades de lobisomem, Klaus teve que realizar um ritual em que um lobisomem, um vampiro e uma duplicata Petrova são sacrificados. Klaus primeiro caçou Katerina Petrova (Katherine Pierce) a Duplicata Petrova. Para não ser sacrificada por Klaus, Katerina bebe o sangue de Rose e depois se mata, a fim de se transformar em uma vampira. Ela, então, torna-se inútil para Klaus porque o seu ritual requer uma duplicata humana. Katherine posteriormente passou séculos fugindo de Klaus, que está furioso com suas ações. Como resultado, Klaus matou toda a sua família.

Continuando sua busca para liberar suas habilidades de lobisomem, Klaus obriga Isobel Flemming a localizar a mais recente duplicata Petrova, Elena Gilbert. Klaus é, então, capaz de realizar o ritual. Ele sacrifica, Jules, uma lobisomem amiga de Mason e Tyler Lockwood, e transforma Jenna Sommers em uma vampira antes de matá-la. Finalmente, Klaus drena todo o sangue de Elena (embora ela vive graças a um sacrifício feito por seu pai biológico, John Gilbert) e, assim, completa o ritual, tornando-se um híbrido totalmente ativo. Klaus busca alguns lobisomens para criar um exército híbrido. Klaus só pode procriar outros híbridos usando o sangue da duplicata Petrova, Elena Gilbert. Assim, ele é muitas vezes uma ameaça para Elena e é um dos principais alvos de morte dos irmãos Salvatore.

Quando Klaus descobre que ele precisa do sangue de Elena para criar seu exército híbrido, ele força Stefan a desligar a humanidade e manda ele de volta a Mystic Falls para ficar de olho nela. Tyler Lockwood foi transformado contra a sua vontade e acaba se tornando o primeiro híbrido procriado de Klaus.

É também revelado que Klaus matou sua própria mãe Esther, porque ela suprimiu seus poderes de lobisomem através de uma maldição, e porque ela o rejeitou como lobisomem. Quando sua irmã Rebekah descobre isso, ela inicialmente renega seu irmão. No entanto, quando os amigos de Elena liberam a família de Klaus de seus caixões, Rebekah perdoa, mas apenas depois que a mãe convence-os de que ela quer que eles sejam uma família novamente.

A humanidade de Klaus é mostrado muito raramente. Sua afeição por Caroline Forbes representa um lado mais humano de Klaus.

Na 3ª temporada de The Vampire Diaries, episódio "Before Sunset", Klaus está temporariamente "morto". Ele tenta matar Elena drenando todo o seu sangue, a fim de ter uma fonte do seu sangue com o qual deseja criar um exército híbrido, e matar o vampiro-caçador Alaric Saltzman, que deseja matar Klaus e todos os outros vampiros e cuja vida está ligada a Elena pela bruxa Esther. Posteriormente, os amigos de Elena ajudam Klaus, a fim de protegê-la, mas quando ele tenta matar Elena, os irmãos Salvatore ajudam num plano para parar o coração de Klaus, que é feito com sucesso, e o híbrido é dissecado, ficando imóvel e sem sangue, e portanto, aparentemente "morto". No final da temporada, Klaus é dado como morto, tendo seu corpo queimado em cinzas. No entanto, Klaus foi transportado para o corpo de Tyler Lockwood, através de um feitiço que Bonnie Bennett executou. Já na 4ª temporada, depois de conseguir seu corpo original de volta, Klaus descobre, através de Connor, um caçador membro da "Irmandade dos Cinco", a existência de uma cura para o vampirismo, querendo assim usá-la em Elena a fim de criar híbridos, mas antes de tentar alguma coisa, Klaus é preso por Bonnie na casa de Elena. Ainda na 4ª temporada, Klaus dorme com a lobisomem Hayley Marshall e notando uma marca de nascença de lua crescente em seu ombro, lhe proporciona informação em relação à família dela. Mais tarde, Klaus é avisado por Katherine da existência de uma conspiração contra ele em Nova Orleans, ele então deixa Mystic Falls.

Em The Originals, depois de chegar em New Orleans, Klaus é informado que Hayley está grávida de sua filha (uma híbrida), por um grupo de bruxas que chantageia-o em troca de ajudá-las ou elas irão matar a criança e Hayley. Klaus decide que quer esta criança dizendo que todo rei precisa de um herdeiro, assim, ele promete proteger Hayley para o que for preciso.

