Orkut Büyükkökten

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Orkut Büyükkökten
Büyükkökten em 2015.
Nascimento 6 de fevereiro de 1975 (46 anos)
Cônia, Turquia
Nacionalidade turco
Ocupação Engenheiro de software
Período de atividade 1987–presente

Orkut Büyükkökten (Cônia, 6 de fevereiro de 1975) é um engenheiro de software turco, que desenvolveu a rede social Orkut como um projeto independente enquanto estudava na Universidade Stanford, e mais tarde enquanto trabalhava no Google.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Büyükkökten nasceu em Cônia, Turquia. Formou-se em engenharia informática e ciência da informação pela Universidade Bilkent de Ancara, e também realizou um mestrado e doutorado em ciência da computação pela Universidade Stanford, Estados Unidos. Sua pesquisa em Stanford se concentrou na pesquisa na Web e no uso eficiente do PDA. Orkut Büyükkökten também é um ex-gerente de produtos da Google.[1]

Ele esteve construindo e trabalhando em comunidades online desde 2000. Ele apresentou sua primeira rede social, chamada Club Nexus,[2] em Stanford no outono de 2001.[3] Club Nexus foi a primeira rede social específica para uma faculdade.

Mais tarde, Büyükkökten introduziu uma rede social de ex-alunos, chamada inCircle, para a Stanford Alumni Association destinada ao uso por grupos de ex-alunos da universidade. Em 2002, Büyükkökten lançou uma empresa, Affinity Engines, para comercializar o inCircle e o Club Nexus.[4]

Depois de deixar a Affinity Engines e ingressar no Google, ele decidiu usar 20% do seu tempo para desenvolver um serviço de rede social. Ele disse: "Meu sonho era conectar todos os internautas para que se relacionassem, isso pode fazer a diferença na vida das pessoas". O gerente de produto e Marissa Mayer pensaram em dar ao serviço o nome de seu criador. "Orkut.com" pertencia ao próprio Orkut Büyükkökten. O Google o convenceu e sua rede social foi denominada Orkut.[5]

Em 2016, ele lançou uma nova rede social, chamada Hello.[6] O site pode ser personalizado em três idiomas - inglês, francês e português. Em agosto de 2016, o Hello estava disponível nos EUA, Canadá, França, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e Brasil - tanto no iOS quanto no Android.[7] A Hello anunciou sua entrada no mercado indiano em abril de 2018.[8]

Buyukkokten é abertamente gay, e se casou com seu parceiro em 2008.[9]

Colunista em portal LGBT no Brasil[editar | editar código-fonte]

Desde setembro de 2019, Orkut é colunista do portal Gay Blog Br.[10] Entre os temas abordados em sua coluna[11], sempre está sua percepção das redes sociais e tecnologia frente às relações humanas, sobretudo sobre a os males dos aplicativos de relacionamento.

Referências

  1. Lichtenstein, Jesse (29 de março de 2004). «The Real». The New Yorker 
  2. «A social network caught in the Web». First Monday. 2 de junho de 2003 
  3. KIRKPATRICK, David (8 de junho de 2010). The Facebook Effect. [S.l.: s.n.] p. 79. ISBN 9781439109809 
  4. «The Facebook Effect». venturebeat. 5 de agosto de 2016 
  5. LEVY, Steven (12 de abril de 2011). In the Plex: How Google Thinks, Works, and Shapes Our Lives. [S.l.: s.n.] ISBN 9781416596714 
  6. «Orkut founder launches Hello». venturebeat. 5 de agosto de 2016 
  7. «Orkut attempts a comeback with new social networking site 'hello'». BGR 
  8. «Hello, it's Orkut again!». Live Mint 
  9. «In a week of gay weddings, where are Derek and Orkut, Marissa Mayer's best boyfriends?» (em inglês). 17 de junho de 2009 
  10. TEMPO, O. (11 de setembro de 2019). «Criador do Orkut estreia como colunista de blog voltado para público gay». Interessa. Consultado em 4 de junho de 2021 
  11. «Orkut Buyukkokten, colunista | GAY BLOG BR». GAY BLOG BR @gayblogbr. Consultado em 4 de junho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.