Oscar 1988

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Oscar 1988
60th Academy Awards
Pôster oficial da cerimônia.
Data 11 de abril de 1988
Organização Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
Local Shrine Auditorium
Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Apresentação Chevy Chase
Destaques
Maior número de prêmios The Last Emperor (9)
Maior número de indicações The Last Emperor (9)
Melhor filme The Last Emperor
Cobertura televisiva
Estação ABC
Duração 3 horas, 33 minutos[1]
Produtor(es) Samuel Goldwyn Jr.
Diretor(es) Marty Pasetta
Oscar 1987
Oscar 1989

A 60.ª cerimônia do Oscar ou Oscar 1988 (no original: 60th Academy Awards), apresentada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), homenageou os melhores filmes, atores e técnicos de 1987. Aconteceu em 11 de abril de 1988 no Shrine Auditorium, em Los Angeles, às 18 horas no horário local. Durante a cerimônia, foram distribuídos os prêmios da Academia em vinte e duas categorias, e a transmissão ao vivo foi realizada pela rede televisiva estadunidense American Broadcasting Company (ABC), com produção de Samuel Goldwyn Jr. e direção de Marty Pasetta.[2][3] O ator Chevy Chase foi o anfitrião do evento pela segunda vez consecutiva.[4] Duas semanas antes, em 27 de março de 1988, uma cerimônia no Beverly Hilton, em Beverly Hills, Califórnia, foi realizada para a entrega do Oscar por Realização Técnicas sob apresentação de Shirley Jones.[5]

The Last Emperor venceu nove categorias, incluindo a conquista de melhor filme e melhor diretor para Bernardo Bertolucci.[6] Por suas atuações em MoonstruckCher e Olympia Dukakis venceram os prêmios de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante, respectivamente. Destacaram-se também Michael Douglas com a conquista de melhor ator por seu personagem em Wall Street, e Sean Connery por sua vitória em melhor ator coadjuvante por The Untouchables.[7] A apresentação televisionada contabilizou 42,2 milhões de telespectadores nos Estados Unidos.

Indicados e vencedores[editar | editar código-fonte]

Os indicados ao Oscar 1988 foram anunciados em 16 de fevereiro, no Samuel Goldwyn Theater em Beverly Hills, por Robert Wise, presidente da Academia, e pela atriz Shirley MacLaine.[8] The Last Emperor recebeu indicação a nove categorias; em seguida veio Broadcast News com sete.[9][10]

Os vencedores foram anunciados durante a cerimônia de premiação em 11 de abril de 1988.[11] The Last Emperor tornou-se o segundo filme, apenas atrás de Gigi (1958), a receber nove indicações ao Oscar e ganhar todas elas.[12] Também ocorreu de todos os cinco indicados a melhor diretor serem de outras nacionalidades, fato único na história da premiação.[13] O recipiente do prêmio de melhor ator, Michael Douglas, foi a segunda pessoa a vencer uma estatueta do Oscar nas categorias de atuação e produção; ganhando melhor filme em 1976 por coproduzir One Flew Over the Cuckoo's Nest.[14]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Vista-keditbookmarks.png Indica o vencedor dentro de cada categoria.[15]

Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorJeremy Thomas Vista-keditbookmarks.png Bernardo BertolucciThe Last Emperor
Vista-keditbookmarks.png Michael DouglasWall Street como Gordon Gekko Vista-keditbookmarks.png CherMoonstruck como Loretta Castorini
Vista-keditbookmarks.png Sean ConneryThe Untouchables como Jim Malone Vista-keditbookmarks.png Olympia DukakisMoonstruck como Rose Castorini
Vista-keditbookmarks.png MoonstruckJohn Patrick Shanley Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorMark Peploe e Bernardo Bertolucci por From Emperor to Citizen: The Autobiography of Aisin-Gioro Pu Yi de Henry Pu Yi
Vista-keditbookmarks.png Babettes Gæstebud ( Dinamarca) – Gabriel Axel Vista-keditbookmarks.png The Ten-Year Lunch: The Wit and Legend of the Algonquin Round TableAviva Slesin
  • Eyes on the Prize: America's Civil Rights Years/Bridge to Freedom 1965 – Callie Crossley e James A. DeVinney
  • Hellfire: A Journey from Hiroshima – John Junkerman e John W. Dower
  • Radio Bikini – Robert Stone
  • A Stitch for Time – Barbara Herbich e Cyril Christo
Vista-keditbookmarks.png Young at HeartSue Marx e Pamela Conn
  • Frances Steloff: Memoirs of a Bookseller – Deborah Dickson
  • In the Wee Wee Hours...Frank Daniel e Izak Ben-Meir
  • Language Says It All – Megan Williams
  • Silver into Gold – Lynn Mueller
Vista-keditbookmarks.png Ray's Male Heterosexual Dance HallJonathan Sanger e Jana Sue Memel
  • Making Waves – Ann Wingate
  • Shoeshine – Robert A. Katz
Vista-keditbookmarks.png L'homme qui plantait des arbresFrédéric Back
  • George and Rosemary – Eunice Macaulay
  • Your Face – Bill Plympton
Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorDavid Byrne, Cong Su e Ryuichi Sakamoto
Vista-keditbookmarks.png "(I've Had) The Time of My Life" por Dirty DancingFranke Previte, John DeNicola e Donald Markowitz Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorBill Rowe e Ivan Sharrock
Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorFerdinando Scarfiotti Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorVittorio Storaro
Vista-keditbookmarks.png Harry and the HendersonsRick Baker Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorJames Acheson
Vista-keditbookmarks.png The Last EmperorGabriella Cristiani Vista-keditbookmarks.png InnerspaceDennis Muren, Bill George, Harley Jessup e Kenneth F. Smith

Prêmio Irving G. Thalberg[editar | editar código-fonte]

O prêmio é uma distinção especial atribuída periodicamente a produtores, cujo principal trabalho reflete uma constante "produção de filmes de qualidade".[16]

Oscar por Realização Técnicas[editar | editar código-fonte]

Filmes com mais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Apresentadores e atrações musicais[editar | editar código-fonte]

As seguintes personalidades apresentaram categorias ou realizaram números individuais:[19][20]

Apresentadores (em ordem de aparição)[editar | editar código-fonte]

Nome(s) Função
Simms, HankHank Simms Anunciou o início da cerimônia
Wise, RobertRobert Wise Deu boas-vindas aos convidados da cerimônia
Connery, SeanSean Connery Apresentou a categoria de melhores efeitos visuais
Close, GlennGlenn Close
Michael Douglas
Apresentou a categoria de melhor atriz coadjuvante
de Havilland, OliviaOlivia de Havilland Apresentou a categoria de melhor direção de arte
Gibson, MelMel Gibson
Danny Glover
Apresentaram a categoria de melhor fotografia
Mouse, MickeyMickey Mouse
Tom Selleck
Apresentaram a categoria de melhor animação em curta-metragem
Chen, JoanJoan Chen
John Lone
Apresentaram a categoria de melhor documentário de curta-metragem
Heston, CharltonCharlton Heston Apresentou a montagem da história do Oscar
Guttenberg, SteveSteve Guttenberg Apresentou a categoria de melhor documentário
Crystal, BillyBilly Crystal Apresentou a categoria de melhor de som
Cage, NicolasNicolas Cage
Cher
Apresentaram a categoria de melhor ator coadjuvante
Lowe, RobRob Lowe
Sean Young
Apresentaram a categoria de melhor edição
Lemmon, JackJack Lemmon Apresentou o Prêmio Irving G. Thalberg a Billy Wilder
Minnelli, LizaLiza Minnelli
Dudley Moore
Apresentaram a categoria de melhor canção original
Grey, JenniferJennifer Grey
Patrick Swayze
Apresentaram a categoria de melhor trilha sonora
Matlin, MarleeMarlee Matlin Apresentou a categoria de melhor ator
Jones, ShirleyShirley Jones Apresentou o segmento Oscar por Realização Técnicas e o Prêmio Gordon E. Sawyer
Weller, PeterPeter Weller Apresentou o Oscar por Realização Técnicas
Reubens, PaulPaul Reubens Apresentou a categoria de melhor curta-metragem
Costner, KevinKevin Costner
Daryl Hannah
Apresentaram a categoria de melhor figurino
Williams, RobinRobin Williams Apresentou a categoria de melhor diretor
Candy, JohnJohn Candy Apresentou a categoria de melhor maquiagem
Hepburn, AudreyAudrey Hepburn
Gregory Peck
Apresentaram as categorias de melhor roteiro original e melhor roteiro adaptado
Dunaway, FayeFaye Dunaway
James Garner
Apresentaram a categoria de melhor filme estrangeiro
Newman, PaulPaul Newman Apresentou a categoria de melhor atriz
Murphy, EddieEddie Murphy Apresentou a categoria de melhor filme

