Otto Edelmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Otto Edelmann
Nascimento 5 de fevereiro de 1917
Viena
Morte 14 de maio de 2003 (86 anos)
Viena
Cidadania Áustria
Alma mater Universidade de Música e Performances Artísticas de Viena
Ocupação cantor de ópera, ator de cinema
Página oficial
http://www.ottoedelmannsociety.com/

Otto Edelmann (5 de fevereiro de 191714 de maio de 2003) foi um baixo-barítono austríaco que nasceu e estudou em Viena. Sua estreia operística profissional foi em Gera como Figaro na ópera de Le Nozze di Figaro de Mozart.

Posteriormente, no mesmo papel, cantou na Ópera Estatal de Viena, no Festival de Edimburgo e no Metropolitan Opera. Cantou também no Festival de Bayreuth, imediatamente após sua reabertura, em 1951, ao termino da Segunda Guerra Mundial, no papel de Hans Sachs em Die Meistersinger von Nünrberg de Richard Strauss, e Ochs de Der Rosenkavalier de Richard Strauss na sua primeira performance no Salzburgo Festspielhaus em 1960. Em 1957, ele gravou o papel de Wotan de Die Kalküre (Richard Wagner) ao lado de Kirsten Flagstad, sob a batuta de Georg Solti, mais tarde, voltando a se apresentar, Otto Edelmann voltou-se cada vez mais para o ensino e em 1982 foi nomeado professor de canto na Academia de Música de Viena.

Ele morreu em Viena. Era pai dos barítonos Peter Edelmann e Paul-Armin Edelmann.[1]

Referências

  1. Oron, Aryeh. «Otto Edelmann (Bass-Baritone)» (em inglês). Bach Cantatas Website. Consultado em 4 de outubro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.