Otacílio Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Otacílio Neto
Informações pessoais
Nome completo Otacílio Mariano Neto
Data de nasc. 17 de novembro de 1982 (34 anos)
Local de nasc. Orós (CE), Brasil
Altura 1,80 m
Canhoto
Apelido Cil
Informações profissionais
Clube atual Sete de Setembro
Posição Atacante
Clubes profissionais12
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20012004
2004
20042008
2004
2005
2005
2007
20082012
2009
2010
2010
2011
2011
2012
2013
2014
2014
2015
2015
2015
2016
2017
2017
2017
Ituano
Osasco
Noroeste
Portuguesa (emp.)
Oeste (emp.)
Barretos (emp.)
Figueirense (emp.)
Corinthians
Grêmio Barueri (emp.)
Ponte Preta (emp.)
Goiás (emp.)
Noroeste (emp.)
Bragantino (emp.)
Ituano (emp.)
Botafogo-SP
Rio Branco-SP
Colo Colo
Ypiranga
Blumenau
Guarani de Juazeiro
Sete de Setembro
Treze
Iguatu
Sete de Setembro






0027 0000(7)
0029 0000(4)
0020 0000(1)
0017 0000(3)
0018 0000(2)
0010 0000(1)
0021 0000(4)
0006 0000(1)
0011 0000(1)
0001 0000(0)
0000 0000(0)
0014 0000(0)
0000 0000(0)
0007 0000(1)
0005 0000(1)
0007 0000(0)
0000 0000(0)
0001 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 13 de setembro de 2015.
2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 13 de setembro de 2015.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de setembro de 2015.

Otacílio Mariano Neto,[1] mais conhecido como Otacílio Neto[2] (Orós, 17 de novembro de 1982[3]), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, defende o Sete de Dourados.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 2001, Otacílio deixou a cearense Orós com a mulher Leidiana para se arriscar em São Paulo e trabalhar numa pizzaria. Jogando na várzea, chamou a atenção de um olheiro, hoje seu empresário, Márcio Rocha.

Começou sua carreira no Guarani de Venâncio Aires junto com Mano Menezes que era o técnico, e logo após assinou com o Ituano.

Depois do Ituano, passou por outras equipes do interior de São Paulo como Capivariano, Osasco, Oeste de Itápolis, Barretos FC e Noroeste, onde fez sucesso.

Em 2007, após um bom Campeonato Paulista com a camisa do Noroeste, o atacante acertou sua ida para o Figueirense (SC).

Em 2008, ele voltou novamente para o Noroeste. Autor de dez gols no Paulistão, Otacílio Neto assinou contrato com o Corinthians por quatro temporadas.

O desejo do Timão em contratar o atacante já era antigo. Após o Campeonato Paulista de 2007, o jogador esteve nos planos do time paulista, mas o negócio não pôde ser concretizado na ocasião.

Seu futebol despertou o interesse do Flamengo, que tentou trazê-lo para reforçar o time para o Brasileirão de 2009, mas não conseguiu.[4]

Como a negociação com o Flamengo não vingou, Otacílio foi emprestado ao Grêmio Barueri, para a disputa do Brasileirão de 2009.[5]

Em 2010, Otacílio foi contratado pela Ponte Preta para a disputa do Campeonato Paulista 2010, mas não teve boas atuações e foi dispensado após a 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.[6]

Em 2011 o atacante defendeu o Noroeste no Campeonato Paulista, mas o clube foi rebaixado, e Otacílio não aguentou a pressão da torcida e foi dispensado. E depois de quase 2 meses de férias foi apresentado no Bragantino, e em sua estréia foi expulso.

Em 2012, Otacílio Neto foi para o Ituano.

Acertou em 2013 com o Botafogo-SP.

Em 2014 acertou com o Rio Branco-SP para disputar o Campeonato Paulista de Futebol - Série A2. Ainda em 2014 foi transferido para o Colo Colo de Futebol e Regatas de Ilhéus-BA.

Em 2015 acertou a usa transferência para o Ypiranga, para a disputa do Campeonato Gaúcho. Logo após o Campeonato Gaúcho, o jogador foi apresentado no Blumenau para a disputa do Campeonato Catarinense Série B.

Para o resto da temporada de 2015, acertou com o Guarani de Juazeiro.

Em 2016 acertou com a Associação Desportiva Iguatuense, o Azulão de Iguatu, para disputa do Campeonato Cearense Série B 2016.

O atacante Otacílio Neto, que disputou a Série B pelo Corinthians em 2008, ganhou uma ação na justiça do trabalho contra o club que foi condenado e vai pagar ao jogador algo em torno de R$ 450 mil.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Noroeste
Corinthians

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.