Kol Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Nathaniel Buzolic (The Vampire Diaries: Recorrente 3ª-4ª temporada, Participação 5ª temporada / The Originals: Participação 1ª-2ª temporada, Recorrente 3ª temporada - presente)
  • Roman Spink (Criança)
  • Daniel Sharman (Possuindo Kaleb Westphall) (The Originals: Recorrente 2ª temporada)
Nathaniel Buzolic é Kol Mikaelson.

Kol é o filho sobrevivente mais jovem da família original, desde a morte de seu irmão mais novo Henrik é o segundo filho mais novo e mais velho que Rebekah.

Depois de ter seu punhal retirado, na 3ª temporada de The Vampire Diaries, Kol tenta matar Matt Donovan a fim de Elena sofrer, mas é interrompido por Damon Salvatore. Mais tarde, Kol aparece em Denver, onde Elena e Damon tinha enviado Jeremy, para levá-lo longe de Mystic Falls e proteger sua vida. Ele ameaça ferir Jeremy, a fim de prevenir Elena e Damon de tentar descobrir a história da linhagem de sangue deles. Damon enfia o taco no coração de Kol, para que ele, Elena e Jeremy pudessem escapar. Kol mais tarde aparece na casa de Mary Porter, a vampira que transformou Rose. Kol mata Mary, para que ela não conte a Elena e Damon sobre a história de sua linhagem, o que poderia levá-los a descobrir qual vampiro Original transformou Damon, Stefan, Caroline e Abby Bennett. Mary tranformou Rose, que transformou Katherine Pierce contra sua vontade (Katherine bebeu o sangue de Rose e se matou, afim de se transformar em vampira, para que Klaus não a usasse), e Katherine depois gerou Damon e Stefan. Damon transformou Caroline (a pedido de BonnieDamon deu seu sangue a Caroline com a intenção de salvá-la, quando Katherine descobre, ela sufoca Caroline transformando-a em vampira[2]), Abby Bennett, e sem saber que Elena tinha seu sangue no corpo quando sofreu o acidente e morreu afogada, transformou-a também, portanto sem a intenção.

Na 4ª temporada The Vampire Diaries, Kol retorna para ajudar Rebekah a encontrar a "cura". Ele tortura o Professor Shane, que supostamente sabe como conseguir a cura. Quando Kol percebe que Shane planeja libertar Silas, o primeiro e mais perigoso imortal de todos os tempos, Kol esfaqueia e tenta matar Shane. No entanto, Bonnie é capaz de salvar a vida de Shane através da "expressão", um feitiço de magia negra.

Kol usa sua compulsão sobre Damon para matar Jeremy e impedir ele de completar o marca do caçador, que é um mapa que leva à cura, mas Stefan impede Damon. Elena e Jeremy decide tentar matar Kol concluindo que, se eles matarem ele, toda a sua linha de vampiros também morreria, e então o mapa da cura estaria completo. Elena atrai Kol para a casa e espera Jeremy trazer Bonnie para realizar seu plano. Elena e Jeremy estão na casa, e quando Kol aparece tenta cortar o braço de Jeremy. Elena joga a água que está misturada com verbena e Jeremy enfia em Kol a Estaca de Carvalho Branco e ele morre.

Kol retornou no fim da temporada, juntamente com vários personagens como fantasmas, desejando vingança contra os assassinos e os moradores de Mystic Falls. Ele se encontra mais uma vez Matt Donovan, ferindo-o, jogando uma garrafa de vidro em seu ombro e provocando sua irmã, irritado com seu breve período de luto, antes de prosseguir para atacar Elena, é impedido por Stefan. Depois Kol ameaça Bonnie para destruir completamente o véu para que ele pudesse voltar à vida. Bonnie finge estar junto com seu plano, no entanto o engana, atraindo-o para uma armadilha, por isso ele não pode causar nenhum dano mais até que o véu fosse desfeito.

