Oscar 1988

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oscar 1988
60th Academy Awards
Edição atual 60ª edição
Período 11 de abril de 1988
Local(is) Shrine Auditorium, Los Angeles
Gênero Premiação Cinematográfica
Idealizado por Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
Página oficial www.oscars.org

A 60ª cerimônia de entrega dos Academy Awards (ou Oscars 1988), apresentada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas,[1] premiou os melhores atores, técnicos e filmes de 1987 em 22 categorias no dia 11 de abril de 1988, em Los Angeles.[2]

Apresentada pelo comediante Chevy Chase, esta foi a última edição da festa do Oscar em que os ganhadores da estatueta foram anunciados com o célebre "the winner is" ("o vencedor é"). Na edição seguinte, a Academia de Hollywood passou a anunciar os premiados com a frase politicamente correta "the Oscar goes to" ("o Oscar vai para").

O grande vencedor da noite foi O Último Imperador, que venceu em todas as 9 categorias que concorria, inclusive melhor filme e direção, transformando-se num dos maiores ganhadores do Oscar de todos os tempos.

O italiano Bernardo Bertolucci, o britânico Adrian Lyne, o irlandês John Boorman, o canadense Norman Jewison e o sueco Lasse Hallstrom concorreram ao Oscar de melhor direção, tendo sido a primeira primeira vez na história dos prêmios da Academia que nenhum dos 5 indicados a melhor diretor era nascido nos Estados Unidos. Bernardo Bertolucci, de O Último Imperador, é até hoje o único diretor italiano a ter sido premiado nessa categoria.

Ao vencer na categoria de melhor ator, Michael Douglas foi a segunda pessoa a receber a estatueta como ator e produtor. Ele já havia vencido o Oscar de melhor filme, como co-produtor do filme Um estranho no ninho, em 1976.

A atriz Olympia Dukakis, vencedora do Oscar de melhor coadjuvante, é prima de Michael Dukakis, que naquele ano de 1988 foi o candidato do partido democrata na eleição à Presidência dos Estados Unidos.

Algumas das grandes surpresas da noite foram nas categorias de melhor atriz, com a derrota da favorita Glenn Close para Cher, e da produção francesa Adeus, meninos, que perdeu o Oscar para o dinamarquês A Festa de Babette na categoria de melhor filme estrangeiro. Os filmes Nos Bastidores da Notícia, que concorria em 7 categorias, Atração Fatal e Império do Sol, de Steven Spielberg, com 6 indicações, também surpreenderam ao não levarem nenhuma estatueta.

Vários atores da era de ouro de Hollywood apresentaram algumas categorias da premiação, entre eles, Audrey Hepburn e Gregory Peck, que anunciaram o vencedor de melhor roteiro adaptado, Olivia de Havilland, que anunciou o Oscar de direção de arte, e Charlton Heston. Entre os apresentadores convidados, também a curiosa participação dos personagens Mickey Mouse, que contracenou com Tom Selleck no anúncio de melhor curta de animação, e de Robocop, apresentador do Oscar de melhor edição de som. Billy Crystal, um dos mestres de cerimônias do Oscar que mais vezes apresentou o evento, participou desta edição apenas apresentando o Oscar de melhor som.

Os cantores Gloria Estefan, Bill Medley, Jennifer Warnes e Little Richard foram algumas das atrações musicais da noite.

O diretor Billy Wilder foi homenageado com o Irving G. Thalberg Memorial Award.


Indicados-nomeados[editar | editar código-fonte]

Melhor Filme[editar | editar código-fonte]

Melhor Direção[editar | editar código-fonte]

Melhor Ator[editar | editar código-fonte]

Melhor Atriz[editar | editar código-fonte]

Melhor Ator Coadjuvante[editar | editar código-fonte]

Melhor Atriz Coadjuvante[editar | editar código-fonte]

Melhor Filme de Língua Estrangeira[editar | editar código-fonte]

Melhor Roteiro Original[editar | editar código-fonte]

Melhor Roteiro Adaptado[editar | editar código-fonte]

Melhor Figurino[editar | editar código-fonte]

Melhor Maquiagem[editar | editar código-fonte]

Melhor Montagem[editar | editar código-fonte]

Melhores Efeitos Visuais[editar | editar código-fonte]

Melhor Fotografia[editar | editar código-fonte]

Melhor Som[editar | editar código-fonte]

Melhor Edição de Som (Especial)[editar | editar código-fonte]

Melhor Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Melhor Canção Original[editar | editar código-fonte]

(pela canção (I've Had) The Time of My Life))

(pela canção Cry Freedom))

(pela canção Shakedown)

(pela canção Nothing's Gonna Stop Us Now))

(pela canção Storybook Love))

Melhor Direção de Arte[editar | editar código-fonte]

Melhor Documentário[editar | editar código-fonte]

Melhor Curta-Metragem[editar | editar código-fonte]

Melhor Documentário em Curta-Metragem[editar | editar código-fonte]

Melhor Animação em Curta-Metragem[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


  1. Love And Respect, Hollywood-Style, an April 1988 article by Richard Corliss in Time
  2. An Identity Crisis for the Oscars, an April 1988 review from The New York Times