Os Bambas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Os Bambas
Fundação 9 de novembro de 1979 (39 anos)
Escola-madrinha Barroca Zona Sul
Cores
Símbolo Escorpião
Bairro Jardim das Rosas[1]
Presidente Jefferson Santos Silva
Desfile de 2019
Enredo Os Bambas Visitam o Sitio do Picapau Amarelo

Os Bambas é uma escola de samba de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A entidade foi fundada como um time de futebol e de inicio tinha apenas este fim. O nome do time foi Esporte Clube Os Bambas.

Após uma reunião de um grupo de amigos na residência do Sr. Osvaldo Ignácio dos Santos, "Sr. Nenê", que foi escolhido como o primeiro presidente, o grupo resolveu incorporar uma escola de samba à entidade em 1980. A escola foi batizada pela Barroca Zona Sul e adotou as cores vermelha e branca e como símbolo um escorpião.

No ano seguinte, em 1981, a agremiação passou a ser uma escola de samba, desfilando pela primeira vez no bairro da Lapa. Em 1984, foi nomeado o Sr. Eduardo Grecco como presidente e foi oficializada a primeira verba para que ela pudesse desfilar no carnaval paulistano, onde permanece até hoje.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Osvaldo Ignácio dos Santos "Sr. Nenê" 1979-?
Adilson de Oliveira ?-atualidade [2]


Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2015 João Sant'anna "Brau" João Donizeti Paiso Adilson e Tóia [3]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2015 Zé Carlos e Lia [3]


Carnavais[editar | editar código-fonte]

Os Bambas
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
1981 N/D UESP Alberto Santos Dumont Clarismundo Aparecido da Silva
1982 7º lugar Vaga Aberta Índios e Colonos [4]
1983 9º lugar Vaga Aberta Exaltação às Flores [4]
1984 7º lugar Vaga Aberta A Lenda Encantada do Baixo São Francisco [4]
1985 5º lugar Vaga Aberta Exaltação à Porta Bandeira [4]
1986 6º lugar Vaga Aberta O Nego no Século Passado [4]
1987 1º lugar Vaga Aberta Criança, Seu Mundo de Sonhos [4]
1988 3º lugar 3- UESP Sonho de Sambista [4]
1989 7º lugar 2- UESP Também Dança Quem Não Dança [4]
1990 9º lugar 2- UESP Negros Maravilhosos de Baltazar a Pelé [4]
1991 8º lugar 3- UESP O Menino, o Sonho e o Circo [4]
1992 1º lugar 4- UESP Os Grandes Poetas [4]
1993 9º lugar 3- UESP Adoniran Barbosa [4]
1994 3º lugar 4- UESP Superstições e Tradições Paulistanas [4]
1995 5º lugar 4- UESP Samba: Que Palavra é Essa? [4]
1996 6º lugar 4- UESP Santo Amaro Antigo - A 1ª Siderúrgica de Santo Amaro e das Américas [4]
1997 6º lugar 4- UESP [4]
1998 1º lugar 3- Sul Direito do Povo, Dever da Nação - Paulo Freire, Um Vôo Para a Liberdade [4]
1999 8º lugar 2- UESP Mamonas Assassinas Jamais te Esqueceremos [4]
2000 10º lugar 2- UESP Isso é Outros 500 - Que História é Essa? [4]
2001 8º lugar 3- Oeste Do Egito ao Serenguete [4]
2002 2º lugar Espera Quilombo dos Palmares [4]
2003 Desclassificada Espera Alimentando Sonhos - Cafú, Do Jardim Irene ao Japão [4]
2004 9º lugar Espera A Periferia é o Palco [4]
2005 1º lugar Espera Eu jogo o jogo da vida [4]
2006 11º lugar 3- UESP Do Passado ao Presente, Minha Origem, Minha História e os Meus Tempos de Glória [4]
2007 6º lugar 3- UESP Em Uma Noite de Emoção, "Os Bambas" Conta "Mil e Uma Noites" Além da Imaginação [4]
2008 3º lugar 3- UESP João da Cruz e Souza - O Cisne Negro [4]
2009 4º lugar 3-UESP Os Bambas Mexem nas Artes e Revela Julio Gerra: Guerreiro no Nome, Guerreiro da Vida Adilson de oliveira / Rhangel Mattos / Bill Rosa / Ricardo / Zé Maria / Douglas / Rogerinho / Adilson Solução
2010 7º lugar 3-UESP Senhoras e Senhores, Respeitável Público, Orgulhosamente Apresentamos Nossa Principal Atração, Uma Viagem Pelo Mundo Magico do Circo. Adilson / Gr. Solução
2011 2º lugar 3-UESP Planeta Terra, o futuro está em nossas mãos, vamos reconstruir a natureza e recriamos a vida. Rodrigo Oliveira
2012 6º Lugar 2-UESP Nada Melhor que um Final de Semana. Rodrigo Paulo / Rogerinho Oliveira / Bil Rosa
2013 12º Lugar 2-UESP Em noite de bambas, mistérios, magias e belezas! [5]
2014 14º lugar 3-UESP Quem contou um conto... Também viveu um sonho!

Compositores:Zé Maria, Rogerinho e Douglas

[2]
2015 3º lugar 4-UESP Os contos de fadas Comissão de Carnaval [3]
2016 9º lugar 4-UESP Maktub... minha sorte escrita nas estrelas [6][7]
2017 6º lugar 4-UESP Os segredos das águas do Amazonas. Os Bambas fez um rio de samba
2018 10º Lugar 4-UESP A Dama do Samba Douglas (Douglinhas), Edson (Pó), Antonio (Toninho Gogó) e Alex Moura [8]
2019 2º Lugar Bairros 2 Os Bambas Visitam o Sitio do Picapau Amarelo André Luis Oliveira Marcelo [9][10]

Referências

  1. Sasp. «História». Consultado em 20 de maio de 2014 
  2. a b Sasp. «Carnaval 2014». Consultado em 20 de maio de 2014 
  3. a b c [1]
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa SASP. «Carnavais». Consultado em 19 de novembro de 2013 
  5. http://www.sasp.com.br/a_escola_carnaval_dados.asp?rg_carnaval=23392
  6. [2]
  7. http://www.sidneyrezende.com/noticia/260042+uesp+define+suas+campeas+de+2016
  8. «Grupo 4». UESP. Consultado em 25 de janeiro de 2018 
  9. «Central do Carnaval 2019». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  10. «Central Carnaval». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.