Os Insociáveis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde agosto de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os Insociáveis foi um programa humorístico que mudou-se para a RecordTV, onde foi exibido de 1972 a 1974. É considerado o "embrião" dos Trapalhões.

Era protagonizado por Renato Aragão (Didi Mocó), Manfried Sant'Anna (Dedé Santana) e Antônio Carlos (Mussum). O programa tinha 2 horas de duração, e as participações de Vanusa (cantora brasileira da jovem guarda e atriz), e Roberto Guilherme (ator e humorista brasileiro).

O programa tinha um formato similar ao do 1° humorístico Os Adoráveis Trapalhões. Nessa época, como todos os programas Brasileiros eram transmitido ao vivo, sem cortes, um pequeno erro virava uma grande farra.

Teve a direção de Wilton Franco e a co-direção de Dedé Santana. Depois na Record, o Trio trapalhão foi para Rede Tupi em 1975 onde encontrou o ex-ator de teatro Zacarias (comediante) e o nome definitivo foi Os Trapalhões.


Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.