Otilino Tenorio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Otilino Tenorio
Informações pessoais
Nome completo Otelino George Tenorio Bastidas
Data de nasc. 1 de fevereiro de 1980
Local de nasc. Guayaquil, Equador
Falecido em 7 de maio de 2005 (25 anos)
Local da morte Província de Los Ríos, Equador
Altura 1,75 m
Apelido Oti, Homem-Aranha, Otigol
Informações profissionais
Clube atual Falecido
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1998–2001
2001
2002–2003
2003
2004-2005
Emelec
Santa Rita
Emelec
Al-Nassr
El Nacional



Seleção nacional
2002-2005 Flag of Ecuador.svg Equador 13 (5)

Otelino George Tenorio Bastidas (Guayaquil, 1 de fevereiro de 1980 - 7 de maio de 2005) foi um futebolista equatoriano.

Apesar de seu primeiro nome possuir a letra E, seus amigos o chamavam com a mesma trocada pelo I, daí o fato dele ser comumente chamado de Otilino. Sua carreira iniciou-se em 1998, no Emelec, clube onde jogaria por mais tempo (1998-2001 e 2002-2003).

Teve curtas passagens por Santa Rita e Al-Nassr (Arábia Saudita) - único clube do exterior que defendeu - até retornar ao seu país, desta vaz para jogar no El Nacional.

Era conhecido por sua facilidade em marcar gols, principalmente no Emelec. Seu último tento na carreira foi justamente contra o seu clube de coração, marcado ao serviço do El nacional, em 17 de abril de 2005.

Apelido[editar | editar código-fonte]

Mesmo tendo também os apelidos de Oti e Otigol, era popularmente chamado de Homem-Aranha. As comemorações de Otilino eram feitas com uma máscara do super-herói da Marvel. Tal gesto foi copiado por Iván Kaviedes, que o homenageou após marcar um gol contra a Costa Rica, na Copa de 2006. A diferença é que Kaviedes usou uma máscara amarela na comemoração.

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 7 de maio de 2005, Otilino Tenorio viajava para fazer uma visita à família quando bateu seu carro contra um caminhão que transportava combustível, entre as cidades de Santo Domingo de los Colorados e Quevedo. O atleta morreu na hora, com apenas 25 anos de idade.[1]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Otigol estreou na Seleção Equatoriana em 2002, logo após a Copa da Coreia do Sul e do Japão, em partida contra a Costa Rica. Foram 13 partidas e cinco gols marcados.

Referências

Bandeira de EquadorSoccer icon Este artigo sobre futebolistas equatorianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.