Atrações musicais (em ordem de aparição)[editar | editar código-fonte]

Nome(s) Performance
Conti, BillBill Conti Orquestra
Coral do Oscar, Coral do Oscar "I Hope I Get It" de A Chorus Line
DeVille, WillyWilly DeVille "Storybook Love" de The Princess Bride
Starship
Estefan, GloriaGloria Estefan
"Nothing's Gonna Stop Us Now" de Mannequin
Fenton, GeorgeGeorge Fenton
Gwangwa, JonasJonas Gwangwa
"Cry Freedom" de Cry Freedom
Richard, LittleLittle Richard "Shakedown" de Beverly Hills Cop II
Medley, BillBill Medley
Jennifer Warnes
"(I've Had) The Time of My Life" de Dirty Dancing

Cerimônia[editar | editar código-fonte]

Chevy Chase foi o anfitrião do Oscar 1988.

Em outubro de 1987, a Academia contratou Samuel Goldwyn Jr. como produtor da transmissão do Oscar pelo segundo ano consecutivo.[2] Três meses depois, o ator e comediante Chevy Chase foi selecionado para ser o anfitrião do Oscar 1988.[21] Por quase duas décadas, a cerimônia foi realizada no Dorothy Chandler Pavilion, em Los Angeles; à vista disso, o presidente da AMPAS escolheu o Shrine Auditorium como novo local.[22] Originalmente, Goldwyn e Passetta planejavam apresentar imagens pré-gravadas de atores no tapete vermelho dos últimos 59 anos. No entanto, o segmento foi abandonado devido à grande movimentação entre os convidados que chegavam à cerimônia.[23][24]

Em decorrência da greve dos roteiristas do Writers Guild of America, que ocorreu um mês antes do Oscar 1988 e afetou vários programas televisivos. Os escritores Ernest Lehman, Melville Shavelson e Jack Rose, responsáveis por grande parte dos diálogos do show — foram impedidos pelo Writers Guild of America de trabalharem na cerimônia.[25] Apesar de garantirem à Academia que metade dos diálogos estavam finalizandos; Goldwyn pediu improvisação por parte dos atores: John Candy, Billy Crystal, Eddie Murphy e Robin Williams.[26][27] Muitos dos convidados expressaram apoio aos roteiristas, como Sean Connery, vencedor do prêmio de melhor ator coadjuvante. Em seu discurso expôs: "se algum desejo acompanhasse este prêmio, o meu [desejo] seria que a greve dos roteiristas acabassem".[28]

Bilheteria dos filmes indicados[editar | editar código-fonte]