Mais tarde, já em The Originals, com o Outro Lado (purgatório sobrenatural) em colapso, Kol é ressuscitado por Esther, no corpo de um bruxo chamado Kaleb. Ele se envolve com a bruxa Davina e trabalham juntos tentando criar uma adaga com a intenção de apunhalar Klaus. Posteriormente, querendo se vingar de sua irmã Rebekah, Kaleb/Kol coloca o espírito dela no corpo de uma bruxa. Mais tarde, Kaleb/Kol trai seu irmão Finn/Vincent e sofre com uma maldição que o impedia de pular para outro corpo e morrer em alguns dias. Kol, até então no corpo do bruxo Kaleb, morre ao lado de Rebekah, Klaus, Elijah e Davina.

Na 3ª temporada da série, Freya entra em contato com Rebekah que em Marrocos encontrou uma bruxa que poderia saber como trazer Kol de volta Kol. Depois que Rebekah é emboscada pela Strix, uma sociedade de vampiros, e volta para seu corpo original, ela pede para Freya lembrar de sua promessa de Kol. Mais tarde, ela encontra um pergaminho que informa que elas precisam das cinzas de Kol e o sangue de dois irmãos para trazê-lo de volta, mas a bruxa que Rebekah pediu ajuda aparece e revela estar trabalhando com a Strix. Rebekah é neutralizada com uma adaga e a Strix consegue o único com o feitiço que traria Kol de volta.

Mais tarde, o feitiço é oferecido para Davina pela Strix, a bruxa então decide entrar em contato com o espírito de Kol a fim de verificar se a magia era real. Davina consegue entrar no reino dos ancestrais de Nova Orleans, onde o espírito de Kol foi consagrado quando ele morreu. Ela então é surpreendida por Kol em sua verdadeira aparência. Eles são encurralados pelos espíritos dos ancestrais e Davina é obrigada a deixar Kol para trás antes que ela morresse. Davina antes de escapar promete continuar a tentar trazer Kol de volta a vida.

Davina consegue ressuscitar Kol com sucesso em sua verdadeira forma como um vampiro original de Davina, ele se reúne com todos os seus irmãos Klaus, Elijah, Freya e Finn, porém mais tarde, Kol descobre que ao voltar a vida seu comportamento ficou mais feroz e é obrigado a elevar e ceder sua segue por sangue. Quanto mais ele resistir a atacar Davina, mais Kol se torna selvagem e sedento por sangue, porém seu descontrole ocasiona na morte de Davina, onde Kol fica horrorizado e libertado da maldição.

No fim da temporada, depois que Marcel completa uma transição para virar um vampiro Original aprimorado, ele usou sua mordida tóxica de lobisomem em ambos Kol e Elijah como vingança pela morte de Davina. Freya consegue salvar toda a família usando os feitiçoes de Dahlia para sobreviver mil anos em um sono profundo, evitando que o veneno matem todos, até Hayley poder encontrar a cura para eles. 

Rebekah Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Claire Holt (The Vampire Diaries: Recorrente 3ª-4ª temporada, Participação 5ª temporada / The Originals: Regular 1ª temporada, Participação especial 2ª temporada - presente)
  • Callie McClincy (Criança)
  • Maisie Richardson-Sellers (Possuindo Eva Sinclair) (The Originals: Recorrente 2ª, Participação 3ª e 4 temporada)
Claire Holt interpreta Rebekah Mikaelson.

Rebekah é a mais nova filha da família original desde a morte de Henrik há mil anos atrás.

Ela e seus irmãos Elijah, Finn, Klaus e Kol foram transformados em vampiros pelos pais, Esther e Mikael Mikaelson, com a intenção de que pudessem sobreviver em sua aldeia e serem mais fortes e mais rápidos do que os lobisomens, que mataram seu filho mais novo Henrik.

Rebekah compartilha um vínculo profundo com seu irmão Klaus, e foi o única da família que permaneceu leal a ele em todo o seu comportamento vicioso. Klaus, assim, a manteve em seu lado, enquanto ele deixou o resto de sua família com adagas místicas enfiadas em seus corações e trancados em caixões durante centenas de anos.

Ela tinha um interesse romântico com Marcell Gerard (um garoto negro criado como um filho por Klaus e posteriormente, transformado em vampiro quando adulto) em 1827 e Stefan Salvatore durante seus encontros no início de 1922. Durante esse período de tempo, Klaus e Rebekah são obrigados mais uma vez fugir após a chegada de seu pai vingativo Mikael. Consequentemente, Rebekah não queira mais fugir e deseja viver uma vida estável com Stefan ao seu lado. Klaus posteriormente a obriga a escolher entre ele e Stefan. Ela escolhe a segunda opção, levando Klaus enfiar a adaga nela.

