Os Músicos de Bremen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estátua erigida em Bremem em 1951, em homenagem ao conto Os Músicos de Bremen.

Os Músicos de Bremen ou Os Músicos de Brama (em alemão: Die Bremer Stadtmusikanten) é um conto escrito pelos Irmãos Grimm[1].

História[editar | editar código-fonte]

Nesta história, um burro, um cão, um gato e um galo, maltratados pelos seus donos, abandonam-nos e decidem ir para Bremen, uma cidade onde conhecerão a liberdade.

No caminho para Bremen, veem luz numa casa; espreitam dentro e os ladrões desfrutando do produto de seu roubo. Apoiados nas costas uns dos outros, decidem cantar, na esperança de serem alimentados. A sua 'música' tem um efeito inesperado: os homens fogem, não sabendo a origem de tão estranho som. Os animais tomam posse da casa, comem uma boa refeição, e dormem.

Durante a noite, os ladrões regressam e um deles entra na casa para investigar. Ao ver os olhos do gato brilhando no escuro, pensa que sejam brasas e inclina-se para acender a sua vela. Numa rápida sucessão de acontecimentos, o gato arranha-lhe a cara, o burro dá-lhe um coice, o cão morde-lhe e o galo afugenta-o porta fora, cacarejando. O homem diz aos seus companheiros que foi atacado por monstros: uma bruxa horrível que o arranhou com as suas enormes unhas (o gato), um gigante que lhe deu uma paulada (o burro), um ogro que o arranha com uma faca (o cão) e, o pior de tudo, - um juiz que gritou em seu ouvido "Peguem esse patife" (o galo). Os ladrões abandonam a casa devido às estranhas criaturas que dela se apossaram, e os animais vivem felizes nela até ao final dos seus dias.

Significado[editar | editar código-fonte]

Esta fábula tem um significado óbvio: os quatro animais representam as diferentes classes do povo; os seus donos os regentes feudais desse tempo. Bremen, uma cidade livre Hanseática onde não existia feudalismo, era o local natural para se viver sem amos.

Bremen recorda esta história através de uma estátua de bronze de dois metros de altura ao lado da Câmara Municipal (Thesaurus).

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Como surgio, Os músicos de Bremen (2015). Bremen [S.l.: s.n.] 
  2. a b Didi e Dedé refilmam 'Os Saltimbancos Trapalhões', sucesso do grupo em 1981
  3. Louise Soares (19 de outubro de 2014). «Estreando no teatro aos 78 anos, Dedé Santana quer atuar em filme sério». F5 - televisão. Consultado em 19 de outubro de 2014. 
  4. «Novo "Saltimbancos" reúne Didi e Dedé e terá Marcos Frota e Lívian Aragão». UOL Cinema. Consultado em 6 de Agosto de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]