Oswaldo Sánchez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oswaldo Sánchez
Oswaldo Sanchez Santos.jpg
Informações pessoais
Nome completo Oswaldo Javier Sánchez Ibarra
Data de nasc. 21 de setembro de 1973 (45 anos)
Local de nasc. Guadalajara,  México
Altura 1,84 m
Destro
Apelido San Oswaldo
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19931996
19961999
19992006
20072014
México Atlas
México América
México Guadalajara
México Santos Laguna
00081 0000(0)
00076 0000(0)
00272 0000(1)
00296 0000(0)
Seleção nacional
1993
19962011
Flag of Mexico.svg México Sub-20
Flag of Mexico.svg México
00004 0000(0)
000100 0000(0)

Oswaldo Javier Sánchez Ibarra (Guadalajara, 21 de setembro de 1973) é um ex-futebolista profissional mexicano que atuava como goleiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sánchez estreou em 30 de outubro de 1993 pelo CF Atlas, com apenas 20 anos, num jogo que acabou empatado em 1x1 diante do CD Veracruz. Pelo CF Atlas atuou 81 vezes até 1996. Em 1996 transferiu-se para o Club América um dos mais prósperos do México. No América foi treinado por Ricardo Lavolpe e desde então foi em treinar a seleção nacional mexicana. Sánchez na primeira temporada com América foi um fracasso, como o clube não se classificou para os playoffs e ter perdido "clasico" mexicana contra Chivas com um placar incrível de 5-0. A temporada seguinte, Sánchez foi substituído pelo goleiro Hugo Pineda mais velho e mais experiente. Sánchez só jogou três dos 19 jogos, inclusive as quartas-de-final onde o América foi eliminado pelo Monarcas Morelia. A temporada seguinte, Sánchez voltou na titularidade e conduziu América até as semi-finais onde foi eliminado pelo Club León. As três últimas temporadas com o clube eram estáveis, entretanto o time conseguiu alcançar as semifinais uma vez mais, só ser eliminado. Em 1999, Sánchez deixou América para o maior rival, Chivas de Guadalajara.

Em Guadalajara, Sánchez se consolidou no time. Desde 1999, ele ajudou a qualificar o time aos playoffs em sete vezes ,e o time foi eliminado só três vezes de 11 temporadas, aumentando a reputação dele como goleiro. Ao longo de sua carreira em Guadalajara, ele foi o goleiro preferido no time por 10 treinadores diferentes. A meia temporada notável foi no torneio Clausura 2004 onde ele conduziu o time as finais tudo por ele. Apesar do sucesso relativo do time durante o tempo de Sánchez em Guadalajara, o clube não ganhou um título até 10 de dezembro de 2006 quando eles derrotaram Toluca 3-2 no agregado.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Pela seleção mexicana disputou as copas de 1998, 2002 e 2006. Em 2003 foi campeão da Copa Ouro conquistando o 4° título para o país. Se despediu da seleção no dia 11 de Outubro de 2011 em um amistoso contra o Brasil, em que foi substituído próximo ao final do jogo.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Mexicana

Referências

  1. «Elenco FRA'96 na Sports Reference». Consultado em 20 de junho de 2015.