Oswald Külpe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Oswald Külpe
Nascimento 3 de agosto de 1862
Morte 30 de dezembro de 1915 (53 anos)
Munique
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Leipzig
Ocupação psicólogo, filósofo, professor universitário
Empregador Universidade de Munique, Universidade de Bonn, Universidade de Würzburgo

Oswald Külpe foi um filósofo e psicólogo germano-báltico (Kandava, atual Letónia, 3 de agosto de 1862 - Munique, 30 de dezembro de 1915)[1].

Estudou com Wilhelm Wundt e foi professor em Würzburg, Bona e Munique. Fez pesquisas importantes sobre o estado mental de preparação para a ação. Destacou-se no estudo da diferença qualitativa entre uma lembrança e o objeto que representa. Também conduziu com seus alunos em Würzburg pesquisas sobre os efeitos da atitudes e tarefas sobre a percepção e o processo de recordação e pensamento.[2]

Demonstrou que o que é lembrado por uma palavra depende da tarefa que é colocada para o indivíduo: tarefa é citar a classe à qual pertence uma palavra, a pessoa lembra-se dessa classe; se ela consiste em dar um exemplo, este é lembrado.

O princípio foi extrapolado para todo o processo do pensamento e a Escola de Würzburg pretendia descobrir através da introspecção experimental a existência de um pensamento-imagem, reagindo contra as concepções do associacionismo.

A introspecção experimental diferia muito do método experimental corrente nos laboratórios de pesquisa daquela época, pois, além de se preocupar em controlar e registrar o estímulo aplicado ao sujeito e sua reação, também utilizava a observação e descrição que o próprio sujeito fazia daquilo que se passava com ele próprio durante a experiência.

Algumas da obras de Külpe são: Fundamentos da psicologia (1893), A filosofia do tempo presente (1902) e Fundamentos da ética (1921).

Referências

  1. «Oswald Külpe». Encyclopædia Britannica, Inc. Consultado em 17 de julho de 2013 
  2. «UFSC: Enciclopédia Simpozio - História da Filosofia». Consultado em 12 mar. 2011