Ele a traz de volta à vida na 3ª temporada de The Vampire Diaries. Rebekah e Klaus, assim, vão para Mystic Falls. Rebekah desenvolve um profundo ódio e inveja de Elena, e continuamente tenta feri-la. Mais tarde, Rebekah tenta ser amiga de Elena e ajuda com ela e seus amigos no plano de matar Klaus, uma vez que ela descobriu que ele matou sua mãe, mas Elena enfia a adaga nela. Klaus faz Elena revelar a localização de Rebekah, e leva seu corpo com ele. Ela teve a adaga retirada por Elijah. Todos os irmãos planejavam matar Elena para impedir Klaus de criar seus híbridos até que aparece a mãe deles, Esther, querendo que eles fossem uma família novamente. Porém isso era um plano dela de matar todos seus filhos, mas Elijah descobre a verdade através de Elena e então ele a coloca presa na caverna a ameaça os Salvatore avisando se eles não impedirem Esther de continuar o ritual, ele iria ligar para Rebekah, que estava na caverna com Elena, e mandar ela matá-la. Depois dos Salvatore quebrarem a conexão de Esther com as bruxas Bennett (Damon transforma Abby em vampira), Rebekah liberta Elena. Quando Finn foi morto por Matt, eles descobrem se um original morre, toda a sua linhagem também morre.

Após sua mãe Esther retornar à Mystic Falls, ela diz a Rebekah que ela estava morrendo, e queria ver a filha pela última vez, no entanto, ela não tinha segundas intenções para a devolução. Ela pega as mãos de Rebekah, e realiza um feitiço para trocar de corpo com Rebekah, usando-a como uma cobertura para a segurança. Sua mãe estava desesperada para ficar a salvo de Klaus e seus outros filhos originais que querem vê-la morta depois de saber de seus planos para matá-los e acabar com a raça dos vampiros. Rebekah estava novamente em um caixão dessa vez por Alaric que enfiou a adaga para Esther voltar no seu corpo, mas Klaus a liberta logo após os eventos que transformou Alaric em um Vampiro poderoso. Rebekah supostamente deixa Mystic Falls de modo a evitar a versão vampírica de Alaric Saltzman, que quer ela e todos os originais mortos. No entanto, ela retorna para Mystic Falls só para testemunhar a suposta "morte" de Klaus. De luto, ela decide matar Elena, assim matando Alaric e eliminar a última ameaça para, portanto, salvar sua família. Ela faz com que ambos Elena e Matt Donovan caiam com o carro da Ponte Wickery e para dentro do lago para se afogar, e Elena morre, junto com Alaric. No entanto, Elena tinha sangue de vampiro em seu sistema, algo que Rebekah não tinha conhecimento.

Na 4ª temporada de The Vampire Diaries, Rebekah é mais uma vez colocada no caixão por Klaus, depois que ele acredita que ela seria um obstáculo para encontrar a cura para o vampirismo. No entanto, ela é, em seguida, libertada por April Young, que estava a procura dela. Depois de desenvolver uma relação com Stefan, ela revela que ela quer ser humana, sentindo-se miserável como uma vampira.

Em The Originals, depois de descobrir que Klaus seria pai, Rebekah deixa Mystic Falls e vai para Nova Orleans, para ajudar seus irmãos a proteger o bebê (sua sobrinha) que Hayley carrega em seu ventre. Porém com seu segredo revelado sobre o que ocorreu em 1919 quando Mikael foi atraido para Nova Orleans por causa do plano de Marcell e Rebekah de se livrar de Klaus para sempre. Klaus tenta matá-la com a Estaca de Carvalho Branco, mas a poupa e diz para ela ir embora e não voltar nunca mais, pois ela estava livre para ser feliz.

No final da 1ª temporada da série, Rebekah volta para levar a filha de Klaus, Hope Mikaelson, para um lugar seguro, a fim de protegê-la dos inimigos da família.

