Otto Barić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Otto Barić
Informações pessoais
Nome completo Otto Barić
Data de nasc. 19 de junho de 1933 (85 anos)
Local de nasc. Eisenkappel-Vellach, Áustria
Apelido Maximale
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Treinador
Clubes de juventude
1946–1952 Jugoslávia Dínamo Zagreb
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos)
1952–1958
1958–1963
Jugoslávia Metalac Zagreb
Jugoslávia Lokomotiva Zagreb

Times/Equipas que treinou
1964–1967
1967–1969
1969–1970
1970–1972
1972–1974
1974–1976
1974–1979
1976–1979
1980–1982
1982–1985
1985–1986
1986–1988
1988–1989
1990–1991
1991–1995
1995–1996
1996–1997
1997–1998
1998–1999
1999–2001
2002–2004
2006–2007
Jugoslávia Lokomotiva Zagreb
Alemanha Ocidental Opel Rüsselsheim
Alemanha Ocidental Germania Wiesbaden
Áustria Wacker Innsbruck
Áustria LASK Linz
Jugoslávia NK Zagreb
Flag of Yugoslavia (1946-1992).svg Iugoslávia amadora
Jugoslávia Dínamo Vinkovci
Áustria Sturm Graz
Áustria Rapid Viena
Alemanha Ocidental Stuttgart
Áustria Rapid Viena
Áustria Sturm Graz
Áustria Vorwärts Steyr
Áustria Casino Salzburg
Bandeira da Croácia Croácia (auxiliar-técnico)
Croácia Croácia Zagreb
Turquia Fenerbahçe
Áustria LASK Linz
Flag of Austria.svg Áustria
Bandeira da Croácia Croácia
Flag of Albania.svg Albânia



66
66

8

79
137
28
139
28
33
191

41
41
19
22
24
15

Otto Barić (Eisenkappel-Vellach, 19 de março de 1933) é um ex-futebolista e ex-treinador de futebol croata nascido na Áustria.

Como jogador, sua carreira não teve destaque, tendo atuado entre 1952 e 1963 por Metalac e Lokomotiva Zagreb, onde iniciaria uma trajetória de 43 anos como técnico. Em clubes, Barić teve destaque em seu país natal, onde comandou Wacker Innsbruck, LASK Linz, Sturm Graz, Rapid Viena (conquistou 9 títulos nas 2 passagens pela equipe), Vorwärts Steyr e Casino Salzburg, onde venceu 2 Campeonatos Austríacos e 2 Supertaças, além do vice-campeonato da Copa da UEFA em 1993–94. Passou ainda pelo futebol da então Alemanha Ocidental (treinou Opel Rüsselsheim, Germania Wiesbaden, Stuttgart), Croácia (além do Lokomotiva Zagreb, comandou ainda Dínamo Vinkovci - ainda pela Iugoslávia - , NK Zagreb e Croácia Zagreb) e Turquia (Fenerbahçe).

Passou pela equipe amadora da Iugoslávia, entre 1974 e 1979, e também pelas seleções de Croácia (onde exerceu ainda o cargo de auxiliar-técnico e comandou o time na Eurocopa de 2004), Áustria e Albânia, onde encerrou a carreira em 2007.[1]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Barić causou polêmica ao afirmar que não aceitaria um jogador homossexual em sua equipe. A declaração fez com que o treinador levasse multa de 1.825 euros.

Referências

  1. Frasheri, Dash (23 de novembro de 2007). «I am part of the "Kuqezi" History (interview)». Albania Sport (em albanês). Dash Frasheri. Consultado em 6 de agosto de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.