Otherkin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O termo otherkin ("other": outro; "kin": família/parentesco) para muitos representa um indivíduo que teve uma vida passada não-humana ou que vive atualmente como humano, mas que sente que alguma parte de si não é humana[1]. Como parte não-humana incluem-se alienígenas, criaturas lendárias e seres mitológicos. Isso é explicado por alguns membros da comunidade otherkin como possível pensamento de reencarnação.

Devido a sua crença e a seus comportamentos, otherkins muitas vezes são tratados como portadores de transtornos, como por exemplo a licantropia, em que os indivíduos creem poder se transformar em animais[2]. Por outro lado, otherkins reconhecem habitar um corpo humano, porém juntamente à consciência/alma de uma outra raça.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]