Na 2ª temporada, Rebekah e Hope tornam-se alvos de Esther, que voltou dos mortos querendo acabar com a imortalidade dos filhos. Mais tarde, o espírito de Rebekah é colocado no corpo de uma bruxa chamada Eva Sinclair e é presa em um Asilo, em consequência de um ato de vingança de seu irmão Kol. Lá ela conhece Freya Mikaelson, sua irmã há muito tempo perdida, e com sua ajuda escapa do Asilo. Mais tarde, ela sofre com a tentativa do espírito de Eva Sinclair obter o controle do corpo que Rebekah habitava. Marcel, Freya, eVincent ajudam a recuperar a mente Rebekah. O espírito de Eva então é destruído, possibilitando Rebekah de ter controle do corpo da bruxa.

Mais tarde, após a chegada de Dahlia e do perigo que ela representa para Hope, Rebekah ajuda Freya em um feitiço para distrair Dahlia através da criação de uma versão falsa de Hope. No entanto, ela é interrompida por Marcel que estava hipnotizado, expondo seu plano para matar Dahlia. Marcel, em seguida, leva Rebekah até Klaus, que a impede de praticar magia e é feita prisioneira por ele. Klaus hipnotiza novamente Marcel, dizendo que se Rebekah fugisse ele seria obrigado a matá-la. Marcel então diz que não quer correr o risco de matar Rebekah, ela então enfia uma faca em seu próprio pescoço e morre, até então no corpo de Eva Sinclair. Rebekah acorda no corpo original e se reúne com Elijah. Os irmão então com o objetivo de matar Dahlia, desenterram o corpo de sua mãe Esther. Rebekah ajuda a distrair Davina, que sem saber ressuscita o corpo original de Esther. Depois de saber que Freya foi capturada, Rebekah, junto dos irmãos e de sua mãe, vai atrás de Dahlia na tentativa de matar ela. Klaus consegue realizar o objetivo com a ajuda de Esther.

Por fim, depois de ser salva, Freya diz para Rebekah que curou o corpo de Eva, dando a ela a possibilidade de voltar ao corpo ter uma família em uma vida normal, como ela sempre quis. Rebekah, que escolhe habitar o corpo de Eva Sincla, vai atrás de Marcel e surpreende ele com um beijo. Ela explica que vai continuar naquele corpo até encontrar uma maneira de ressuscitar Kol.

Na 3ª temporada da série, após meses longe, Rebekah/Eva, que estava em Marrocos, é confrontada por membros da Strix, uma sociedade antiga formada por vampiros, responsáveis por guerras, pragas, mortes, ao longo da história. Por causa de um conflito entre as linhagens de Klaus, Elijah e Rebekah, ela é cercada e morta no corpo de Eva Sinclair, para então acordar em seu corpo original e ser atingida no coração por uma estaca amaldiçoada. O corpo de Rebekah é jogado ao mar a mando de Aurora, a primeira vampira procriada por ela, com a intenção de deixar seu corpo longe dos inimigos e para chantagear Klaus.

Um mês depois Elijah consegue localizar e salvar o corpo de sua irmã, no entanto, Rebekah acorda com uma marca de caveira no braço e uma segue intensa por sangue, indicando que ela havia sido amaldiçoada. Ela se mostra raivosa e ataca Hayley e o resto de sua família, forçando Freya a usar sua mágia em uma faca para remover a maldição. Mais tarde, Rebekah percebe que nao conseguiu se livrar da maldição e implora para Elijah usar a adaga nela e deixá-la inconsciente em segredo, na intenção de parar uma profecia que ameaça a vida dos originais. Elijah atende ao pedido da irmã, neutralizado-a e escondendo seu corpo.[3]

