Os Nossos Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV-icon-novela-current.svg
Este artigo é sobre uma telenovela em exibição.
As informações apresentadas podem mudar rapidamente com o desenvolvimento da trama.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Os Nossos Dias
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Duração 45 minutos
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Elenco Pedro Laginha
Carla Maciel
Anabela Teixeira
Sofia Arruda
Exibição
Emissora de
televisão original
RTP1.png
Formato de exibição 480i (SDTV) e 1080i (HDTV) na RTP1 HD
Transmissão original 1ª Temporada - 16 de Setembro de 20136 de Abril de 2015

2ª Temporada - 7 de Abril de 2015

N.º de temporadas 2
N.º de episódios 1ª Temporada - 389 (de exibição) (alguns episódios de 30 minutos e outros de 45 minutos)

2ª Temporada

Os Nossos Dias é uma telenovela portuguesa exibida desde 16 de Setembro de 2013 pelo canal RTP1. Os Nossos Dias é a nova novela do meio-dia, apostada em preencher as suas semanas com histórias atuais e humanas do quotidiano de gente comum no Portugal contemporâneo. A partir de 6 de Janeiro de 2014 a novela mudou de horário, passando a ser exibida às 14:15, após o Jornal da Tarde. A segunda temporada estreia a 7 de Abril de 2015 e no seu elenco estão confirmandos alguns atores, que acabaram o contrato de exclusividade com os canais privados, como são os casos de Sara Barradas e Sofia Arruda.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Pessoas que têm de enfrentar a falta de emprego, a dificuldade em pagar uma casa, a necessidade de emigrar para procurar trabalho, mas que recusam baixar os braços e lutam para ter uma vida melhor, seguindo as tendências de mudança na nossa sociedade, encontrando novas formas de trabalhar, diferentes modelos de habitação e apostando no crescimento da inovação e do empreendedorismo.

1º temporada[editar | editar código-fonte]

Marta Brito (Anabela Teixeira), uma mãe solteira e humilde, se esforça por dar uma vida sem privações às suas duas filhas. Mas quando se sabe que a filha mais nova, Beatriz (Sara Mestre), tem um problema de saúde raro e grave tudo muda na vida desta família. Susana (Sofia Arruda), a outra filha de Marta, resolve procurar Rodrigo Macedo Gouveia (Pedro Laginha), o pai da irmã, um homem abastado que pode pagar a operação no estrangeiro de que Beatriz precisa. Rodrigo, que nem sequer sabia que tinha uma filha, aceita pagar a operação, mas em troca exige ficar com a guarda da criança. Marta fica então no maior dilema da sua vida: para salvar a filha, não tem outro remédio senão abdicar dela. Rodrigo acabará por se servir de Beatriz para, de forma tortuosa, conseguir reaproximar-se de Marta. Porém, o regresso a Portugal do seu primo Gabriel (Sérgio Praia) dificultar-lhe-á os planos. Gabriel também se apaixonará por Marta, tornando-se rival do primo no amor, ao mesmo tempo que disputará com ele e com o tio (Luís Lucas) o controlo da MobLine, a fábrica de móveis da família Macedo Gouveia.

2ª temporada[editar | editar código-fonte]

Alice Silva (Sara Barradas) tinha dois anos quando foi deixada à porta de um orfanato, “O Berço da Esperança”. Nunca se descobriu a origem daquela menina nem qualquer indício do seu passado. A única pista sobre a sua família biológica é um fio com um medalhão, que trazia ao pescoço quando foi abandonada.

No início da novela, Alice está entre a espada e a parede: ou regulariza a situação com o senhorio até ao final do dia ou terá de abandonar o apartamento. Desesperada, percebe que não lhe resta outra solução que não seja empenhar o medalhão de ouro, a única ligação que tem à sua família biológica e, em particular, à mãe.

Antes sequer que possa concretizar a ideia, Alice sofre um assalto e perde o seu bem mais valioso: o fio e o medalhão, que acabam por ir parar às mãos erradas.

É Emília Castilho (Luísa Cruz) quem o encontra, mais tarde, e que, ao abrir o medalhão e ver a fotografia que ele contém, dá de caras com a mulher e a criança que mandou assassinar há 23 anos. Emília chama Amadeu, o homem com quem sempre trabalhou, e exige-lhe uma explicação. Pressionado e angustiado, Amadeu acaba por confessar que não teve coragem de matar a criança. Emília, que parece não ter quaisquer escrúpulos, ordena-lhe que termine o serviço e volta a ameaçar Amadeu. Ou ele descobre o paradeiro daquela rapariga (Alice) e acaba com a vida dela ou ela manda matar o neto de Amadeu, o pequeno Rafael, de 7 anos.

Ao mesmo tempo que Emília faz o ultimato a Amadeu, Alice muda-se para a pensão deste. Amadeu passa a ser um homem assombrado, hesitando sobre o que fazer. Quando descobre que tem uma doença terminal, decide que lhe irá dizer a verdade: conta-lhe que Emília é a responsável pela morte de Júlia e que foi ele quem a matou. Sedenta de vingança, Alice procura e consegue a oportunidade de ir trabalhar para a grande cadeia de joalharias de Emília, tornando-se no braço direito da mulher de quem se quer vingar. O que Alice não contava era apaixonar-se por Guilherme, o filho de Emília Castilho e noivo da sua antiga rival, Teresa Colaço.

Na trama, existirão ainda outros núcleos de personagens, como os moradores da residência de Amadeu, os criativos da agência publicitária, os empregados da joalharia Castilho, entre outros.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco Adicional 1ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Elenco Adicional 2ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Argumento[editar | editar código-fonte]

  • Mário Cunha
  • Catarina Bizarro
  • Manuel Carneiro
  • Rita Henriques
  • Sara Sampaio Simões

Banda Sonora[editar | editar código-fonte]

  • 1. Fizeram os dias assim - Trovante
  • 2. Manhã de Primavera - Anabela
  • 3. Nossos Dias - Lúcia Moniz
  • 4. Os loucos estão certos - Diabo na Cruz
  • 5. Não me volto a apaixonar - Romana
  • 6. Quando dás um pouco mais - Sara Tavares
  • 7. Eu sou taxista - Paulo Ramos
  • 8. O treinador - Paulo Ramos
  • 9. Excertos Valter Rolo
  • 10. Tranças da Saudade - Anabela Pires
  • 11. Em Off - Susana Félix

Spin-offs[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]