No dia do anúncio dos filmes indicados, em 16 de fevereiro, o valor bruto somado pelas cinco obras na categoria principal era de 221 milhões de dólares, média de US$ 48,9 milhões por filme.[29] Fatal Attraction assegurou a maior bilheteria entre os aparentes no Oscar 1988, totalizando 142 milhões de dólares recibos de mercado doméstico.[29] Em seguida, aparecem Broadcast News (36,7 milhões de dólares); Moonstruck (25,4 milhões de dólares); The Last Emperor (11,9 milhões de dólares); e, finalmente, Hope and Glory (5,2 milhões de dólares).[29]

Dos cinquenta filmes mais lucrativos do ano de 1987, dezessete obras indicadas à cerimônia aparecem na lista: Beverly Hills Cop II (1.º); Fatal Attraction (2.º); The Untouchables (4.º); Lethal Weapon (7.º); The Witches of Eastwick (8.º); Dirty Dancing (9.º); Morning Vietnam (10.º); Predator (11.º), Throw Momma from the Train (14.º); RoboCop (15.º); Full Metal Jacket (21.º); Mannequin (23.º); Broadcast News (26.º); Wall Street (30.º); The Princess Bride (38.º); Moonstruck (39.º) e Innerspace (45.º).[30]

Avaliação em retrospecto[editar | editar código-fonte]

O show recebeu críticas negativas de publicações da mídia. Howard Rosenberg, crítico do Los Angeles Times, disse que "a cerimônia foi cansativa e tediosa".[31] Tom Shales expôs em The Washington Post que "ontem à noite, a cerimônia foi de pouca expectativa e tampouco de notabilidade". Ele também avaliou negativamente a baixa qualidade do programa, e que desde a estreia aparentou ser 'desinteressante'.[32] Matt Roush, do USA Today, afirmou que: "Chevy Chase falhou com o show e tentou ser engraçado cutucando o nariz, o que era repetitivo". Também avaliou negativamente a vitória de The Last Emperor, que segundo ele criou uma atmosfera "monótona".[33]

Recepção e audiência[editar | editar código-fonte]

Em seu país de origem, a transmissão da ABC atraiu uma média de 42,2 milhões de telespectadores no decorrer do evento, aumento de 13% em relação à audiência do Oscar 1987.[34] Estima-se que 70 milhões de pessoas assistiram parcial ou integralmente à cerimônia.[35] Pelo Nielsen Ratings, também obteve números altos à edição anterior, com 29,2% dos televisores sintonizados na rede, total de 49 pontos.[36]

Em julho de 1988, a apresentação do evento recebeu quatro indicações ao Emmy Award.[37][38] No mês seguinte, na noite da premiação, conquistou uma dessas indicações: melhor programa de variedades ou musical (para Samuel Goldwyn, Jr.).[39]