Mais tarde, após as tensões aumentarem e Marcel querer justiça pela morte de Davina e todo o mal que os Mikaelson fizeram, Rebekah tem sua adaga retirada por Hayley como parte de seu plano para ajudar a família. Ela e Marcel conversam em particular e implora para ele curar a sua família antes que algo seja feito, que não pode ser desfeita. Marcel se recusa a curar seus irmãos dizendo que eles tinham que vir para o que eles fizeram para Davina. Depois de discutir o assunto Marcel concorda em deixar que Klaus ao vivo fosse a julgamento. Rebekah, temendo pela segurança de sua sobrinha e sua família convence Klaus para ser julgado. Quando seu irmão chega, Rebekah era o único esperando por ele para dar-lhe coragem e seguí-lo para a sala de julgamento que Marcel havia estabelecido. Freya começa a magia sono usando o sangue do punhal de Rebeca, juntamente com a dela e de seu irmão. Uma vez que o feitiço foi concluída Rebekah tem sua consciência presa onde ela pode permanecer com sua família até Hayley encontrar a curas e uma maneira de acordá-los. 5 anos depois Hayley consegue os antidotos para Freya curar toda sua familia ao fazer isso Rebhekah desperta curada mais não aguenta a sede de fome e parte para se alimentar logo apos se juntar a seus irmãos para salvar Klaus ela.distrai Marcel para seus irmãos pegarem Klaus ele.perceber seu plano e tenta fugir mais ela ameaça ele com uma adaga a mesma que a almaldiço mais Sofa a coloca para baixo com.uma fe ha no coração mais depois Kol a resgata e juntos vao atrás de Nick ele pare e estar muito feliz ao recuperar seu irmão ela e seus irmãos apos marcel deixarem.ir se eles nunca colocassem.o.pe en Nova Lers ela vai para casa do pantano aonde esta sua sobrinha

Henrik Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Devon Allowitz (Criança) (The Vampire Diaries: Participação 3ª temporada)

Henrik foi o filho mais novo de Esther e Mikael. Ele foi morto por lobisomens há mil anos.

Sua morte gerou uma guerra entre os lobisomens e sua própria família, fazendo com que a sua mãe transformasse a família em vampiros, para que eles pudessem se defenderem contra os lobos.

Hope Mikaelson[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Summer Fontana (The Originals: Recorrente 4ª temporada)
  • Alexandria & Victoria Collins (The Originals: Participação 1ª temporada e 2ª temporada, episódio 1)
  • Blake & Charlie (The Originals: Recorrente 2ª-3ª temporada)

Hope é a filha da lobisomem (agora híbrida) Hayley Marshall e do Híbrido Original Klaus Mikaelson. Ela é uma criança Híbrida de vampiro, lobisomem e bruxa, embora não seja uma vampira, ela tem o sangue curativo e a capacidade de criar híbridos e outros vampiros. Ela é uma bruxa ativa, tendo usado magia para desligar o carro de Cami temporariamente e é uma lobisomem inativa, pois ainda não matou ninguém. Depois de seu nascimento, sua família concordou em fingir sua morte para protegê-la de todos aqueles que desejam mal, para isso Klaus entregou Hope à Rebekah, a única pessoa que ele confia para proteger a filha. Hope regressa a casa com Cami e Elijah. Ela conhece Jackson e ela é apresentada aos lobisomens e vampiros durante a festa de casamento de Hayley e Jackson. Klaus explica que ela teve que ir embora por um tempo, e agora ela voltou a ser protegida pelo recém-formado clã dos Lobos Crescentes.Tridodo

Outros Membros[editar | editar código-fonte]

Hayley Marshall/Andrea Labonair[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Phoebe Tonkin (The Originals: Regular / The Vampire Diaries: Recorrente 4ª temporada)
Phoebe Tonkin é a Híbrida Hayley.

Hayley é uma híbrida, originalmente lobisomem, mãe de Hope.

Hayley foi abandonada por seus pais biológicos e foi adotada, mas quando cresceu matou uma pessoa acidentalmente e ativou a maldição do lobisomem, por isso foi deixada pelos os pais adotivos.

Na 4ª temporada de The Vampire Diaries, ela ajudou Tyler Lockwood a desligar seu vínculo com Klaus (que procriou Tyler) e de todos os outros híbridos transformados por Klaus. Hayley fez parte do plano de Shane de conseguir o sacrifício do "Triângulo da Expressão" (12 híbridos, 12 bruxas mortas por Caroline e 12 humanos mortos pelo Pastor Young) ela conseguiu que Klaus matasse 12 híbridos e em troca Shane prometeu a Hayley informações sobre seus pais biológicos e salvar Tyler.

Mais tarde, Hayley dorme com Klaus e ele lhe conta sobre sua família, já que ele nota uma marca de nascença de lua crescente em seu ombro. Hayley vai até New Orleans buscar mais informações sobre sua origem mas é pega quando as bruxas de lá notam que ela pode estar carregando em seu ventre o milagroso bebê híbrido. Assim elas usam isso para atrair os originais de volta a cidade que eles construíram no século XVIII.

