Oscar Carneiro da Fontoura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oscar Carneiro da Fontoura
Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul
Período 1935 até 1936
Deputado Estadual do Rio Grande do Sul
Período 3 de março de 1947
até 31 de janeiro de 1951
Dados pessoais
Nascimento 20 de janeiro de 1900
Dom Pedrito, Rio Grande do Sul
Morte 27 de dezembro de 1977 (77 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Partido PSD
Profissão Médico e pecuarista

Oscar Carneiro da Fontoura (Dom Pedrito, 20 de janeiro de 1900Porto Alegre, 27 de dezembro de 1977) foi um médico e político brasileiro.

Filho de Alexandre Carneiro da Fontoura e de Francisca Formoso da Fontoura, formado em medicina (CRM: RS587). Foi casado com Alice Machado da Fontoura.

Foi prefeito de Dom Pedrito, deputado estadual, deputado federal, secretário de Estado da Fazenda, secretário de Estado do Interior e Justiça, presidente do Partido Social Democrático, ex- constituinte e líder do seu partido. Assumiu a Secretaria da Fazenda no governo do general Daltro Filho, em 1937, continuando à frente daquela pasta nas gestões de Cordeiro de Farias, Cilon Rosa, Ernesto Dorneles e até o início do Governo Walter Jobim, em 1947. Foi eleito deputado estadual, pelo PSD, para a 38ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, de 1947 a 1951.[1]

Presidiu a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul(FARSUL) de 1963 a 1965. Foi ainda diretor da Caixa Econômica Federal, assessor da Caixa Econômica Estadual e colaborador direto, além de amigo pessoal, do governador Ildo Meneghetti. Ao final de sua existência, em sua terra natal, Dom Pedrito, dedicou-se integralmente à pecuária.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.