Oscar Straus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oscar Straus, 1902

Oscar Nathan Straus (Viena, 6 de março de 1870Bad Ischl, 11 de janeiro de 1954) foi um compositor austríaco de operetas, e música para filmes.

Escreveu cerca de quinhentas canções de cabaré, música de câmara, coro e orquestra. Seu nome original era realmente Strauss,[1] mas também para fins profissionais, ele deliberadamente omitia o final 's', para não associar-se com a família Strauss. Estudou música em Berlim com Max Bruch, voltou para Viena, e começou a escrever operettas, tornando-se um sério concorrente ao Franz Lehár. Em 1939, na sequência do Anschluss nazista, fugiu para Paris e, em seguida para Hollywood. Depois da guerra, voltou para a Europa, em Bad Ischl, Áustria onde morreu.

Suas obras mais conhecidas são: Ein Walzertraum (uma valsa Sonho), e O Soldado Chocolate (Der tapfere Soldat). A valsa do antigo regime é provavelmente o seu trabalho orquestral mais duradouro.

Uma escala musical de uma valsa de Oskar Strauss foi colocada nas laterais do bombom Sonho de Valsa, um dos chocolates mais consumidos no Brasil

Obras[editar | editar código-fonte]

Operetas[editar | editar código-fonte]

Oscar Straus music sheet.jpg
  • Die lustigen Nibelungen (The Merry Nibelungs) – 1904
  • Zur indischen Witwe – 1905
  • Hugdietrichs Brautfahrt (Hugdietrich's Honeymoon) – 1906
  • Ein Walzertraum (A Waltz Dream) – 1907
  • Der tapfere Soldat (The Gallant Soldier, The Chocolate Soldier) – 1908
  • Didi – 1908
  • Das Tal der Liebe – 1909
  • Mein junger Herr (My Son John) – 1910
  • Der tapfere Cassian (The Brave Cassian) – 1912
  • The Dancing Viennese – 1912
  • Love and Laughter – 1913
  • Rund um die Liebe – 1914
  • Liebeszauber – 1916
  • Der letzte Walzer – 1920
  • Die Teresina — 1925
  • Die Musik kommt – 1928
  • Eine Frau, die weiß, was sie will – 1932
  • Drei Walzer – 1935
  • Ihr erster Walzer (revised version, Die Musik kommt) – 1950
  • Bozena – 1952

Balés[editar | editar código-fonte]

  • Colombine – 1904
  • Die Prinzessin von Tragant – 1912

Música para filmes[editar | editar código-fonte]

  • Jenny Lind – 1930[carece de fontes?]
  • Danube Love Song – 1931
  • The Smiling Lieutenant – 1932
  • The Southerner – 1932
  • One Hour With You – 1932
  • Die Herren von Maxim – 1933
  • Frühlingsstimmen – 1934
  • Land Without Music – 1935
  • Make a Wish – 1935
  • La ronde – 1950

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Grun, Bernard: Prince of Vienna: the Life, Times and Melodies of Oscar Straus (London, 1955).
  • Ganzl, Kurt. The Encyclopedia of Musical Theatre (3 Volumes). New York: Schirmer Books, 2001.
  • Traubner, Richard. Operetta: A Theatrical History. Garden City, NY: Doubleday & Company, 1983.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]