Depois de descobrir que o bebê é uma menina, Hayley resolve que fará de tudo para proteger sua filha até mesmo do próprio Klaus, que da a filha o nome de Hope. No final da 1ª temporada de The Originals, ela é morta pelas bruxas, mas como ainda tinha o sangue de sua filha no organismo, acordou como uma híbrida em transição. Então ela completa a transição bebendo uma gota do sangue de seu bebê. Decide junto com Klaus, fingir a morte de Hope, a fim de protegê-la dos inimigos.

Na 2ª temporada, Hayley se reúne com a filha e decide se casar com o lobisomem Jackson, com o objetivo de parar Esther e Finn Mikaelson e unir os clãs de lobisomens. Mais tarde, depois de Dahlia aparecer em Nova Orleans e demonstrar um perigo para Hope, Hayley foge com sua filha, com a desaprovação de Klaus. Em consequência disso, Klaus, com a ajuda de Dahlia, pega sua filha de volta e amaldiçoa Hayley (maldição dos lobos Crescent), deixando ela em forma de lobo por tempo indeterminado, com exceção das noites de lua cheia.

Marcellus Gerard[editar | editar código-fonte]

Vivido por:

  • Charles é Marcell
    Charles Michael Davis (The Originals: Regular / The Vampire Diaries: Participação 4ª temporada)
  • McCarrie McCausland (Criança)

Marcell é um vampiro que foi transformado por Klaus.

Quando era criança, Marcell era humilhado e chicoteado, ele era filho do governador de Nova Orleans com uma mulher negra que morreu de febre, Klaus observou isso, o salvou e o tomou como seu filho o nomeando Marcellus, ensinando tudo que aprendeu na sua imortalidade.

Com o passar dos anos Marcel foi se apaixonando pela irmã de Klaus, Rebekah, mas Klaus o advertiu que ela não tem sorte com os homens, e que ele iria transformá-lo em vampiro assim que ele estivesse pronto, mas caso ele se aproximasse de Rebekah novamente, ele nunca estaria pronto. Klaus quase o mata por isso mas ao invés disso ele enfia a adaga em Rebekah para lhe mostrar a lição de não tomar o que é dele, e a deixa no caixão por 50 anos. Marcel ganhou o direito de escolher, ou tirava a adaga de Rebekah e vivesse o resto de sua vida com ela, ou se tornava um vampiro renunciando a ela, Marcel escolhe a 2ª opção que era seu sonho. No ano de 1919, Klaus e Rebekah fogem de Mikael que aparece em Nova Orleans e mata vários vampiros daquela época (o que Klaus não desconfia é que Rebekah e Marcel haviam feito um pedido para a bruxa Genevieve realizar um feitiço que atrairia Mikael até Nova Orleans propositalmente para se livrarem de Klaus). Marcel sobrevive e então começa a "reconstruir" a cidade se tornando o Rei do Quartel Francês e ganhando o respeito e a confiança de todos os vampiros (a maioria transformada por ele) de Nova Orleans, ele consegue expulsar os lobisomens de lá e controlar as bruxas com sua arma secreta Davina Claire. Marcel cria suas próprias regras onde todos o respeitam e o temem até a volta de Klaus em Nova Orleans. Inicialmente, Marcel e Klaus entram em guerra um contra o outro para obter o controle do French Quarter e seus residentes sobrenaturais. Mas logo após Klaus oferece a Marcel a oportunidade de co-governar Nova Orleans. A guerra entre os dois então é interrompida, principalmente depois de Hayley ser sequestrada pelas bruxas e tirarem dela a recém-nascida Hope. Depois de salvarem Hope, Klaus é grato pela a ajuda de Marcel.

Na 2ª temporada da série, Marcel começa a recrutar um novo exército de vampiros e trabalha em estreita colaboração com Klaus e Elijah no esforço de derrotar Esther Mikaelson, Finn Mikaelson, Mikael, Dahlia e qualquer outra ameaça que possam surgir aos vampiros.

Na 3ª temporada, Davina foi morta por Kol - que estava amaldiçoado pelos ancestrais - e logo depois seu espirito foi selada por Freya. Isso enfureceu Marcell - que aceitou a proposta de Vincent em se tornar um Original melhorado com uma mordida de veneno de lobisomem capaz de matar um original. Então Marcell morde Kol e Elijah e apunhala Klaus com a faca do Papa Tunde deixando o em agonia.