Referências

  1. Wiley & Bona 1996, p. 726.
  2. a b Gelder, Lawrence Van (30 de outubro de 1987). «At the Movies». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de fevereiro de 2022 
  3. Caulfield, Deborah (7 de dezembro de 1987). «TV & Video». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 15 de julho de 2014 
  4. Gilatto, Tom (27 de janeiro de 1988). «Oscar Wild». USA Today (em inglês) 
  5. «Past Scientific & Technical Awards Ceremonies» (em inglês). Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 13 de fevereiro de 2014 
  6. Harmetz, Aljean (12 de abril de 1988). «'The Last Emperor' Wins 9 Oscars And Is Named Best Film of 1987». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de fevereiro de 2022 
  7. Cieply, Michael (12 de abril de 1988). «Last Emperor Reigns Over Oscar Ceremonies: Best Picture Winner Adds Eight Other Awards; Cher and Douglas Take Top Prizes for Acting». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 27 de junho de 2013 
  8. Wiley & Bona 1996, p. 712.
  9. Cieply, Michael (18 de fevereiro de 1988). «'Emperor' Leads Topsy-Turvy Oscar Race: American Directors Are Shut Out for the First Time in Academy History». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 15 de julho de 2014 
  10. Ryan, Desmond (18 de fevereiro de 1988). «The Oscar Nominees The Last Emperor and Broadcast News Lead the Field». The Philadelphia Inquirer (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  11. Gorney, Cynthia (12 de abril de 1988). «Douglas and Cher Win Acting Honors». The Washington Post (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022 
  12. «Some achievement, but not a record». Vancouver Sun (em inglês). 16 de abril de 1988. p. D1 
  13. Cieply, Michael (17 de fevereiro de 1988). «No Oscars for U.S. Directors: Foreigners Win All Nominations; 9 for Last Emperor». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  14. Crook, John (25 de janeiro de 2004). «Like Father, Like Son at the Golden Globes». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 23 de novembro de 2015 
  15. «The 60th Academy Awards (1988) Nominees and Winners» (em inglês). Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  16. «Irvin G. Thalberg Memorial Award» (em inglês). Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 10 de fevereiro de 2022 
  17. «Billy Wilder to Receive The Thalberg Award». The New York Times (em inglês). 14 de fevereiro de 1988. ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de fevereiro de 2022 
  18. «Special Oscar Goes To 'RoboCop' Effects». San Francisco Chronicle (em inglês). 18 de fevereiro de 1988. p. E1 
  19. Mull, Marrison (10 de abril de 1988). «The Oscar Telecast from First to Last». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 5 de julho de 2014 
  20. Wiley & Bona 1996, p. 717.
  21. Schnurmacher, Thomas (18 de janeiro de 1988). «SPAC, SPCA ask VIPs to RSVP ASAP». Montreal Gazette (em inglês). p. C9 
  22. Culhane, John (10 de abril de 1988). «With Help From Friends, Oscar's a Wit and Raconteur». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  23. Osborne 2008, p. 287.
  24. Caulfield, Deborah (13 de abril de 1988). «First Off...». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  25. «Oscar has experience with strike-related uncertainty». The Hollywood Reporter (em inglês). 8 de fevereiro de 2008. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  26. Spillman, Susan (11 de abril de 1988). «Hope and glory at the Oscars». USA Today (em inglês). p. 4D 
  27. Wiley & Bona 1996, p. 716.
  28. Voland, John (12 de abril de 1988). «This Year, Most of the Thanks Go to Writers». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  29. a b c «1989 Academy Award Nominations and Winner for Best Picture». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de junho de 2014 
  30. «1987 Box Office Grosses (as of February 15, 1988)». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022 
  31. Rosenberg, Howard (12 de abril de 1988). «A Night With All the Excitement of an Envelope Opening». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  32. Shales, Tom (12 de abril de 1988). «A Tortured New Look In Hollywood Horror». The Washington Post (em inglês) 
  33. Roush, Matt (12 de abril de 1988). «A show short on surprises». USA Today (em inglês) 
  34. Johnson, Greg (18 de março de 1999). «Call It the Glamour Bowl». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 28 de setembro de 2013 
  35. «Oscars Push ABC to Win Ratings Race». Los Angeles Times (em inglês). 3 de abril de 1990. Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 11 de julho de 2014 
  36. «ABC gets an Oscar boost». USA Today (em inglês). 4 de abril de 1990. p. 3D 
  37. «Nominations for Prime-Time Emmys». Los Angeles Times (em inglês). 29 de julho de 1988. Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  38. «Primetime Emmy Award database». Academy of Television Arts and Sciences (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022 
  39. Margulies, Lee (25 de agosto de 1988). «Cable Gets Prime-Time Emmys». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2022. Arquivado do original em 15 de julho de 2014 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Osborne, Robert (2008). 80 Years of the Oscar: The Complete History of the Academy Awards (em inglês). Nova Iorque (EUA): Abbeville Publishing Group. ISBN 978-0-7892-0992-4 
  • Wiley, Mason; Bona, Damien (1996). Inside Oscar: The Unofficial History of the Academy Awards (em inglês) 5.ª ed. Nova Iorque (EUA): Ballantine Books. ISBN 0-345-40053-4. OCLC 779680732 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]