Dahlia[editar | editar código-fonte]

Vivida por:

  • Claudia Black (The Originals: Recorrente 2ª temporada)
  • Claudia foi Dahlia
    Kristin Erickson (Jovem) (The Originals: Recorrente 2ª temporada)

É uma bruxa poderosa e irmã mais velha de Esther Mikaelson, que fez com que ela tivesse filhos através de um feitiço, depois que Esther percebeu que era estéril. Mas em troca da fertilidade da irmã, Dahlia tomou a primeira filha de Esther: Freya, e prometeu pegar cada primogênito nascido da linhagem de Esther como pagamento pela grande quantidade de mágica usada no feitiço.

Depois de tomar Freya, Dahlia planejava fazer dela a primeira de uma longa linha de primogênitos Mikaelson, não só para construir seu clã de bruxas, mas conceder-lhe uma fonte inesgotável de energia. Dahlia, através de um feitiço, conectou Freya a ela, aumentando o poder da jovem bruxa e dando ainda mais poder para si própria. Ao longo do tempo, Dahlia treinou Freya na magia, mas tratava a garota como uma escrava e usou-a para aumentar seu próprio poder. Eventualmente, ela planejou tornar ambas imortais em um feitiço que fazia elas adormecerem durante um século inteiro antes de acordar para um ano de envelhecimento. Com sua magia própria sendo sempre renovada, Dahlia se transformou em uma das bruxas mais poderosas na história.

Depois que soube que sua irmã Esther Mikaelson transformou os filhos em vampiros e que não poderiam procriar, Dahlia queria que Freya continuasse a linhagem dos Mikaelson. Mesmo odiando Dahlia e jurando nunca ter filhos, Freya se apaixonou por um homem chamado Mattias, ficando grávida dele.

Planejando fugir, o casal foi impedido por Dahlia, que consequentemente matou Mattias. De luto, Freya bebeu o veneno mais potente de Dahlia, mas o feitiço do sono lançado nela a protegia de qualquer dano, deixando a garota incapaz de morrer. Por consequência disso, o bebê que Freya carregava morreu.

Mais tarde, Freya conseguiu escapar de Dahlia e afirmou que a bruxa não iria parar até encontrá-la novamente. Hope Mikaelson, atual primogênita da linhagem, é o novo alvo de Dahlia que, de acordo com Freya, vai voltar e destruir qualquer um que impedir seu objetivo. Na reta final da 2ª temporada da série, Dahlia finalmente aparece em Nova Orleans e fica cara a cara com Freya. Ela zomba da intenção da garota de se reaproximar de sua família e avisa que irá acabar com todos. Mais tarde, em um confronto com Klaus, Elijah, Freya e Mikael, Dahlia se mostra poderosa e dá um prazo para entregarem Hope Mikaelson.

Logo após da tentativa de Dahlia de sequestrar Hope, Freya descobre que para matar sua tia seria necessário o sangue da bruxa que mais magoou Dahlia. Os Mikaelson então trazem Esther de volta a vida, em seu corpo original. Dahlia sequestra Freya, mas na tentativa de matá-la é impedida por Klaus, Elijah, Rebekah e Esther.

No confronto, a magia de Dahlia é neutralizada pela sua irmã, permitindo Freya abrir o caminho para Klaus matar Esther e Dahlia. Ambas as irmãs aparecem em um ambiente tranquilo em uma versão mais jovens, Esther pede desculpas por ter deixado sua irmã a muito tempo atrás. Dahlia aceita seu pedido de desculpas, elas se abraçam e presumindo-se encontram a paz. As cinzas do corpo de Dahlia e de Esther são então levadas pelo vento.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Freya Mikaelson». The Vampire Diaries Wiki. Consultado em 1 de fevereiro de 2016 
  2. «O sangue de vampiro e o poder de cura - Vampire Diaries Brasil». Vampire Diaries Brasil | Sua Fonte #1 Sobre Vampire Diaries no Brasil. 12 de agosto de 2012 
  3. «Rebekah Mikaelson». The Vampire Diaries Wiki. Consultado em 1 de fevereiro de 2016